IBOV

102.202,88 pts

-2,19%

SP500

4.581,57 pts

-2,63%

DJIA

34.682,33 pts

-3,25%

NASDAQ

16.043,28 pts

-1,93%

IFIX

2.541,57 pts

-0,22%

BRENT

US$ 72,62

-11,65%

IO62

¥ 588,50

+0,34%

TRAD3

R$ 7,88

+6,48%

ABEV3

R$ 16,70

-2,22%

AMER3

R$ 30,49

-4,56%

ASAI3

R$ 13,26

-2,71%

AZUL4

R$ 23,41

-11,99%

B3SA3

R$ 11,74

-3,92%

BIDI11

R$ 35,96

-0,13%

BBSE3

R$ 21,50

-0,73%

BRML3

R$ 8,06

-2,30%

BBDC3

R$ 17,57

-3,03%

BBDC4

R$ 20,44

-2,89%

BRAP4

R$ 48,80

-2,34%

BBAS3

R$ 30,90

+2,28%

BRKM5

R$ 50,31

-1,62%

BRFS3

R$ 20,51

-4,78%

BPAC11

R$ 20,77

+1,26%

CRFB3

R$ 15,67

-2,91%

CCRO3

R$ 11,73

+1,38%

CMIG4

R$ 13,38

-0,81%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

-4,58%

COGN3

R$ 2,36

-3,27%

CPLE6

R$ 6,07

-0,49%

CSAN3

R$ 21,31

+0,61%

CPFE3

R$ 25,78

+0,78%

CVCB3

R$ 14,97

-4,52%

CYRE3

R$ 14,52

+0,34%

ECOR3

R$ 8,50

+1,55%

ELET3

R$ 32,64

-0,42%

ELET6

R$ 32,23

-0,34%

EMBR3

R$ 19,30

-6,31%

ENBR3

R$ 21,13

-0,18%

ENGI11

R$ 44,53

+0,29%

ENEV3

R$ 14,38

-3,16%

EGIE3

R$ 39,04

+0,15%

EQTL3

R$ 22,64

-2,07%

EZTC3

R$ 18,57

+2,48%

FLRY3

R$ 18,00

-2,91%

GGBR4

R$ 25,66

-1,64%

GOAU4

R$ 10,68

-1,38%

GOLL4

R$ 15,20

-2,37%

NTCO3

R$ 27,07

-3,49%

HAPV3

R$ 11,65

-7,17%

HYPE3

R$ 27,88

-1,83%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,45

-7,81%

IRBR3

R$ 4,13

-0,95%

ITSA4

R$ 9,80

-1,70%

ITUB4

R$ 22,86

-0,60%

JBSS3

R$ 34,32

-5,37%

JHSF3

R$ 4,91

-1,20%

KLBN11

R$ 23,28

-1,06%

RENT3

R$ 52,51

-0,71%

LCAM3

R$ 23,60

+0,12%

LWSA3

R$ 13,70

-1,50%

LAME4

R$ 5,54

-2,46%

LREN3

R$ 29,31

-3,83%

MGLU3

R$ 8,07

-8,29%

MRFG3

R$ 23,68

-6,25%

BEEF3

R$ 8,66

-2,69%

MRVE3

R$ 11,39

-0,26%

MULT3

R$ 19,46

-4,27%

PCAR3

R$ 23,17

+0,04%

PETR3

R$ 29,25

+0,06%

PETR4

R$ 28,64

+0,98%

VBBR3

21,68

-1,76%

PRIO3

R$ 20,05

-8,11%

QUAL3

R$ 16,44

-2,72%

RADL3

R$ 22,75

-2,81%

RAIL3

R$ 17,61

+0,51%

SBSP3

R$ 34,06

-0,49%

SANB11

R$ 34,15

-2,03%

CSNA3

R$ 22,39

-2,56%

SULA11

R$ 25,46

-4,92%

SUZB3

R$ 54,68

+0,42%

TAEE11

R$ 35,88

+0,70%

VIVT3

R$ 50,82

+0,49%

TIMS3

R$ 13,94

-0,21%

TOTS3

R$ 31,17

-2,41%

UGPA3

R$ 13,69

-0,94%

USIM5

R$ 12,93

-5,55%

VALE3

R$ 69,00

-2,72%

VIIA3

R$ 5,70

-3,22%

WEGE3

R$ 32,60

-2,74%

YDUQ3

R$ 20,93

-3,41%

IBOV

102.202,88 pts

-2,19%

SP500

4.581,57 pts

-2,63%

DJIA

34.682,33 pts

-3,25%

NASDAQ

16.043,28 pts

-1,93%

IFIX

2.541,57 pts

-0,22%

BRENT

US$ 72,62

-11,65%

IO62

¥ 588,50

+0,34%

TRAD3

R$ 7,88

+6,48%

ABEV3

R$ 16,70

-2,22%

AMER3

R$ 30,49

-4,56%

ASAI3

R$ 13,26

-2,71%

AZUL4

R$ 23,41

-11,99%

B3SA3

R$ 11,74

-3,92%

