0

Temor de coronavírus volta e derruba bolsas; fique de olho na ata do Copom, comércio, inflação nos EUA

mercados

Temor de coronavírus volta e derruba bolsas; fique de olho na ata do Copom, comércio, inflação nos EUA

O Ibovespa fechou hoje em queda, abaixo dos 114 mil pontos, praticamente zerando os ganhos da semana, em meio à saída de estrangeiros.

Temor de coronavírus volta e derruba bolsas; fique de olho na ata do Copom, comércio, inflação nos EUA
tcuser

Atualizado há mais de 2 anos

Ícone de compartilhamento

A cautela com os efeitos ainda incertos da epidemia de coronavírus na China voltou nesta sexta-feira, com os investidores reduzindo posições em bolsa e aumentando as aplicações em dólar, ouro e Treasuries, evitando serem pegos de surpresa pelo noticiário do fim de semana. A recaída pessimista reduziu os ganhos acumulados pelas bolsas durante a semana após o mercado reavaliar o impacto negativo do vírus na economia mundial, em meio a dados positivos de emprego nos Estados Unidos, anestesiado também por promessas de avanços nas pesquisas de uma vacina e pelas centenas de bilhões de dólares injetadas pelo Banco do Povo da China.

 

A bolsa brasileira ficou para trás na recuperação e quase zerou os ganhos da semana, pressionada pela decisão do Banco Central de interromper o corte dos juros e por dados mais fracos da atividade industrial. Nesta semana, os investidores vão poder entender melhor as razões do BC na ata da reunião do Copom, na terça-feira, à luz dos dados do comércio e do setor de serviços, que o IBGE divulgará na quarta e na quinta, respectivamente. O cenário externo seguirá atrelado ao avanço do coronavírus e seus impactos mais visíveis nas cadeias de produção globais dependentes da China, a fábrica do mundo. Serão divulgados, ainda, dados de inflação nos Estados Unidos.

 

O investidor fecha a sexta-feira já de olho na próxima semana, que, na terça, traz a ata da última reunião do Copom. Entre os balanços da semana, os destaques vão para Itaú Unibanco e BB Seguridade na segunda-feira, Suzano na quarta, Banco do Brasil na quinta e Usiminas e BTG Pactual na sexta-feira. Petrobras divulga relatório de produção do quarto trimestre na segunda e Vale, na terça. As expectativas de que o governo envie a Reforma Administrativa ao Congresso também segue nos próximos dias.

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.