0

Ibovespa fecha em queda, puxado por Vale e siderúrgicas

mercados

Ibovespa fecha em queda, puxado por Vale e siderúrgicas

Ibovespa encerra a sessão em queda com a baixa liquidez de fim de ano, enquanto o S&P500 fecha em baixa, num movimento de correção

Ibovespa fecha em queda, puxado por Vale e siderúrgicas
gabriel-brondi

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 28 de dezembro – O Ibovespa recuou no pregão desta terça-feira, em mais uma sessão com o volume de negociações reduzido, enquanto o dólar futuro fechou em queda após oscilar durante o dia.

O índice de referência da Bolsa de São Paulo recuou 0,71%, a 104.802 pontos, apresentando um volume de R$11,82 bilhões, o que representa um valor 46,88% abaixo da média de 50 períodos, devido aos feriados do fim do ano.

O dólar futuro registrou queda de 0,08%, cotado em R$5,628, em uma sessão marcada pela alta oscilação do contrato. Na semana, a divisa americana recua 0,78% ante o real.

O S&P500 apresentou uma queda de 0,10% a 4.786 pontos, o Dow Jones subiu 0,26%, e o Nasdaq 100 recuou 0,48%. Traders consultados pela Mover alertam que o principal índice americano apresentou um movimento de correção após quatro altas consecutivas e recorde no pregão anterior.

A Vale e as siderúrgicas pesaram no Ibovespa por pontos, em linha com a queda do minério em Qingdao. A ação ordinária da Vale (VALE3) recuou 2,72%, fechando o pregão cotada a R$76,80, mesmo após ser veiculado na mídia que a mineradora pretende ampliar a venda de níquel puro para fabricação de baterias de veículos elétricos produzidos por empresas como Tesla, Ford e General Motors.

Ômicron

O mercado ainda opera cauteloso diante do avanço da variante ômicron da covid e seus efeitos na retomada da economia global.

No Reino Unido, não haverá restrições, mas o governo recomenda o uso de máscara e trabalho remoto. Na França, foram limitados os eventos a até 2 mil pessoas em locais fechados e a até 5 mil em ambientes abertos, com recomendação para o trabalho remoto.

Nos Estados Unidos, o principal infectologista do país, Anthony Fauci, recomendou que o governo exija o comprovante de vacinação para viagens aéreas domésticas, com a intenção de reduzir a disseminação da doença.

Nesta terça-feira, a nova cepa fez com que os casos de coronavírus atingissem recorde diário global, e ela já caminha para ser a variante dominante no mundo. O número de mortes pela doença, por outro lado, continua estável.

Texto: Gabriel Brondi
Edição: Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

VALE3

VALE S.A.

79,91

1,41

+1,76%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.