BIDI11

R$ 35,96

-0,13%

BBSE3

R$ 21,50

-0,73%

BRML3

R$ 8,06

-2,30%

BBDC3

R$ 17,57

-3,03%

BBDC4

R$ 20,44

-2,89%

BRAP4

R$ 48,80

-2,34%

BBAS3

R$ 30,90

+2,28%

BRKM5

R$ 50,31

-1,62%

BRFS3

R$ 20,51

-4,78%

BPAC11

R$ 20,77

+1,26%

CRFB3

R$ 15,67

-2,91%

CCRO3

R$ 11,73

+1,38%

CMIG4

R$ 13,38

-0,81%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

-4,58%

COGN3

R$ 2,36

-3,27%

CPLE6

R$ 6,07

-0,49%

CSAN3

R$ 21,31

+0,61%

CPFE3

R$ 25,78

+0,78%

CVCB3

R$ 14,97

-4,52%

CYRE3

R$ 14,52

+0,34%

ECOR3

R$ 8,50

+1,55%

ELET3

R$ 32,64

-0,42%

ELET6

R$ 32,23

-0,34%

EMBR3

R$ 19,30

-6,31%

ENBR3

R$ 21,13

-0,18%

ENGI11

R$ 44,53

+0,29%

ENEV3

R$ 14,38

-3,16%

EGIE3

R$ 39,04

+0,15%

EQTL3

R$ 22,64

-2,07%

EZTC3

R$ 18,57

+2,48%

FLRY3

R$ 18,00

-2,91%

GGBR4

R$ 25,66

-1,64%

GOAU4

R$ 10,68

-1,38%

GOLL4

R$ 15,20

-2,37%

NTCO3

R$ 27,07

-3,49%

HAPV3

R$ 11,65

-7,17%

HYPE3

R$ 27,88

-1,83%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,45

-7,81%

IRBR3

R$ 4,13

-0,95%

ITSA4

R$ 9,80

-1,70%

ITUB4

R$ 22,86

-0,60%

JBSS3

R$ 34,32

-5,37%

JHSF3

R$ 4,91

-1,20%

KLBN11

R$ 23,28

-1,06%

RENT3

R$ 52,51

-0,71%

LCAM3

R$ 23,60

+0,12%

LWSA3

R$ 13,70

-1,50%

LAME4

R$ 5,54

-2,46%

LREN3

R$ 29,31

-3,83%

MGLU3

R$ 8,07

-8,29%

MRFG3

R$ 23,68

-6,25%

BEEF3

R$ 8,66

-2,69%

MRVE3

R$ 11,39

-0,26%

MULT3

R$ 19,46

-4,27%

PCAR3

R$ 23,17

+0,04%

PETR3

R$ 29,25

+0,06%

PETR4

R$ 28,64

+0,98%

VBBR3

21,68

-1,76%

PRIO3

R$ 20,05

-8,11%

QUAL3

R$ 16,44

-2,72%

RADL3

R$ 22,75

-2,81%

RAIL3

R$ 17,61

+0,51%

SBSP3

R$ 34,06

-0,49%

SANB11

R$ 34,15

-2,03%

CSNA3

R$ 22,39

-2,56%

SULA11

R$ 25,46

-4,92%

SUZB3

R$ 54,68

+0,42%

TAEE11

R$ 35,88

+0,70%

VIVT3

R$ 50,82

+0,49%

TIMS3

R$ 13,94

-0,21%

TOTS3

R$ 31,17

-2,41%

UGPA3

R$ 13,69

-0,94%

USIM5

R$ 12,93

-5,55%

VALE3

R$ 69,00

-2,72%

VIIA3

R$ 5,70

-3,22%

WEGE3

R$ 32,60

-2,74%

YDUQ3

R$ 20,93

-3,41%

Atualizado há 28 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 29 de outubro – O mercado de apostas nos esportes, liderado pelo futebol e avaliado em U$70 bilhões, está em ascensão. A matéria que explica a força desse segmento se destaca no Resumo da Semana. Também esteve no radar a alta da taxa básica de juros, a Selic, que passou a 7,75% ao ano e diminuiu o apetite por riscos. Mas há investimentos atrativos para esse cenário. Além disso, os investidores acompanharam o imbróglio envolvendo a privatização da Petrobras, que, para analistas, não deve acontecer tão cedo. Veja abaixo o Resumo da Semana completo!

Mercado de apostas esportivas deve ultrapassar U$140 bilhões em 2028

