0

Mercados sobem, em meio a notícias difusas sobre guerra na Ucrânia

mercados

Mercados sobem, em meio a notícias difusas sobre guerra na Ucrânia

Mercados reagem ao cessar-fogo na Ucrânia para a evacuação de civis de cidades do país, e estão de olho nas sanções à Rússia

Mercados sobem, em meio a notícias difusas sobre guerra na Ucrânia
corleta

Atualizado há 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 9 de março – Os futuros de índices acionários americanos e as bolsas europeias operam em alta na manhã desta quarta-feira, apontando para o segundo dia de ganhos nos mercados em oito dias, enquanto o investidor pondera as notícias sobre a guerra na Ucrânia.

O S&P500 futuro disparava 1,56% e o petróleo Brent caía 1,83% a US$125,64 por barril perto das 8h. Em sinal de melhora no apetite por risco, o índice VIX, que mede a volatilidade do mercado americano, recuava 6,32% e a maioria das moedas ganhava força contra o dólar americano.

Os investidores estão de olho na suspensão de operações de várias empresas ocidentais na Rússia e no cessar-fogo na Ucrânia para evacuação de civis de cidades do país. O governo russo voltou a exigir a cessão permanente da Crimeia e o reconhecimento da independência das repúblicas separatistas da região de Donbas.

Ontem, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou o banimento das importações de petróleo, gás natural e energia da Rússia pelos americanos, o que trouxe impacto para os mercados.

Por outro lado, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse hoje que o Kremlin não tem interesse na derrubada do governo de Volodimir Zelenski. Além disso, ontem o presidente ucraniano afirmou que o país não vai insistir na adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte; as negociações em torno da entrada da Ucrânia na Otan culminaram na invasão russa.

Contudo, um fim diplomático do conflito segue distante: autoridades americanas dizem que tropas russas preparam uma ofensiva a Kiev. O presidente russo Vladimir Putin decretou bloqueio à exportação de commodities, mas não deu detalhes.

No Brasil, dois projetos que alteram os preços de combustíveis estão na pauta do Senado Federal hoje. Um deles fixa a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, ICMS, pela litragem do combustível nas bombas; o outro cria um fundo de estabilização de preços.

Na agenda do dia, destaque para dados de produção industrial no Brasil às 9h, estoques de petróleo e ofertas de emprego nos EUA perto do meio-dia e os resultados do quarto trimestre da Via e da Natura após o fechamento do mercado.

Bolsa brasileira

O Ibovespa futuro deve abrir em alta. No entanto, o EWZ, fundo de índice que replica ações brasileiras nos EUA, perdia 0,09% no pré-mercado americano, com as ADRs, recibos de ações, da Vale e da Petrobras caindo 4,24% e 1,68%, respectivamente.

Câmbio e juros

O real deve seguir outras moedas de países emergentes e exportadores de commodities e se valorizar em relação ao dólar. Os juros futuros deverão seguir o câmbio.

Texto: Felipe Corleta
Edição: Gustavo Bonato e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Nathália Reiter / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.