IBOV

114.620,40 pts

-0,02%

SP500

4.484,66 pts

+0,30%

DJIA

35.238,75 pts

-0,16%

NASDAQ

15.303,90 pts

+1,04%

IFIX

2.746,97 pts

+0,11%

BRENT

US$ 84,18

-0,80%

IO62

¥ 696,50

-1,42%

TRAD3

R$ 8,50

+3,91%

ABEV3

R$ 15,65

+0,77%

AMER3

R$ 39,25

+4,80%

ASAI3

R$ 17,01

-3,02%

AZUL4

R$ 34,42

-3,36%

B3SA3

R$ 12,93

-1,67%

BIDI11

R$ 48,36

-3,89%

BBSE3

R$ 21,76

+0,36%

BRML3

R$ 8,60

+1,77%

BBDC3

R$ 18,53

+1,36%

BBDC4

R$ 21,67

+1,83%

BRAP4

R$ 54,41

-1,25%

BBAS3

R$ 32,25

+2,12%

BRKM5

R$ 58,95

+0,03%

BRFS3

R$ 25,02

-2,98%

BPAC11

R$ 25,50

-1,92%

CRFB3

R$ 18,82

+0,91%

CCRO3

R$ 12,76

+0,23%

CMIG4

R$ 15,13

+0,86%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

+0,38%

COGN3

R$ 3,12

+1,29%

CPLE6

R$ 6,79

+2,56%

CSAN3

R$ 23,33

+0,34%

CPFE3

R$ 26,53

+1,72%

CVCB3

R$ 19,95

-1,57%

CYRE3

R$ 18,26

+0,44%

ECOR3

R$ 10,04

+0,90%

ELET3

R$ 40,65

+3,54%

ELET6

R$ 40,67

+2,62%

EMBR3

R$ 25,66

-0,07%

ENBR3

R$ 19,27

+0,62%

ENGI11

R$ 46,05

+0,32%

ENEV3

R$ 15,33

-0,51%

EGIE3

R$ 38,70

+0,38%

EQTL3

R$ 24,79

+0,48%

EZTC3

R$ 23,58

-2,88%

FLRY3

R$ 21,62

+1,17%

GGBR4

R$ 28,27

+0,35%

GOAU4

R$ 12,81

-0,15%

GOLL4

R$ 20,25

-1,74%

NTCO3

R$ 43,20

-2,13%

HAPV3

R$ 12,62

-2,99%

HYPE3

R$ 30,45

+1,56%

IGTA3

R$ 33,92

+1,67%

GNDI3

R$ 71,02

-2,64%

IRBR3

R$ 5,24

+1,15%

ITSA4

R$ 11,33

+0,71%

ITUB4

R$ 24,98

+0,88%

JBSS3

R$ 38,61

+1,63%

JHSF3

R$ 6,12

+2,85%

KLBN11

R$ 23,03

-0,64%

RENT3

R$ 56,33

-0,53%

LCAM3

R$ 25,15

+0,27%

LWSA3

R$ 23,25

+5,44%

LAME4

R$ 6,44

+21,28%

LREN3

R$ 36,16

+1,14%

MGLU3

R$ 14,33

-1,58%

MRFG3

R$ 26,50

-2,39%

BEEF3

R$ 10,37

-3,08%

MRVE3

R$ 12,53

+1,12%

MULT3

R$ 20,40

+0,74%

PCAR3

R$ 28,96

-6,46%

PETR3

R$ 30,22

+0,19%

PETR4

R$ 29,46

-0,47%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,14

-2,16%

QUAL3

R$ 19,33

-0,51%

RADL3

R$ 22,76

-1,12%

RAIL3

R$ 18,21

-0,76%

SBSP3

R$ 38,97

-0,34%

SANB11

R$ 36,56

+0,52%

CSNA3

R$ 26,51

-3,91%

SULA11

R$ 26,35

-0,79%

SUZB3

R$ 49,78

-2,22%

TAEE11

R$ 37,86

+0,45%

VIVT3

R$ 46,51

+0,73%

TIMS3

R$ 12,44

-1,03%

TOTS3

R$ 35,87

+1,64%

UGPA3

R$ 15,48

+2,65%

USIM5

R$ 16,08

-3,01%

VALE3

R$ 80,30

-0,47%

VIIA3

R$ 8,17

+0,36%

WEGE3

R$ 40,46

+0,84%

YDUQ3

R$ 27,08

+0,37%

IBOV

114.620,40 pts

-0,02%

SP500

4.484,66 pts

+0,30%

DJIA

35.238,75 pts

-0,16%

NASDAQ

15.303,90 pts

+1,04%

IFIX

2.746,97 pts

+0,11%

BRENT

US$ 84,18

-0,80%

IO62

¥ 696,50

-1,42%

TRAD3

R$ 8,50

+3,91%

ABEV3

R$ 15,65

+0,77%

AMER3

R$ 39,25

+4,80%

ASAI3

R$ 17,01

-3,02%

AZUL4

R$ 34,42

-3,36%

B3SA3

R$ 12,93

-1,67%

BIDI11

R$ 48,36

-3,89%

BBSE3

R$ 21,76

+0,36%

BRML3

R$ 8,60

+1,77%

BBDC3

R$ 18,53

+1,36%

BBDC4

R$ 21,67

+1,83%

BRAP4

R$ 54,41

-1,25%

BBAS3

R$ 32,25

+2,12%

BRKM5

R$ 58,95

+0,03%

BRFS3

R$ 25,02

-2,98%

BPAC11

R$ 25,50

-1,92%

CRFB3

R$ 18,82

+0,91%

CCRO3

R$ 12,76

+0,23%

CMIG4

R$ 15,13

+0,86%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

+0,38%

COGN3

R$ 3,12

+1,29%

CPLE6

R$ 6,79

+2,56%

CSAN3

R$ 23,33

+0,34%

CPFE3

R$ 26,53

+1,72%

CVCB3

R$ 19,95

-1,57%

CYRE3

R$ 18,26

+0,44%

ECOR3

R$ 10,04

+0,90%

ELET3

R$ 40,65

+3,54%

ELET6

R$ 40,67

+2,62%

EMBR3

R$ 25,66

-0,07%

ENBR3

R$ 19,27

+0,62%

ENGI11

R$ 46,05

+0,32%

ENEV3

R$ 15,33

-0,51%

EGIE3

R$ 38,70

+0,38%

EQTL3

R$ 24,79

+0,48%

EZTC3

R$ 23,58

-2,88%

FLRY3

R$ 21,62

+1,17%

GGBR4

R$ 28,27

+0,35%

GOAU4

R$ 12,81

-0,15%

GOLL4

R$ 20,25

-1,74%

NTCO3

R$ 43,20

-2,13%

HAPV3

R$ 12,62

-2,99%

HYPE3

R$ 30,45

+1,56%

IGTA3

