0

IPCA acelera 1,62%, maior resultado para março desde 1994

mercados

IPCA acelera 1,62%, maior resultado para março desde 1994

O IPCA de março acelerou frente à variação de 1,01% em fevereiro, impactado pelos segmentos de transportes, alimentos e bebidas

IPCA acelera 1,62%, maior resultado para março desde 1994
eduardo-puccioni

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 8 de abril – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor, principal medida de inflação das autoridades brasileiras, acelerou em março e ficou acima das estimativas do mercado, na maior variação do IPCA para o mês desde 1994 – antes do real – impactado pelos segmentos de transportes, alimentos e bebidas.

Segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IPCA de março apresentou alta de 1,62% na comparação mensal, representando uma aceleração frente ao avanço de 1,01% em fevereiro, com maior impacto, de 3,02%, de transportes, seguido por alimentos e bebidas, com 2,42%.

O consenso do mercado era para uma variação positiva de 1,30%. Com isso, o IPCA acumula alta de 11,30% em 12 meses.

“Tivemos um reajuste de 18,77% no preço médio da gasolina vendida pela Petrobras para as distribuidoras, no dia 11 de março. Houve também altas nos preços do gás veicular (5,29%), do etanol (3,02%) e do óleo diesel (13,65%). Além dos combustíveis, outros componentes ajudam a explicar a alta nesse grupo, como o transporte por aplicativo (7,98%) e o conserto de automóvel (1,47%)”, explicou o gerente do IPCA, Pedro Kislanov.

Texto: Eduardo Puccioni
Edição: Allan Ravagnani e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.