0

Petrobras segura reajuste de combustíveis em meio a crise na Ucrânia

mercados

Petrobras segura reajuste de combustíveis em meio a crise na Ucrânia

O diretor de Comercialização da Petrobras disse hoje que a estatal vai continuar observando o mercado antes de decidir sobre aumentos

Petrobras segura reajuste de combustíveis em meio a crise na Ucrânia
luciano-costa-de-paula

Atualizado há 3 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 24 de fevereiro – Apesar da disparada dos preços internacionais do petróleo diante da invasão da Ucrânia pela Rússia, o diretor de Comercialização da Petrobras, Claudio Mastella, disse nesta quinta-feira que a estatal ainda não tomou decisão sobre eventual reajuste nos preços dos combustíveis.

“Estamos em um momento difícil. O mercado já vinha com volatilidade alta, e os últimos eventos, de ontem e hoje, principalmente, geraram um pico de volatilidade e de extrema incerteza. Na verdade, precisamos continuar observando um bocadinho. Vamos continuar observando o mercado por mais algum tempo”, disse Mastella durante teleconferência de resultados trimestrais da Petrobras.

Questionado sobre a defasagem da gasolina e do diesel no país ante o mercado externo, Mastella disse que a valorização da moeda brasileira nas últimas semanas compensou a alta do petróleo e permitiu que a empresa não aplicasse reajustes. “Esses dois movimentos em contraposição permitiram à gente poder manter os preços”, justificou.

Os preços do petróleo tocaram US$105 na manhã de hoje, subindo quase 9%, diante do conflito entre Rússia e Ucrânia. Esses valores elevados poderiam abrir espaço para dividendos extras, disse o diretor financeiro da Petrobras, Rodrigo Araujo, que também participou da teleconferência.

“Obviamente, a depender do cenário de preços, tendo espaço para distribuição adicional, nosso entendimento é que é a melhor alocação”, completou.

Ainda no assunto dividendos, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, falou sobre a distribuição recorde realizada pela companhia após os resultados de 2021. Silva e Luna disse que a estatal continuará a gerar retorno à sociedade com os elevados proventos previstos para os próximos anos.

“Isso, obviamente, só é possível porque imprimimos racionalidade tanto a nosso plano estratégico quanto à nossa gestão financeira e operacional”, afirmou.

Ações da Braskem

A Petrobras segue comprometida em vender sua fatia na petroquímica, após ter desistido por ora de uma oferta de ações da empresa em conjunto com a Novonor devido ao “ambiente de mercado bastante desafiador”, disse Araujo.

“Os sócios seguem alinhados nos termos de saída. Mas hoje é difícil dar uma data”, afirmou, ao apontar que a Petrobras vai “avaliar o melhor momento de mercado” para a operação.

Texto: Luciano Costa
Edição: Maria Luiza Dourado e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

PETR3

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

37,24

-0,06

-0,16%

Relacionadas

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

34,24

0,17

+0,49%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.