0

Procura por crédito cresce 7,2% no início do ano no Brasil, mostra Serasa Experian

mercados

Procura por crédito cresce 7,2% no início do ano no Brasil, mostra Serasa Experian

A procura por crédito subiu no começo do ano em relação a janeiro de 2021, mas o volume foi o menor em três meses, mostra pesquisa

Procura por crédito cresce 7,2% no início do ano no Brasil, mostra Serasa Experian
beatriz-cantadori

Atualizado há 3 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo,14 de fevereiro –A procura por crédito por consumidores subiu 7,2% em janeiro deste ano em relação ao mesmo mês de 2021, segundo o Indicador de Demanda do Consumidor por Crédito da Serasa Experian. Apesar da alta, o volume foi o menor dos últimos três meses.

As despesas típicas de janeiro, como IPVA, IPTU e materiais escolares, explicam a busca de pessoas físicas por empréstimos no início do ano para complementar a renda e pagar as contas, porém, as taxas de juros elevadas têm desencorajado a tomada de crédito.

“Consumidores que precisam fechar as contas do fim do mês recorrem ao recurso financeiro para não ficar no vermelho. No entanto, as altas taxas de juros também encareceram o acesso ao crédito. Por isso, embora as pessoas continuem precisando, janeiro registrou o menor percentual dos últimos três meses”, reforçou o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, na divulgação da pesquisa.

O levantamento apontou que quem mais procura por crédito no Brasil ainda são os que possuem renda mensal de até R$500, registrando aumento de 7,9% na comparação anual. Em segundo lugar, com elevação de 7,4%, estão os que ganham entre R$1.000 e R$2.000 por mês, e depois, os que recebem de R$500 a R$1.000 mensais, com alta de 7%.

A análise também mostrou que os pedidos de empréstimo subiram em todas as regiões do país, mas o Centro-Oeste e o Norte se destacaram, com saltos de 16,0% e 14,5%, respectivamente. O Nordeste foi o que menos avançou, marcando aumento de 3,7%.

A pesquisa registrou que maio de 2021 foi o mês em que o Brasil mais registrou demanda por crédito, disparando 50,8% frente ao mesmo período de 2020.

Texto: Beatriz Lauerti
Edição: Stéfanie Rigamonti e Gabriela Guedes
Arte: Vinícius Martins/ Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.