0

Ibovespa sobe com retomada no exterior, em plena Sexta-feira 13

mercados

Ibovespa sobe com retomada no exterior, em plena Sexta-feira 13

Ibovespa sobe em linha com as bolsas americanas, e sustentado por ações ligadas à exportação de commodities; dólar futuro recua

Ibovespa sobe com retomada no exterior, em plena Sexta-feira 13
gabriel-brondi

Atualizado há 5 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 13 de maio – O Ibovespa segue em alta na tarde desta sexta-feira, refletindo a melhora no sentimento dos investidores no mercado internacional, somado à alta nos papéis atrelados à exportação de commodities com grande participação no índice.

Perto das 15h10, o Ibovespa subia 1,35%, aos 107.113 pontos, ensaiando fechar a semana em alta após cinco quedas semanais consecutivas. O contrato de dólar futuro registrava forte queda de 1,39%, a R$5,089.

No exterior, os índices americanos avançavam em bloco. O S&P500 ganhava 1,49%, o Dow Jones avançava 0,64% enquanto o Nasdaq 100 subia 2,74%, com a perspectiva de arrefecimento de lockdowns na China e expectativa de que o ritmo de alta dos juros nos Estados Unidos não aumente nos próximos meses.

Por aqui, a temporada de balanços continua nesta sexta-feira. Depois do fechamento do mercado saem os resultados financeiros de Cemig, Cosa, Cyrela, MDias Branco e Raízen.

Na política local, segundo apurado pelo Scoop by Mover, o ministro da Economia, Paulo Guedes, costura um acordo com os presidentes da Câmara e do Senado para aprovar a proposta de reformulação do Imposto de Renda. Segundo uma fonte com conhecimento direto do projeto, o plano seria elevar a alíquota da tributação sobre dividendos de zero para 10%, menos do que os 20% esperados pelos investidores.

Sobe e desce do Ibovespa

Entre os índices, o destaque positivo era do setor de Materiais Básicos da B3, IMAT, que avançava 3,14%, após recuar na sessão anterior. O índice é beneficiado principalmente pelo avanço das commodities minerais e metálicas. Na madrugada, o minério de ferro subiu 1,04% em Dalian.

Na visão por pontos, as ações ordinárias da Suzano (SUZB3) davam o maior suporte para o Ibovespa, subindo 5,70%, seguidas pelas preferenciais do Bradesco (BBDC4), em elevação de 1,63%. Na ponta oposta estão as ordinárias da B3 (B3SA3), que recuavam 2,69% após rali de ontem.

Entre as maiores altas percentuais, destaque para as ordinárias da BRF (BRFS3), que disparavam 11,13%.

Texto: Gabriel Brondi
Edição: Allan Ravagnani e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Mover

Nesta matéria

SUZB3

SUZANO S.A.

51,75

1,27

+2,47%

Relacionadas

BBDC4

BCO BRADESCO S.A.

19,27

0,40

+2,04%

BRFS3

BRF S.A.

13,89

0,38

+2,72%

B3SA3

B3 S.A. - BRASIL, BOLSA, ...

11,48

0,25

+2,14%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.