0

Serviços sobem mais que o esperado, mas seguem longe da normalidade

mercados

Serviços sobem mais que o esperado, mas seguem longe da normalidade

O volume de serviços no Brasil registrou alta mensal de 1,7% em outubro na comparação mensal, superando as expectativas do mercado de 1,2%.

Serviços sobem mais que o esperado, mas seguem longe da normalidade
gustavo-cunha-boldrini

Atualizado há mais de 1 ano

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 11 de dezembro – O volume de serviços no Brasil registrou alta mensal de 1,7% em outubro na comparação mensal, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. O resultado superou as expectativas do mercado, que esperava crescimento em torno de 1,2%.

Este foi o quinto avanço seguido no volume de serviços, que acumula alta de 15,8% desde junho, com o início da reabertura gradual da economia na maior parte dos estados do país.

No entanto, a sequência positiva ainda não é suficiente para recuperar o recuo acumulado de 19,8% entre fevereiro e maio. O setor de serviços foi o mais atingido pelas medidas de distanciamento social para contenção da Covid-19.

Na comparação com outubro do ano passado, houve queda menor que a esperada, de 7,4% ante o consenso de 7,7%.

Serviços de comunicação e informação se destacam em outubro

Quatro dos cinco setores analisados pela pesquisa do IBGE tiveram alta em relação a setembro, com destaque para os serviços de comunicação e informação, especialmente de tecnologia de informação, que cresceram 5,8%.

O setor de transportes engatou a sexta alta seguida, acumulando ganhos de 22,7% desde maio, mas ainda precisa avançar 8,8 pontos percentuais para retomar o nível pré-pandemia.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Bárbara Leite e Letícia Matsuura
Imagem: Divulgação

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.