0

Nasdaq 100 cai mais de 10% no ano; no radar, FOMC, inflação nos EUA, IPCA-15: Espresso

mercados

Nasdaq 100 cai mais de 10% no ano; no radar, FOMC, inflação nos EUA, IPCA-15: Espresso

Nasdaq reportou o pior desempenho na desastrosa semana de Wall Street, enquanto o Ibovespa ganhou 1,88%, mesmo com a leve queda de hoje

Nasdaq 100 cai mais de 10% no ano; no radar, FOMC, inflação nos EUA, IPCA-15: Espresso
tcuser

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 21 de janeiro – Nos Estados Unidos, o Nasdaq reportou a pior semana desde outubro de 2020, pressionado na sessão pelo balanço da Netflix, e cai mais de 10% ao ano. O dólar futuro encerrou o dia em alta, embora tenha acumulado perdas na semana. Com os mercados fechados, o Banco Central informou que realizará leilão de linha, de até US$1,50 bilhão, na segunda-feira.

O Ibovespa encerrou em leve queda no pregão desta sexta, destoando das fortes perdas em Wall Street, e registrou o segundo avanço semanal consecutivo, com alta de quase 2,0%, beneficiado pelo interesse de estrangeiros e fluxo. Destaque negativo ficou para o setor de materiais básicos, que acompanhou a queda do minério de ferro nos mercados internacionais.

Semana azeda de Nasdaq 100

Wall Street amargou mais uma queda, prejudicada pelos temores com um aperto monetário do Fed, que terá reunião na quarta-feira, e pelos balanços fracos das empresas, em especial da Netflix. Dow Jones recuou 1,30% e S&P500, 1,89%, ambos na terceira semana negativa consecutiva, com perdas de 4,61% e 5,79%, respectivamente.

O Nasdaq 100 cedeu 2,75% hoje e 7,59% na semana, já acumulando uma desvalorização de mais de 10% no ano. O petróleo Brent e WTI recuaram 0,55% e 0,47%, nessa ordem, mas ainda avançaram mais de 1,5% na semana, com interrupções de produção e redução dos temores com ômicron.

Ganhos semanais do Ibovespa

???? Descolado do exterior, o Ibovespa acumulou ganhos semanais de 1,88%, mesmo recuando 0,15% a 108.941 pontos hoje, pressionado pelo exterior em pregão de alta volatilidade. A curva de juros subiu em até 25 pontos-base, com preocupações fiscais e à espera da divulgação do IPCA na quarta, e o dólar futuro, 0,74% a R$5,473, refletindo busca por proteção.

No corporativo, o diretor-presidente da TIM Brasil, Pietro Labriola, foi nomeado presidente da holding pelo conselho de administração da companhia, segundo agência italiana Ansa, e vai deixar o comando da filial brasileira.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.