O esporte pode ser um grande atrativo, não apenas pela diversão, mas também pela possibilidade de multiplicar o dinheiro. Segundo relatório da consultoria Grand View Research, o mercado de apostas esportivas foi avaliado em quase U$70 bilhões em 2020, e tem previsão de crescer mais de 10% ao ano até 2028, quando deve ultrapassar os U$140 bilhões. Veja aqui a matéria completa!

Como investir e surfar nos movimentos de alta da taxa Selic?

As sucessivas altas da taxa básica de juros, a Selic, usada principalmente para controlar a inflação e influenciar os juros das operações financeiras, impactam na rentabilidade de diversos investimentos. Na quarta-feira, 27, o Comitê de Política Monetária do Banco Central, Copom, elevou o juro básico em 150 pontos-base, passando a 7,75% ao ano. Com isso, os investidores podem se perguntar quais seriam os melhores investimentos a serem feitos neste momento. Confira a matéria na íntegra!

Privatização da Petrobras é “sonho distante” apesar de falas do governo, dizem analistas

As chances de uma privatização da Petrobras avançar no curto prazo são remotas, disseram analistas de bancos de investimento em relatórios, após o governo do presidente Jair Bolsonaro ter sinalizado na segunda-feira, 25, que estuda propor a desestatização da maior empresa de petróleo da América Latina. “A privatização da Petrobras é um sonho distante neste momento”, escreveu a equipe do BTG Pactual, liderada por Pedro Soares, que enxerga com ceticismo a possibilidade de a operação ocorrer nos próximos 12 meses, antes do final da administração Bolsonaro. Leia aqui a matéria na íntegra!

Aumenta o risco de governo mudar política de preços da Petrobras

Aumentou o risco de governo e Congresso tomarem iniciativas para mudar a atual política de preços da Petrobras, hoje baseada na paridade entre o real e o dólar, após falas alinhadas do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, na quinta-feira, 28. O presidente Jair Bolsonaro disse esta semana que está buscando uma forma de mudar a política de preço dos combustíveis, indicando que o tema já tem espaço importante na agenda do governo. Confira aqui a análise completa!

Tesla supera US$1 trilhão em valor de mercado; ações reforçam disparada da véspera

A Tesla, fabricante de carros elétricos do emblemático Elon Musk, superou US$1 trilhão em valor de mercado, juntando-se à Apple, Microsoft, Alphabet – dona do Google – e Amazon, a empresa do rival na corrida espacial, Jeff Bezos, no seleto grupo trilionário das bolsas americanas. A marca foi alcançada após a locadora Hertz comprar 100 mil automóveis elétricos, o maior pedido já recebido pela empresa de Musk. Veja a matéria completa!

