IBOV

102.814,03 pts

+0,59%

SP500

4.607,80 pts

-1,01%

DJIA

34.692,46 pts

-1,26%

NASDAQ

16.317,52 pts

-0,50%

IFIX

2.563,76 pts

+0,87%

BRENT

US$ 71,06

-3,24%

IO62

¥ 609,00

+2,35%

TRAD3

R$ 7,68

-2,53%

ABEV3

R$ 16,34

-2,15%

AMER3

R$ 31,45

+3,14%

ASAI3

R$ 13,05

-1,58%

AZUL4

R$ 23,49

+0,34%

B3SA3

R$ 11,50

-2,04%

BIDI11

R$ 37,71

+4,86%

BBSE3

R$ 21,40

-0,46%

BRML3

R$ 7,98

-0,99%

BBDC3

R$ 17,44

-0,73%

BBDC4

R$ 20,27

-0,83%

BRAP4

R$ 49,20

+0,81%

BBAS3

R$ 30,81

-0,29%

BRKM5

R$ 52,20

+3,75%

BRFS3

R$ 20,40

-0,53%

BPAC11

R$ 21,25

+2,31%

CRFB3

R$ 15,54

-0,82%

CCRO3

R$ 11,51

-1,87%

CMIG4

R$ 13,45

+0,52%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-0,48%

COGN3

R$ 2,41

+2,11%

CPLE6

R$ 6,10

+0,49%

CSAN3

R$ 21,48

+0,79%

CPFE3

R$ 26,34

+2,17%

CVCB3

R$ 14,55

-2,80%

CYRE3

R$ 14,04

-3,30%

ECOR3

R$ 8,27

-2,70%

ELET3

R$ 32,92

+0,85%

ELET6

R$ 32,29

+0,18%

EMBR3

R$ 19,75

+2,33%

ENBR3

R$ 21,39

+1,23%

ENGI11

R$ 45,40

+1,95%

ENEV3

R$ 14,26

-0,83%

EGIE3

R$ 38,86

-0,46%

EQTL3

R$ 22,78

+0,61%

EZTC3

R$ 18,33

-1,29%

FLRY3

R$ 17,88

-0,66%

GGBR4

R$ 25,80

+0,54%

GOAU4

R$ 10,75

+0,65%

GOLL4

R$ 15,60

+2,63%

NTCO3

R$ 26,87

-0,73%

HAPV3

R$ 11,47

-1,54%

HYPE3

R$ 27,35

-1,90%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,05

-2,13%

IRBR3

R$ 4,19

+1,45%

ITSA4

R$ 9,82

+0,20%

ITUB4

R$ 22,66

-0,87%

JBSS3

R$ 34,73

+1,19%

JHSF3

R$ 4,88

-0,61%

KLBN11

R$ 23,75

+2,01%

RENT3

R$ 52,25

-0,49%

LCAM3

R$ 23,54

-0,25%

LWSA3

R$ 14,67

+7,08%

LAME4

R$ 5,64

+1,80%

LREN3

R$ 28,94

-1,26%

MGLU3

R$ 8,04

-0,37%

MRFG3

R$ 23,88

+0,84%

BEEF3

R$ 8,65

-0,11%

MRVE3

R$ 11,26

-1,14%

MULT3

R$ 19,62

+0,82%

PCAR3

R$ 23,09

-0,34%

PETR3

R$ 30,16

+3,11%

PETR4

R$ 29,47

+2,89%

VBBR3

21,66

-0,09%

PRIO3

R$ 20,84

+3,94%

QUAL3

R$ 16,20

-1,45%

RADL3

R$ 22,61

-0,61%

RAIL3

R$ 17,63

+0,11%

SBSP3

R$ 34,30

+0,70%

SANB11

R$ 33,76

-1,14%

CSNA3

R$ 22,54

+0,66%

SULA11

R$ 25,42

-0,15%

SUZB3

R$ 55,67

+1,81%

TAEE11

R$ 36,32

+1,22%

VIVT3

R$ 50,32

-0,98%

TIMS3

R$ 13,89

-0,35%

TOTS3

R$ 32,14

+3,11%

UGPA3

R$ 14,19

+3,65%

USIM5

R$ 13,70

+5,95%

VALE3

R$ 69,50

+0,72%

VIIA3

R$ 5,85

+2,63%

WEGE3

R$ 32,41

-0,58%

YDUQ3

R$ 20,92

-0,04%

IBOV

102.814,03 pts

+0,59%

SP500

4.607,80 pts

-1,01%

DJIA

34.692,46 pts

-1,26%

NASDAQ

16.317,52 pts

-0,50%

IFIX

2.563,76 pts

+0,87%

BRENT

US$ 71,06

-3,24%

IO62

¥ 609,00

+2,35%

TRAD3

R$ 7,68

-2,53%

ABEV3

R$ 16,34

-2,15%

AMER3

R$ 31,45

+3,14%

ASAI3

R$ 13,05

-1,58%

AZUL4

R$ 23,49

+0,34%

B3SA3

R$ 11,50

-2,04%

BIDI11

R$ 37,71

+4,86%

BBSE3

R$ 21,40

-0,46%

BRML3

R$ 7,98

-0,99%

BBDC3

R$ 17,44

-0,73%

BBDC4

R$ 20,27

-0,83%

BRAP4

R$ 49,20

+0,81%

BBAS3

R$ 30,81

-0,29%

BRKM5

R$ 52,20

+3,75%

BRFS3

R$ 20,40

-0,53%

BPAC11

R$ 21,25

+2,31%

CRFB3

R$ 15,54

-0,82%

CCRO3

R$ 11,51

-1,87%

CMIG4

R$ 13,45

+0,52%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-0,48%

COGN3

R$ 2,41

+2,11%

CPLE6

R$ 6,10

+0,49%

