IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-1,79%

DJIA

34.213,89 pts

-1,36%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,20%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

+0,85%

IO62

¥ 752,50

+0,13%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

-0,19%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

-0,23%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

-0,05%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

simone-kafruni

Atualizado há 8 meses

Ícone de compartilhamento

Brasília, 7 de junho – A Presidência da Câmara dos Deputados confirmou nesta segunda-feira, 7, que o deputado Arthur Maia, do DEM, será o relator na Comissão Especial da Reforma Administrativa. A Mover antecipou o nome do deputado como relator em 4 de junho.

 

Arthur Lira terá reunião com líderes sobre tramitação da Reforma Administrativa

O presidente da Câmara, Arthur Lira, determinou a realização de uma reunião ampla com todos os líderes da Casa para discutir mérito, ritos e procedimentos de tramitação da Reforma Administrativa na Comissão Especial.

O encontro deve acontecer às 12h00 na residência oficial do presidente da Câmara, informou a presidência da Casa à Mover. A Comissão Especial terá 34 titulares e outros 34 suplentes, segundo Arthur Lira.

 

Reforma Administrativa sofreu alterações antes de aprovação na CCJ

O presidente da Câmara afirmou que não admitirá “ataque aos servidores atuais ou ao direito adquirido”. A Proposta de Emenda Constitucional, PEC, da Reforma Administrativa já sofreu algumas alterações na Comissão de Constituição e Justiça, CCJ, onde foi aprovada por 39 votos a 26.

Os plenos poderes ao Presidente da República para extinguir fundações e autarquias por decreto e a proibição de servidor ter outro trabalho remunerado foram retirados do texto. Segundo o Ministério da Economia, a reforma vai proporcionar uma economia de R$300 bilhões em 10 anos.

 

Congresso analisará outras pautas ao longo da semana

Além do avanço da Reforma Administrativa, outras pautas também serão analisadas no Congresso ao longo da semana. O Senado tem na agenda propostas que impactam instituições financeiras, como a medida provisória que facilita o acesso a crédito na pandemia, amanhã, dispensando bancos de exigirem documentos de regularidade fiscal na contratação ou renegociação de empréstimos. O texto perde a validade na quarta-feira, 9.

Também na terça-feira, 8, pode ser votado o projeto, já aprovado na Câmara, que suspende despejos em imóveis públicos e privados na pandemia. Está previsto que os senadores analisem, na quarta-feira, o projeto que combate o superendividamento, também já votado pelos deputados.

Ainda no dia seguinte à reunião sobre a Reforma Administrativa, há previsão de ser apreciado no Senado o projeto que cria o clube-empresa, por meio da Sociedade Anônima do Futebol. Já na quinta-feira, 10, o Senado pode concluir a aprovação da proposta que reconhece a educação presencial básica e superior como serviço e atividade essenciais. O projeto também estabelece diretrizes para o retorno às aulas.

Texto: Simone Kafruni
Edição: Machado da Costa, Guillermo Parra-Bernal e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Líderes buscam acordo para a Reforma Administrativa

Relatório Focus vê PIB de 2021 acima de 4% pela primeira vez

Recessão foi menor graças à política fiscal, diz Fabio Kanczuk

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.