Facebook anuncia Meta como novo nome

O Facebook acaba de anunciar um novo nome. Embora a rede social continuará a ser chamada da mesma forma, agora o grupo detentor dessa e outras marcas, como Instagram e WhatsApp, passa a se chamar Meta. A novidade foi divulgada pelo cofundador da companhia, Mark Zuckerberg, durante evento virtual na quinta-feira, 28. A novidade vem junto com os planos e esforços da empresa de criar o metaverso. Leia a matéria na íntegra!

Usiminas frustra consensos com menores vendas para mercado interno

A Usiminas frustrou as expectativas de lucro no terceiro trimestre, diante do recuo de 13,2% nas vendas de aço para o mercado doméstico, com menores encomendas do segmento automotivo e indústria. O lucro líquido da siderúrgica desacelerou 60% frente ao segundo trimestre, a R$1,82 bilhão, abaixo do consenso TC, que previa R$1,98 bilhão. Em relação ao mesmo período do ano passado, o lucro cresceu 821%. Confira aqui a matéria na íntegra!

Magazine Luiza lança marca de moda alimentando agenda ESG, mas ações caem

Maior varejista do Brasil, a Magazine Luiza lançou recentemente uma marca própria de moda, a Vista Magalu, reiterando valores ESG, agenda com foco no ambiental, social e governança. Contudo, a piora na perspectiva econômica do país, com inflação alta, expectativa de ritmo mais acelerado na alta de juros e risco fiscal, derruba as ações do setor nas últimas semanas. Leia aqui a matéria completa!

Apple despenca no pós-mercado com receita frustrando consenso

As ações da Apple, listadas na bolsa americana Nasdaq, despencavam no pós-mercado na quinta-feira, 28, depois de a companhia reportar receita líquida abaixo das expectativas pela primeira vez em cerca de dois anos, em meio a problemas na cadeia de suprimentos. A companhia informou receita de US$83,36 bilhões, abaixo do consenso de US$84,85 bilhões. Enquanto isso, o lucro líquido veio em linha com o consenso TC, alcançando US$1,24 por ação. Confira a matéria na íntegra!

Vale frustra consensos no terceiro trimestre com queda no preço do minério na China

A Vale frustrou os consensos do mercado em seus resultados financeiros do terceiro trimestre, devido à queda no preço e no volume de embarques do minério de ferro, em meio à desaceleração do mercado imobiliário da China e a menor demanda da commodity, o que fez seus preços derreterem no período. A empresa informou que o preço médio de referência do minério de ferro foi de US$162,9/dmt de julho a setembro, 19% abaixo do trimestre anterior. Veja aqui a matéria completa!

Assaí reporta resultados sólidos com reabertura econômica

O Assaí registrou sólido balanço financeiro no terceiro trimestre, com faturamento bruto batendo recorde e altas anualizadas e trimestrais nos principais indicadores, graças à manutenção da volta gradual do público B2B e migração do consumidor final, buscando preços mais competitivos em meio ao cenário de inflação. De julho a setembro, a receita líquida da rede de atacarejo saltou 17,5%, na comparação ano a ano, a R$10,85 bilhões. Leia a matéria na íntegra!

Petrobras lucra R$31 bilhões no terceiro trimestre e supera de longe projeções

A Petrobras reportou resultados sólidos no terceiro trimestre, com os principais indicadores financeiros superando os consensos, impulsionados pela alta nos contratos do petróleo referência global, o Brent, que ultrapassou os US$80 dólares por barril no período. E também pelo aumento no volume de vendas no mercado interno, possibilitando a antecipação de pagamento de dividendos generosos a acionistas. A empresa registrou lucro líquido de R$31,1 bilhões no terceiro trimestre, bem acima do consenso TC, de R$18,22 bilhões. Confira aqui a matéria completa!

