0

Ibovespa se descola do exterior e sobe com setor financeiro

mercados

Ibovespa se descola do exterior e sobe com setor financeiro

Após balanço do Banco do Brasil com bons resultados ontem, empresas do setor financeiro sobem e sustentam alta do Ibovespa

Ibovespa se descola do exterior e sobe com setor financeiro
gabriel-brondi

Atualizado há 16 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 12 de maio – O Ibovespa segue em alta na tarde desta quinta-feira, mesmo com a volatilidade nas bolsas americanas e com a virada para baixo dos papéis da Petrobras, refletindo o bom desempenho do setor financeiro.

Por volta das 15h10, o Ibovespa avançava 0,55%, a 104.967 pontos, enquanto o dólar futuro recuava 0,36%, US$5,154.

Nos Estados Unidos, os índices S&P500, Dow Jones e Nasdaq 100 recuavam em bloco, 1,67%, 1,62% e 1,84%, respectivamente. As bolsas americanas passaram a operar no campo negativo após notícias de que a Rússia poderia retaliar a Finlândia por se juntar à Organização do Tratado do Atlântico Norte, a OTAN. O receio dos investidores com o cenário de inflação alta e atividade lenta também pesa.

No cenário local, a temporada de balanços continua. Depois do fechamento do mercado saem os resultados financeiros do primeiro trimestre da Aeris, Americanas, B3, Banrisul, Bemobi, brMalls, CCR, Cogna, CPFL Energia, Enauta, Energisa, Eneva, Eztec, Even, Guararapes, JHSF, Locaweb, MRV, Randon, Rede D’Or e Yduqs.

Sobe e desce do Ibovespa

O setor financeiro oferecia o maior suporte ao índice, avançando 1,83% principalmente com o bom resultado financeiro do Banco do Brasil divulgado ontem. O banco estatal reportou lucro líquido ajustado de R$6,66 bilhões no primeiro trimestre, renovando recorde pelo quinto trimestre consecutivo.

Nessa esteira, as ordinárias da B3 (B3SA3) acrescentavam o maior número de pontos ao índice, com elevação de 4,69%. As preferenciais do Itaú Unibanco (ITUB4) e as units do BTG Pactual (BPAC11) também figuravam entre as maiores altas por pontos. Segundo traders, o setor financeiro na B3 é alvo de compra de investidores estrangeiros.

Na ponta oposta, estavam as ordinárias da Minerva (BEEF3), que despencavam 8,52%, e as ordinárias da Petrobras (PETR3), com queda de 1,89%. As ações da petroleira viraram para queda depois da notícia do portal Poder360 de que o governo pretende reduzir as margens de lucro da Petrobras para conter os preços dos combustíveis.

Texto: Gabriel Brondi e Guilherme Dogo
Edição: Allan Ravagnani e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

B3SA3

B3 S.A. - BRASIL, BOLSA, ...

11,73

0,29

+2,33%

Relacionadas

ITUB4

ITAU UNIBANCO HOLDING S.A...

24,92

0,14

+0,53%

PETR3

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

37,24

-1,47

-4,17%

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

34,24

-1,53

-4,76%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.