CSAN3

R$ 21,48

+0,79%

CPFE3

R$ 26,34

+2,17%

CVCB3

R$ 14,55

-2,80%

CYRE3

R$ 14,04

-3,30%

ECOR3

R$ 8,27

-2,70%

ELET3

R$ 32,92

+0,85%

ELET6

R$ 32,29

+0,18%

EMBR3

R$ 19,75

+2,33%

ENBR3

R$ 21,39

+1,23%

ENGI11

R$ 45,40

+1,95%

ENEV3

R$ 14,26

-0,83%

EGIE3

R$ 38,86

-0,46%

EQTL3

R$ 22,78

+0,61%

EZTC3

R$ 18,33

-1,29%

FLRY3

R$ 17,88

-0,66%

GGBR4

R$ 25,80

+0,54%

GOAU4

R$ 10,75

+0,65%

GOLL4

R$ 15,60

+2,63%

NTCO3

R$ 26,87

-0,73%

HAPV3

R$ 11,47

-1,54%

HYPE3

R$ 27,35

-1,90%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,05

-2,13%

IRBR3

R$ 4,19

+1,45%

ITSA4

R$ 9,82

+0,20%

ITUB4

R$ 22,66

-0,87%

JBSS3

R$ 34,73

+1,19%

JHSF3

R$ 4,88

-0,61%

KLBN11

R$ 23,75

+2,01%

RENT3

R$ 52,25

-0,49%

LCAM3

R$ 23,54

-0,25%

LWSA3

R$ 14,67

+7,08%

LAME4

R$ 5,64

+1,80%

LREN3

R$ 28,94

-1,26%

MGLU3

R$ 8,04

-0,37%

MRFG3

R$ 23,88

+0,84%

BEEF3

R$ 8,65

-0,11%

MRVE3

R$ 11,26

-1,14%

MULT3

R$ 19,62

+0,82%

PCAR3

R$ 23,09

-0,34%

PETR3

R$ 30,16

+3,11%

PETR4

R$ 29,47

+2,89%

VBBR3

21,66

-0,09%

PRIO3

R$ 20,84

+3,94%

QUAL3

R$ 16,20

-1,45%

RADL3

R$ 22,61

-0,61%

RAIL3

R$ 17,63

+0,11%

SBSP3

R$ 34,30

+0,70%

SANB11

R$ 33,76

-1,14%

CSNA3

R$ 22,54

+0,66%

SULA11

R$ 25,42

-0,15%

SUZB3

R$ 55,67

+1,81%

TAEE11

R$ 36,32

+1,22%

VIVT3

R$ 50,32

-0,98%

TIMS3

R$ 13,89

-0,35%

TOTS3

R$ 32,14

+3,11%

UGPA3

R$ 14,19

+3,65%

USIM5

R$ 13,70

+5,95%

VALE3

R$ 69,50

+0,72%

VIIA3

R$ 5,85

+2,63%

WEGE3

R$ 32,41

-0,58%

YDUQ3

R$ 20,92

-0,04%

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 7 de maio – As ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) podem sair de uma sequência de baixas após um súbito ânimo entre os clientes estrangeiros de grandes corretoras e chamaram a atenção dos investidores. Outro destaque da semana foram as ações cíclicas brilhando nas carteiras recomendadas para maio, enquanto a JBS perdeu espaço.

Os investidores também acompanharam a nova edição do Mover Voices, que mostrou a entrevista com o ex-presidente Michel Temer. O político destacou que a Reforma Tributária tem possibilidade de ser aprovada, apesar de dificuldades, e é imprescindível para o momento, assim como a Reforma Administrativa. Confira abaixo o Resumo da Semana da TC Mover.


Especial: Petrobras ganha fôlego com estrangeiro aliviando fluxo de venda, dizem analistas

O comportamento errático das ações da Petrobras, que acumulava dez quedas nos últimos 14 pregões até a última quinta-feira, 6, pode mudar com o súbito ânimo entre os clientes estrangeiros de grandes corretoras, que têm liderado as vendas de papel na falta de notícias positivas, disseram analistas. Leia aqui a matéria.


Especial: Papéis cíclicos crescem em carteiras de maio e JBS cai

As ações de companhias mais ligadas ao crescimento macroeconômico ganharam espaço entre as recomendações das carteiras de maio, com a melhora das perspectivas de retomada econômica, a tendência de queda da segunda onda de Covid-19 no país e expectativas pela aceleração na vacinação. Confira aqui as carteiras de maio.