R$ 33,92

+1,67%

GNDI3

R$ 71,02

-2,64%

IRBR3

R$ 5,24

+1,15%

ITSA4

R$ 11,33

+0,71%

ITUB4

R$ 24,98

+0,88%

JBSS3

R$ 38,61

+1,63%

JHSF3

R$ 6,12

+2,85%

KLBN11

R$ 23,03

-0,64%

RENT3

R$ 56,33

-0,53%

LCAM3

R$ 25,15

+0,27%

LWSA3

R$ 23,25

+5,44%

LAME4

R$ 6,44

+21,28%

LREN3

R$ 36,16

+1,14%

MGLU3

R$ 14,33

-1,58%

MRFG3

R$ 26,50

-2,39%

BEEF3

R$ 10,37

-3,08%

MRVE3

R$ 12,53

+1,12%

MULT3

R$ 20,40

+0,74%

PCAR3

R$ 28,96

-6,46%

PETR3

R$ 30,22

+0,19%

PETR4

R$ 29,46

-0,47%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,14

-2,16%

QUAL3

R$ 19,33

-0,51%

RADL3

R$ 22,76

-1,12%

RAIL3

R$ 18,21

-0,76%

SBSP3

R$ 38,97

-0,34%

SANB11

R$ 36,56

+0,52%

CSNA3

R$ 26,51

-3,91%

SULA11

R$ 26,35

-0,79%

SUZB3

R$ 49,78

-2,22%

TAEE11

R$ 37,86

+0,45%

VIVT3

R$ 46,51

+0,73%

TIMS3

R$ 12,44

-1,03%

TOTS3

R$ 35,87

+1,64%

UGPA3

R$ 15,48

+2,65%

USIM5

R$ 16,08

-3,01%

VALE3

R$ 80,30

-0,47%

VIIA3

R$ 8,17

+0,36%

WEGE3

R$ 40,46

+0,84%

YDUQ3

R$ 27,08

+0,37%

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

Brasília, 19 de maio – A Câmara dos Deputados começou, na tarde desta quarta-feira, a discutir em plenário a medida provisória da privatização da Eletrobras, conhecida como MP da Eletrobras. O texto deve ser aprovado nas próximas horas.


MP da Eletrobras foi incluída na pauta após acordo sobre recebíveis

No Twitter, o presidente Arthur Lira, que comanda os trabalhos, disse que conversou “com líderes da base e da oposição”. Segundo ele, sua função “é buscar diálogos e construir consensos” e prometeu que “a agenda da Câmara não vai parar”.

Em primeiro ato da sessão, Arthur Lira rejeitou questão de ordem do PSOL que tinha como objetivo retirar a MP da Eletrobras da pauta. O texto foi incluído na pauta do dia após um acordo que manteve com a empresa cerca de R$40 bilhões em recebíveis após o processo de desestatização.


Relator foi favorável à aprovação do texto, seguindo acordos com o governo

A leitura do parecer do projeto, pelo relator Elmar Nascimento, foi finalizada ainda à tarde. O relatório foi favorável à aprovação do texto, nos termos acordados com o governo e os líderes de bancada.

Pouco antes da leitura do parecer, a base aliada demonstrou força para garantir a aprovação da MP da Eletrobras ao rejeitar por expressivos 310 votos a 82 um pedido para retirar a proposta de pauta.

A aceleração da análise da MP refletiu também a reforma regimental encampada pelo presidente Arthur Lira, que reduziu o chamado “kit obstrução”.


Deputado retirou exigência de contratação prévia de térmicas em relatório sobre MP da Eletrobras

Em seu parecer pela aprovação da MP da Eletrobras, Elmar Nascimento atendeu a mais um pleito do governo e retirou a exigência de contratação prévia das térmicas a gás para a privatização da companhia.

Para consolidar as novas mudanças em seu relatório, o deputado distribuiu um outro documento, mas sem prejudicar os acordos e a análise em curso da matéria. A Câmara também aprovou um requerimento de encerramento das discussões, abrindo caminho para a aprovação do texto principal da matéria nas próximas horas. O placar foi de de 314 votos a favor do requerimento e 58 contrários, revelando novamente a média de apoio com a qual a medida deve ser aprovada.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Cintia Thomaz e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Eduardo Pazuello passa mal e depoimento é adiado para quinta

Tombo do Bitcoin afeta ações ligadas a criptomoedas

Leite: Federal Reserve pode não estar errado sobre inflação nos EUA

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.