0

Verde Asset vê Brasil preso em realidade "trágica"

mercados

Verde Asset vê Brasil preso em realidade "trágica"

O Brasil “vive uma espécie trágica de dia da marmota”, com pressão fiscal, inflação, perspectiva de juro alto, avaliou Verde Asset. Confira!

Verde Asset vê Brasil preso em realidade "trágica"
gustavo-cunha-boldrini

Atualizado há cerca de 1 ano

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 10 de maio – O Brasil “vive uma espécie trágica de dia da marmota”, preso em uma realidade de pressões fiscais, inflação e perspectiva de juro alto que pode dificultar o financiamento da dívida pública na cauda longa da curva de juros, avalia a Verde Asset Management em sua carta de abril.

 

A quase um ano da eleição, realidade brasileira não indica melhora, diz Luis Stuhlberger

A gestora do megainvestidor Luis Stuhlberger utiliza a metáfora do filme O Feitiço do Tempo, de Harold Ramis, para indicar que, assim como o personagem Phil Connors, estrelado por Bill Murray, o país está estagnado em uma realidade nada agradável, e que se repete dia após dia na qual vários fatores tornam o investimento nos mercados locais como uma “odisseia extremamente complexa” que não tem indicativo de melhora. Este cenário se mostra a pouco mais de um ano das eleição presidencial.

“As pressões fiscais não arrefecem dada a liderança presidencial dúbia sobre o tema; as pressões inflacionárias refletem a alta do preço das commodities e o câmbio fraco; o Banco Central vai sendo empurrado pelo mercado para uma postura dura de política monetária ignorando o desafio de financiar a dívida pública nas taxas de juros que a curva futura indica”, diz a Verde Asset.

 

Verde Asset vê mercados estrangeiros se valorizando com vacinação e políticas de estímulos

O avanço da vacinação nos mercados desenvolvidos somado a políticas de estímulo econômico têm valorizado os mercados de ações e criado pressões inflacionárias, destaca a gestora. Essas pressões, diz a carta, devem ter algum arrefecimento após o pico das reaberturas econômicas no hemisfério Norte. “Os preços das ações já refletem um bom grau de otimismo, o que nos levou a reduzir exposições”, afirma.

A gestora diz que teve rendimento de 1,20% em abril, ante 0,21% do CDI. Houve “ganhos nos livros de ações tanto no Brasil quanto no exterior, e nas posições de juros no mercado local e na Europa”. As perdas do mês foram marginais, segundo a gestora, e vieram da posição comprada no dólar americano ante o real, além da posição tomada em juros nos EUA. No acumulado do ano, a Verde Asset tem rentabilidade de 3,14%, contra 0,69% do CDI.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Leopoldo Vieira e Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Ações da CVC (CVCB3) e de aéreas sobem com otimismo por retomada

Banco Central abre consulta sobre novos serviços do Pix

Vieira: Ritmo de reformas permite aprovação até fim do ano

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.