0

OIT diminui expectativas para recuperação do mercado de trabalho

mercados

OIT diminui expectativas para recuperação do mercado de trabalho

A Organização Internacional do Trabalho espera que as novas variantes do coronavírus continuem impactando a retomada do mercado de trabalho

OIT diminui expectativas para recuperação do mercado de trabalho
stefanie-rigamonti

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 17 de janeiro – A Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas rebaixou as projeções para a recuperação do mercado de trabalho em 2022, após o surgimento de novas variantes do coronavírus e de novas medidas de restrições pelos países.

Segundo dados publicados hoje, a OIT espera para este ano um déficit em horas trabalhadas no mundo que equivalem a 52 milhões de empregos integrais, se comparadas ao quarto trimestre de 2019, enquanto em maio de 2021 a projeção era de déficit equivalente a 26 milhões de empregos de período integral.

Mesmo com a diminuição nas expectativas, a projeção ainda mostra melhora no cenário em relação a 2021. Contudo, projeções apontam para recuo de 2% nas horas trabalhadas frente ao período pré-pandemia, e a OIT espera que a retomada completa do mercado de trabalho só ocorra no fim de 2023.

A OIT enxerga o desemprego atingindo 207 milhões de pessoas no mundo neste ano, enquanto em 2019 havia 186 milhões de desempregados.

A organização chama atenção para o fato de o desemprego afetar de forma completamente distinta as diferentes classes de trabalhadores e os países, aprofundando a desigualdade social e enfraquecendo a economia de quase todas as nações, inclusive as mais desenvolvidas. De acordo com a OIT, o dano levará anos para ser revertido.

“Não pode haver recuperação real desta pandemia sem uma ampla recuperação do mercado de trabalho. E para ser sustentável, essa recuperação deve se basear nos princípios do trabalho decente – incluindo saúde e segurança, equidade, proteção social e diálogo social”, declarou o diretor-geral da OIT, Guy Ryder.

Texto: Stéfanie Rigamonti
Edição: Gabriela Guedes
Imagem: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.