0

PetroReconcavo e Eneva confirmam oferta por Bahia Terra, da Petrobras

mercados

PetroReconcavo e Eneva confirmam oferta por Bahia Terra, da Petrobras

A PetroReconcavo detém fatia de 60% no consórcio, enquanto os 40% restantes pertencem à Eneva; a proposta pelo polo é superior a US$1,4 bi

PetroReconcavo e Eneva confirmam oferta por Bahia Terra, da Petrobras
artur-horta

Atualizado há 14 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 4 de maio – O consórcio formado por PetroReconcavo e Eneva confirmou negociações com a Petrobras pelo Polo Bahia Terra, com proposta superior a US$1,4 bilhão, conforme comunicado das empresas enviado à Comissão de Valores Mobiliários.

A informação foi antecipada pelo Brazil Journal, minutos antes da abertura do pregão desta quarta-feira. Mais tarde, as companhias envolvidas confirmaram o negócio pelo ativo, que consiste em campos terrestres na Bacia do Recôncavo e Tucano, na Bahia.

A PetroReconcavo detém fatia de 60% no consórcio, enquanto os 40% restantes pertencem à Eneva. Segundo as companhias, a assinatura do contrato ainda está sujeita à conclusão das negociações e à aprovação de órgãos reguladores.

De acordo com fontes ouvidas pelo Brazil Journal, o Bahia Terra é muito complementar à PetroReconcavo, que opera na mesma bacia há 22 anos. Além do consórcio, as empresas Aguila e Petroborn fizeram propostas pelo ativo. “A 3R Petroleum também foi convidada, mas declinou”, disse a publicação.

Em 1 de abril, o diretor-financeiro e de Relações com Investidores da PetroReconcavo, Rafael Cunha, disse à TC Rádio que a companhia estava focada em negociações pelo Bahia Terra e informou a existência da parceria com a Eneva.

“Além dos campos de óleo e gás, o ativo inclui infraestruturas importantes para o processo e escoamento da produção. Isso permitiria a comercialização da produção de gás de vários estados do Nordeste, então é um Polo que traz uma série de sinergias com nossas operações”, pontuou Cunha.

Segundo a Petrobras, o polo é constituído por 28 concessões de campos de produção terrestres, com instalações integradas, localizadas na Bacia do Recôncavo e Tucano, em diferentes municípios do estado da Bahia, denominados conjuntamente de Polo Bahia Terra.

Por volta de 14h30, as ações ordinárias de PetroReconcavo (RECV3) e Eneva (ENEV3) subiam 0,69% a R$24,80, e 0,37% a R$13,54, respectivamente. Os papéis preferenciais da Petrobras (PETR4) avançavam 2,28%, cotados a R$30,94.

Texto: Artur Horta
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

0,00

-0,56

-1,63%

Relacionadas

RECV3

PETROREC�NCAVO S.A.

26,75

-1,29

-4,76%

ENEV3

ENEVA S.A

13,62

0,02

+0,13%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.