Ambev supera consenso e tem volume recorde para o trimestre; ADRs disparam

A Ambev bateu consensos e registrou o maior volume consolidado para um terceiro trimestre, puxado pelas estratégias de portfólio premium, inovação e gestão de receitas. Com isso, a companhia conseguiu superar o aumento de custos de matérias-primas com a escalada das commodities. O lucro líquido da fabricante de bebidas acelerou 57,4% frente ao trimestre de julho e setembro do ano passado, atingindo R$3,7 bilhões. O volume ficou acima do consenso TC de R$2,35 bilhões. Veja a matéria na íntegra!

Vivo bate consensos impulsionada por banda larga no terceiro trimestre

A Vivo viu seu resultado financeiro no terceiro semestre superar os consensos, impulsionados pelo desempenho financeiro no negócio fixo, com destaque para banda larga, além da queda nos custos da operação. A empresa registrou lucro líquido de R$1,31 bilhão de julho a setembro, alta de 8,5% na base anual, superando o consenso de R$1,21 bilhão. A receita líquida operacional atingiu R$11,03 bilhões, mais 2,2% na comparação ano a ano, acima da expectativa de R$10,92 bilhões. Leia aqui a matéria completa!

No pós-pandemia, Rede D’Or e Dasa mantêm procura por ‘joias’ da saúde

Para grupos de saúde como a Rede D’Or, manter o ritmo de consolidação iniciado no setor quase seis anos atrás é imperativo. Já para laboratórios e planos de saúde, juntar-se a rivais pode garantir a sobrevivência ou a chance de crescer mais. A excessiva fragmentação e a busca por escala para reduzir custos operacionais oferecem a planos de saúde, laboratórios e hospitais a chance de crescerem geograficamente e aumentarem o poder de barganha junto a fornecedores. É o que disse em entrevista à Mover o presidente da Associação Nacional de Hospitais Privados, Francisco Balestrim. Leia aqui a matéria na íntegra!

Procura por crédito tem aumento de 29% em cenário de endividamento, aponta pesquisa

Diante de um cenário socioeconômico incerto, ainda fragilizado pela pandemia da Covid-19 e com inflação galopante e alta no endividamento, os brasileiros procuram empréstimos para aliviar as dívidas, mas os créditos ficam mais caros com as sucessivas altas dos juros. Em setembro, o interesse por crédito nas buscas no Google apresentou crescimento de 29% no comparativo anual, segundo o Índice FinanZero de Empréstimos, relatório da fintech de empréstimos online FinanZero. Veja aqui a matéria completa!

Multiplan registra quedas em indicadores financeiros no terceiro trimestre

A base comparativa forte ofuscou os resultados financeiros da Multiplan no terceiro trimestre, apesar de a vacinação e a maior mobilidade da população terem impulsionado os indicadores operacionais da empresa no período em que seus shoppings funcionaram praticamente de maneira regular. A administradora de shoppings viu seu lucro líquido despencar 82,3% na base anual no terceiro trimestre, para R$99,4 milhões. Confira a matéria na íntegra!

WEG bate consenso e supera crise logística com setor industrial aquecido

A catarinense WEG superou os consensos por mais um trimestre, embalada pela forte demanda da indústria e setor de energia nos mercados onde atua, tendo vencido as dificuldades logísticas na cadeia de suprimentos. O lucro líquido da WEG cresceu 26,2% frente ao terceiro trimestre do ano passado, a R$812,9 milhões, acima do consenso TC de R$793 milhões. Houve recuo de 28,4% ante o resultado de abril a junho. Veja aqui a matéria completa! 

Santander Brasil tem rentabilidade recorde com expansão de crédito

O Santander Brasil bateu consenso de lucro e viu sua margem financeira se expandir com o forte crescimento da carteira de crédito no terceiro trimestre, levando a um recorde na rentabilidade medida pelo retorno sobre o patrimônio líquido, ROE na sigla em inglês. O ROE anualizado do maior banco estrangeiro do país atingiu 22,4% entre julho e setembro, alta de 1,4 pontos percentuais na base anual. O lucro líquido societário subiu 12,1% ano a ano, para R$4,27 bilhões, acima do consenso TC de R$4,17 bilhões. Leia a matéria na íntegra!

