0

Ibovespa oscila seguindo exterior; investidor digere dados locais

mercados

Ibovespa oscila seguindo exterior; investidor digere dados locais

O Ibovespa oscila nesta segunda-feira, seguindo o movimento misto das bolsas americanas, e após dados negativos de emprego no Brasil

Ibovespa oscila seguindo exterior; investidor digere dados locais
eduardo-puccioni

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 31 de janeiro – O Ibovespa apresenta forte oscilação nesta manhã e início de tarde, com investidores acompanhando cenários mistos nos Estados Unidos e digerindo dados econômicos locais.

Por volta das 13h20, o Ibovespa registrava queda de 0,28%, aos 111.595 pontos. No mercado de câmbio, o dólar futuro registrava queda de 1,38%, negociado a R$5,331.

As bolsas de Nova York operavam mistas, com investidores demonstrando certa cautela no início de semana e último dia do mês. O Nasdaq avançava 1,81%, enquanto S&P500 subia 0,54% e o Dow Jones caía 0,12%. Há pouco, a divulgação do Índice de Gerentes de Compra, PMI, medido pelo Instituto para Gestão da Oferta de Chicago apontou 65,2 pontos em janeiro, ante consenso de 61,7 pontos.

No Brasil, dados mistos trazem incertezas aos investidores. O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, Caged, ficou negativo em 265 mil vagas em dezembro ante novembro de 2021, bem pior do que projetava o mercado. O resultado mostra desaceleração da economia no último mês do ano passado, após 11 meses de saldo positivo de empregos.

Já o Banco Central informou que o setor público teve resultado nominal negativo de R$54,24 bilhões em dezembro de 2021, melhor do que o consenso, de déficit de R$70,0 bilhões. No acumulado do ano passado, o setor público registrou superávit primário de R$64,7 bilhões, após oito anos de resultado negativo.

Sobe e desce do Ibovespa

Entre as ações do Ibovespa, as maiores altas eram dos papéis ordinários da Totvs (TOTS3), com elevação de 5,94%, Natura (NTCO3), que avançava 5,07%, e Locaweb (LWSA3), com 4,36%.

Enquanto isso, as maiores quedas eram representadas pelas ações da BRF (BRFS3), que caíam 3,28%, da Braskem (BRKM5), que perdiam 2,94%, e da CSN Mineração (CMIN3), que recuavam 2,66%.

Texto: Eduardo Puccioni
Edição: Gabriela Guedes e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Mover

Nesta matéria

TOTS3

TOTVS S.A.

26,83

0,13

+0,48%

Relacionadas

NTCO3

NATURA &CO HOLDING S.A.

17,23

-0,09

-0,52%

LWSA3

LOCAWEB SERVI�OS DE INTER...

7,10

-0,13

-1,83%

BRFS3

BRF S.A.

13,52

0,12

+0,89%

BRKM5

BRASKEM S.A.

42,58

0,51

+1,19%

CMIN3

CSN MINERA��O S.A.

4,47

0,16

+3,59%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.