0

Levantamento mostra que 42% dos brasileiros estão dispostos a investir em ativos de risco

mercados

Levantamento mostra que 42% dos brasileiros estão dispostos a investir em ativos de risco

Segundo o estudo da gestora Schroders, que inclui 33 países, 37% dos investidores globais estão inclinados a aplicar em ativos de risco

Levantamento mostra que 42% dos brasileiros estão dispostos a investir em ativos de risco
fernanda-almeida

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 15 de dezembro – Enquanto 42% dos brasileiros estão dispostos a investir em ativos de risco, 37% dos investidores globais estão inclinados a fazer o mesmo. É o que mostra um estudo que inclui 33 países, feito pela gestora Schroders.

O levantamento concluiu que, apesar das incertezas trazidas pela pandemia, os investidores no mundo todo estão mirando em ativos de risco.

A pesquisa online foi feita com 23,9 mil pessoas que vão investir pelo menos 10 mil euros nos próximos 12 meses, e que fizeram mudanças em seus investimentos nos últimos 10 anos. No Brasil, foram mil entrevistados.

O estudo foi conduzido quase totalmente no intervalo entre 16 de março e 7 de maio. Nesse período, a taxa básica de juros, a Selic, que impacta negativamente os ativos de risco, passou de 3,5% ao ano para 9,25% ao ano.

Jovens atraídos pelos ativos de risco

A pesquisa mostrou, ainda, que 53% dos entrevistados no mundo fariam investimentos de maior risco em busca de retornos em situações em um cenário com taxas de juro negativas ou de 0%. A maior parte dessas pessoas se encontra nas faixas etárias de 18 a 37 anos, 57%, e de 38 a 50 anos, 52%.

Demonstrando o apetite por risco, os brasileiros citaram principalmente as criptomoedas, ações ou fundos de internet e tecnologia e ações ou fundos de veículos elétricos como os tipos de investimento que fizeram pela primeira vez em 2020.

Esse contexto está relacionado com a vontade de ter retornos mais expressivos nos investimentos. No Brasil, o nível mínimo médio de rendimento que os investidores esperam receber é de 11,2%.

Texto: Fernanda de Almeida
Edição: Renato Carvalho
Imagem: Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.