Gerdau surpreende mercado com melhora sequencial e supera consenso

A Gerdau mostrou avanço em diversas linhas do resultado, superando as expectativas para o terceiro trimestre com crescimento na América do Norte, nível historicamente elevado de preço do aço, além da retomada dos principais setores consumidores nos países onde a companhia atua. O lucro líquido da siderúrgica atingiu R$5,59 bilhões, sendo o valor ajustado em R$4,56 bilhões, enquanto o consenso TC apontava para R$3,47 bilhões. Confira a matéria na íntegra!

Marfrig tem receita e lucro operacional históricos, com EUA

A fabricante brasileira de proteína animal Marfrig teve um terceiro trimestre histórico para suas receitas e lucro operacional, impulsionados pela forte demanda nos Estados Unidos, diante do avanço da vacinação no país e como consequência, também, da reabertura da economia. A receita líquida consolidada no terceiro trimestre foi de R$23,63 bilhões, superior ao consenso de R$21,7 bilhões, e 40,4% maior ante à obtida um ano antes. Veja aqui a matéria completa!

Brasília está “desconectada da realidade fiscal”, avalia sócio da EQI Investimentos

Em entrevista à TC Rádio, o sócio da EQI Investimentos Gabriel Rech avaliou que a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central, Copom, de acelerar o ciclo de alta da Selic para 150 pontos-base veio dentro do esperado, em um cenário em que Brasília amplia a percepção do mercado de risco fiscal. “O Banco Central decidiu pelo juro baixo por muito tempo e agora corre atrás, com isso vamos chegar a dois dígitos em 2022. A discussão do Teto de Gastos, com a PEC dos Precatórios, demonstra que Brasília está desconectada da realidade fiscal”, avalia Rech. Leia a matéria com detalhes da entrevista na íntegra!

Tabata Amaral: “É possível ser progressista defendendo responsabilidade fiscal”

Autora de um projeto na Câmara que prevê a ampliação do Bolsa Família, a deputada Tabata Amaral, do PSB-SP, defende a manutenção do Teto de Gastos e propõe medidas alternativas para atender à população vulnerável, que aumentou durante a pandemia. Para Amaral, a solução para a ampliação do Bolsa Família, sem ameaçar o Teto de Gastos, é cortar privilégio da máquina pública, como “os supersalários inconstitucionais na elite do Judiciário e do Legislativo”.  Confira a entrevista exclusiva completa!

Eletrobras deve escolher em novembro bancos coordenadores para a privatização, dizem fontes

A Eletrobras aprofundou conversas com mais de dez bancos para definir as instituições financeiras que irão coordenar a oferta de ações de sua privatização, com previsão de contratação do grupo até a metade de novembro, disseram ao Scoop by Mover fontes com conhecimento das negociações. A estatal tem Bradesco, BTG Pactual, Credit Suisse, Goldman Sachs, Itaú e JP Morgan no radar, disse uma das fontes, que pediu anonimato para falar sobre o assunto. Veja a matéria completa!

Proposta de privatização da Petrobras surpreende sistema político

Uma articulação da ala política do governo em torno de um projeto que supostamente faria a União perder o controle acionário da Petrobras, ou seja, uma proposta de privatização, surpreendeu o mercado, mas também lideranças governistas na Câmara do Deputados, no Senado Federal e a própria área técnica do Poder Executivo. Conforme divulgado pela CNN Brasil, ela preveria a migração da estatal para o Novo Mercado da B3 e a diluição das ações detidas pelo governo. Confira a matéria na íntegra!

