0

Ibovespa afunda com queda nos preços de commodities e exterior negativo

mercados

Ibovespa afunda com queda nos preços de commodities e exterior negativo

Quedas expressivas nos preços do minério de ferro e do petróleo impactam empresas com grande peso no Ibovespa, como Vale e Petrobras

Ibovespa afunda com queda nos preços de commodities e exterior negativo
heriberto-junior

Atualizado há 29 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 25 de abril – O Ibovespa acelera queda na tarde desta segunda-feira, seguindo a forte aversão ao risco do exterior e a queda expressiva nos preços das commodities, que impactam ações brasileiras.

Por volta das 16h, o Ibovespa recuava 1,35%, a 109.576 pontos, no menor patamar em mais de um mês. O dólar futuro registrava forte alta de 2,63%, negociado a R$4,936, continuando o movimento de valorização da moeda americana desde a sexta-feira. Já a curva de juros, que abriu em queda, subia em quase toda sua extensão até 3 pontos-base. Apenas os contratos vincendos em 2023 e 2024 recuavam.

O pessimismo no exterior reflete o receio de outra desaceleração econômica na China, à medida que o novo surto de Covid-19 no país avança na capital Pequim. O sentimento derrubou os preços das commodities ao redor do mundo.

O minério de ferro tombou 10,73% na bolsa chinesa de Dalian, cotado a US$121,693 por tonelada. A queda impactou as ações ordinárias da Vale (VALE3), que caíam 2,97%, também por volta do mesmo horário, reduzindo a valorização no ano para 4,03%.

Já o petróleo Brent despencava 6,13%, cotado a US$100,11. O movimento puxava as exportadoras da commodity, como a preferencial da Petrobras (PETR4), em queda de 2,45%, e a ordinária da PetroRio (PRIO3), que perdia 2,25%.

“O mais impressionante no curto prazo é que há uma descompressão de diversas commodities como reação à perspectiva de crescimento econômico mais fraco, em especial as energéticas”, pontuou o economista-chefe da Infinity Asset, Jason Vieira, em relatório hoje. Ele ressaltou, no entanto, que nem a baixa das commodities e nem o real valorizado melhoram o cenário inflacionário brasileiro.

No ambiente doméstico, investidores acompanham a queda de braço entre o presidente Jair Bolsonaro e o Supremo Tribunal Federal em torno de um indulto ao deputado Daniel Silveira, condenado por declarações contra ministros da Corte.

Além disso, a nova pesquisa eleitoral do BTG com a FSB mostrou crescimento das intenções de voto em Bolsonaro de 29% para 32% no primeiro turno, e de 35% para 37% no segundo turno. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém a liderança no primeiro turno, com 41% das intenções de voto, e no segundo turno, com 52%.

Texto: Heriberto Teixeira
Edição: Gabriela Guedes e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

VALE3

VALE S.A.

79,91

0,43

+0,51%

Relacionadas

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

34,24

-1,33

-4,11%

PRIO3

PETRO RIO S.A.

24,91

0,73

+2,78%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.