Mover Voices: Momento é oportuníssimo para aprovar Reforma Tributária, Administrativa, diz Temer

Apesar de ser uma equação difícil de se ajustar, a Reforma Tributária, ou “simplificação tributária”, tem possibilidade de ser aprovada e seria imprescindível para o país neste momento. É o que afirmou o ex-presidente Michel Temer em entrevista à TC Rádio, destacando também a dificuldade de passar uma reforma como a Administrativa no Congresso Nacional devido às “corporações funcionais”, mas que esta é igualmente indispensável. Sobre a condução do combate à pandemia, Temer disse sentir falta de um “diálogo mais aberto e unificado” por parte do presidente Jair Bolsonaro. “Seria ideal para pacificar um pouco o país, acabar com essa briga em torno da vacina ou não vacina”, disse. Assista na íntegra!



Especial: Copom pode matar orientação com inflação em alta

O Comitê de Política Monetária do Banco Central, conhecido como Copom, terminou na última quarta-feira, 5, sua reunião de dois dias. A expectativa de economistas ouvidos pela TC Mover era de alta da taxa básica de juros, a taxa Selic, em 0,75 ponto percentual. Além disso, a previsão era que a autarquia adotasse um tom mais duro no comunicado que acompanha a decisão, refletindo uma inflação que não dá trégua e matando a orientação futura. Leia aqui a matéria.


Especial: Pauta econômica avança com calendário mais claro

A pauta econômica avançou no Congresso e já tem previsão mais clara de votação, apesar da concorrência com a Comissão Parlamentar de Inquérito do coronavírus, a CPI da Covid, e dos conflitos internos no governo. É o que sugeriram entrevistas dadas pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, e por seu vice, Marcelo Ramos, no último fim de semana. Leia aqui a matéria.


Especial: B3 deve anunciar solução para ações da Modalmais, diz fonte

A B3 comunicou ao mercado na última segunda-feira, 3, uma solução sobre o cancelamento das operações com ações da Modalmais, informação antecipada por uma fonte com conhecimento direto da situação. O procedimento incomum foi adotado após uma divergência sobre a negociabilidade dos ativos ter forçado a bolsa a anular todas as ordens executadas desde a estreia na última sexta-feira, 30. Leia aqui a matéria.


Sanita: Multiplan (MULT3) reagirá ao afrouxamento das restrições?

O contribuidor do TC, Sérgio Sanita, fala sobre a Multiplan (MULT3), empresa do setor de shoppings, um dos mais afetados pelas restrições devido à pandemia. Para Sanita, a companhia tem mostrado uma recuperação tímida, mas pode estar próxima do rompimento de uma região de resistência. Leia aqui a coluna na íntegra.


Sena: Mulheres são mais 1 de milhão na bolsa e superam empecilhos

A editora da TC Mover, Karine Sena, analisa a marca de 1 milhão de CPFs de mulheres cadastrados na bolsa brasileira, atingida nesta semana. Além da importância do número, as investidoras também superam desafios no mercado financeiro. Leia aqui a coluna.


Prévia da Semana: Copom, Payroll, Balanços, CPI da Covid

Os destaques da Prévia da Semana foram a reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, sobre a taxa Selic, o relatório Payroll nos EUA, os balanços de empresas brasileiras e a Comissão Parlamentar de Inquérito do coronavírus, a CPI da Covid. Toda segunda-feira a TC Mover prepara a Prévia da Semana com temas relevantes da semana nos planos político, econômico e financeiro, no Brasil e no mundo. Escute no Spotify.



Value Tips: Alta da inadimplência é inevitável, mas não deve impactar bancos em 2021

A inadimplência ao longo deste ano está contratada para subir, e não à toa os bancos fizeram grandes provisões em seus balanços em 2020. É o que afirma Fernando Sampaio, da Brasil Capital. Para ele, o aumento da inadimplência é esperado e não deve afetar os resultados dos bancos ao longo deste ano. Enretanto, ele garante que ainda é possível ver as mesmas tendências de antes da pandemia para o setor, como aumento de competitividade, margens pressionadas e a necessidade de acelerar o corte de custos. Confira a discussão sobre o assunto no Value Tips, podcast do TC, apresentado pela editora Melina Flynn.



Semana: Balanços, Tributária, Copom, Payroll

A editora da TC Mover, Melina Flynn, destacou os principais acontecimentos da semana que os investidores deveriam ficar atentos, como a semana de balanços empresariais no Brasil, as discussões em torno da Reforma Tributária, a reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, sobre a taxa Selic e o relatório Payroll de empregos nos EUA. Confira toda segunda-feira no Instagram da TC Mover!



Texto: João Pedro Malar
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover


Leia também

B2W melhora experiência do cliente e aumenta vendas

TC Day vai debater cenário político-econômico no pós-pandemia

Payroll decepciona e reforça visão de Jerome Powell

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.