Equipe econômica tenta barrar aumento de auxílios para R$600, dizem fontes

O Ministério da Economia prevê que deputados tentarão elevar para R$600 o valor somado do Auxílio Brasil e do Temporário, durante o processo de votação da Proposta de Emenda à Constituição dos Precatórios no plenário da Câmara, disseram dois assessores do ministro Paulo Guedes. Segundo as fontes da pasta, Guedes faz um trabalho para convencer o presidente Jair Bolsonaro de que não é possível permitir a reedição do Auxílio Brasil no patamar de R$600 dentro do teto, e que a aprovação nesse valor deixaria claro que não há mais âncora fiscal. Leia aqui a matéria completa!

Lucro da Klabin esmaga consenso com efeito de operações cambiais

A Klabin reportou lucro líquido bem acima das expectativas do mercado no terceiro trimestre, com forte impacto da estratégia de contabilidade de hedge, que impulsionou os ganhos da companhia em meio à alta do dólar. O lucro líquido da produtora de papel e celulose atingiu R$1,21 bilhão entre julho e setembro, bem acima do consenso TC, que previa ganhos de R$140 milhões. Veja a matéria na íntegra!

“Empresas que investem em economia limpa vão surfar nessa tendência”, diz especialista

As companhias que investem em economia limpa, com transportes de baixo carbono e preservação de recursos naturais, devem ter bons desempenhos nas próximas décadas. É o que disse a líder da área de produtos ESG da XP Investimentos, Beatriz Vergueiro, em entrevista à TC Rádio. Confira a matéria completa com detalhes da entrevista! 

Distorção de preços da Espaçolaser (ESPA3) pode trazer repique no curto prazo

A Espaçolaser é a maior empresa de depilação a laser do Brasil em termos de faturamento, número de lojas e clientes atendidos. Com uma queda de quase 60% da máxima alcançada na estreia do IPO em 1 de fevereiro de 2021, a Espaçolaser está com um nível de sobrevenda impressionante, trazendo bastante distorção nos preços e melhorando muito a famosa relação risco x retorno. Veja a coluna do Sérgio Sanita completa!

Preços de frete marítimo despencam e abrem espaço para alívio na inflação global

Os preços de fretes marítimos para commodities em geral emendam a terceira semana consecutiva de quedas acentuadas, o que pode aliviar pressões inflacionárias globais, apontam especialistas. O Baltic Dry Index, considerado um parâmetro para os custos de fretes marítimos globais, chegou a disparar 300% este ano em função da retomada da atividade econômica e das demandas represadas ao longo dos ‘lockdowns’ decorrentes da pandemia do coronavírus. Leia a coluna do Felipe Corleta na íntegra!

Polarização na eleição pode ser antecipada, com foco em aumento de gastos públicos

A vantagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o presidente Jair Bolsonaro nas pesquisas eleitorais que simulam um eventual segundo turno na disputa de 2022 caiu 10 pontos percentuais em dois meses, segundo PoderData, sugerindo que o eleitorado pode estar antecipando a escolha polarizada entre os dois atuais líderes nas pesquisas. Cosnfira a coluna do Leopoldo Vieira completa!

Value Tips: O preço do cafezinho

O café está nas máximas históricas no Brasil desde o começo da série histórica iniciada em 2001 pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, Cepea. Isso por causa da alta dos combustíveis, crise hídrica, alta do dólar, entre outros fatores. Para debater o tema, o Value Tips desta semana conversou com o diretor executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Café, Celírio Inácio; o líder de produtos da Venice Investimentos, André Rolha; o diretor geral da AgResource, Raphael Mandarino; e o proprietário do café São João, Renato Rodrigues. Confira!

Voices: Qual o futuro do varejo no Brasil?

O setor de varejo é um dos mais movimentados da bolsa brasileira. Grandes companhias, como Magazine Luiza, Via e Americanas, compõem esse grupo. O segmento é também um dos que mais sofre em 2021, com empresas perdendo até 50% de valor de mercado. O que deve acontecer com setor nessa reta final de ano? E para 2022, vale a aposta? Para falar sobre o assunto, a acompanhe o Voices com Georgia Jorge, analista de varejo do Banco do Brasil. Acompanhe!

Texto: Fernanda de Almeida
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Divulgação

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.