IBOV

109.101,99 pts

+1,00%

SP500

4.452,25 pts

-0,67%

DJIA

34.589,02 pts

-0,36%

NASDAQ

14.687,47 pts

-1,07%

IFIX

2.804,56 pts

-0,08%

BRENT

US$ 85,84

-2,87%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,45

+6,45%

ABEV3

R$ 14,49

-0,34%

AMER3

R$ 34,18

+2,95%

ASAI3

R$ 11,95

-0,66%

AZUL4

R$ 27,17

+7,51%

B3SA3

R$ 13,25

+8,07%

BIDI11

R$ 25,46

+13,15%

BBSE3

R$ 20,55

-0,62%

BRML3

R$ 9,00

+3,09%

BBDC3

R$ 17,54

-0,45%

BBDC4

R$ 21,08

-0,09%

BRAP4

R$ 28,32

-1,35%

BBAS3

R$ 31,20

+0,61%

BRKM5

R$ 49,19

-0,02%

BRFS3

R$ 23,36

-1,47%

BPAC11

R$ 21,34

+7,23%

CRFB3

R$ 14,65

-2,59%

CCRO3

R$ 11,93

+5,20%

CMIG4

R$ 13,01

+0,38%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,14

+2,88%

COGN3

R$ 2,35

+6,81%

CPLE6

R$ 6,66

+2,61%

CSAN3

R$ 22,40

+1,95%

CPFE3

R$ 26,86

+0,71%

CVCB3

R$ 12,77

+10,46%

CYRE3

R$ 15,23

+3,25%

ECOR3

R$ 7,60

+4,25%

ELET3

R$ 33,45

+1,24%

ELET6

R$ 32,67

+0,98%

EMBR3

R$ 21,02

+2,13%

ENBR3

R$ 21,40

-1,10%

ENGI11

R$ 41,22

-0,21%

ENEV3

R$ 12,94

+0,23%

EGIE3

R$ 39,40

+0,17%

EQTL3

R$ 22,26

+0,27%

EZTC3

R$ 19,88

+5,18%

FLRY3

R$ 18,49

+1,98%

GGBR4

R$ 28,63

-1,41%

GOAU4

R$ 11,90

-1,73%

GOLL4

R$ 17,01

+3,40%

NTCO3

R$ 22,22

+6,46%

HAPV3

R$ 11,20

+2,56%

HYPE3

R$ 29,02

+2,11%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,29

+2,43%

IRBR3

R$ 3,52

+4,45%

ITSA4

R$ 9,61

-0,10%

ITUB4

R$ 23,29

-0,80%

JBSS3

R$ 36,32

-0,79%

JHSF3

R$ 5,17

+4,44%

KLBN11

R$ 25,61

-0,31%

RENT3

R$ 54,13

+8,58%

LCAM3

R$ 24,32

+8,33%

LWSA3

R$ 8,55

+11,47%

LAME4

R$ 6,42

+2,22%

LREN3

R$ 26,14

+5,19%

MGLU3

R$ 6,65

+5,38%

MRFG3

R$ 22,35

-1,49%

BEEF3

R$ 9,76

-1,11%

MRVE3

R$ 11,80

+4,98%

MULT3

R$ 19,59

+4,48%

PCAR3

R$ 19,93

-0,25%

PETR3

R$ 34,47

+0,64%

PETR4

R$ 31,72

+0,73%

VBBR3

21,29

+3,75%

PRIO3

R$ 24,20

+0,87%

QUAL3

R$ 16,94

+1,80%

RADL3

R$ 20,45

-0,43%

RAIL3

R$ 17,48

+4,48%

SBSP3

R$ 36,00

+0,86%

SANB11

R$ 31,17

-1,11%

CSNA3

R$ 26,35

-0,45%

SULA11

R$ 24,37

+2,52%

SUZB3

R$ 60,31

-2,49%

TAEE11

R$ 37,65

+2,28%

VIVT3

R$ 48,40

-0,59%

TIMS3

R$ 12,87

-0,92%

TOTS3

R$ 26,37

+4,22%

UGPA3

R$ 13,65

+3,17%

USIM5

R$ 16,57

-1,07%

VALE3

R$ 86,71

-1,70%

VIIA3

R$ 4,21

+5,25%

WEGE3

R$ 30,74

+0,78%

YDUQ3

R$ 20,00

+3,25%

IBOV

109.101,99 pts

+1,00%

SP500

4.452,25 pts

-0,67%

DJIA

34.589,02 pts

-0,36%

NASDAQ

14.687,47 pts

-1,07%

IFIX

2.804,56 pts

-0,08%

BRENT

US$ 85,84

-2,87%

IO62

¥ 752,50

+1,83%

TRAD3

R$ 4,45

+6,45%

ABEV3

R$ 14,49

-0,34%

AMER3

R$ 34,18

+2,95%

ASAI3

R$ 11,95

-0,66%

AZUL4

R$ 27,17

+7,51%

B3SA3

R$ 13,25

+8,07%

BIDI11

R$ 25,46

+13,15%

BBSE3

R$ 20,55

-0,62%

BRML3

R$ 9,00

+3,09%

BBDC3

R$ 17,54

-0,45%

BBDC4

R$ 21,08

-0,09%

BRAP4

R$ 28,32

-1,35%

BBAS3

R$ 31,20

+0,61%

BRKM5

R$ 49,19

-0,02%

BRFS3

R$ 23,36

-1,47%

BPAC11

R$ 21,34

+7,23%

CRFB3

R$ 14,65

-2,59%

CCRO3

R$ 11,93

+5,20%

CMIG4

R$ 13,01

+0,38%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,14

+2,88%

COGN3

R$ 2,35

+6,81%

CPLE6

R$ 6,66

+2,61%

CSAN3

R$ 22,40

+1,95%

CPFE3

R$ 26,86

+0,71%

CVCB3

R$ 12,77

+10,46%

CYRE3

R$ 15,23

+3,25%

ECOR3

R$ 7,60

+4,25%

ELET3

R$ 33,45

+1,24%

ELET6

R$ 32,67

+0,98%

EMBR3

R$ 21,02

+2,13%

ENBR3

R$ 21,40

-1,10%

ENGI11

R$ 41,22

-0,21%

ENEV3

R$ 12,94

+0,23%

EGIE3

R$ 39,40

+0,17%

EQTL3

R$ 22,26

+0,27%

EZTC3

R$ 19,88

+5,18%

FLRY3

R$ 18,49

+1,98%

GGBR4

R$ 28,63

-1,41%

GOAU4

R$ 11,90

-1,73%

GOLL4

R$ 17,01

+3,40%

NTCO3

R$ 22,22

+6,46%

HAPV3

R$ 11,20

+2,56%

HYPE3

R$ 29,02

+2,11%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,29

+2,43%

IRBR3

R$ 3,52

+4,45%

ITSA4

R$ 9,61

-0,10%

ITUB4

R$ 23,29

-0,80%

JBSS3

R$ 36,32

-0,79%

JHSF3

R$ 5,17

+4,44%

KLBN11

R$ 25,61

-0,31%

RENT3

R$ 54,13

+8,58%

LCAM3

R$ 24,32

+8,33%

LWSA3

R$ 8,55

+11,47%

LAME4

R$ 6,42

+2,22%

LREN3

R$ 26,14

+5,19%

MGLU3

R$ 6,65

+5,38%

MRFG3

R$ 22,35

-1,49%

BEEF3

R$ 9,76

-1,11%

MRVE3

R$ 11,80

+4,98%

MULT3

R$ 19,59

+4,48%

PCAR3

R$ 19,93

-0,25%

PETR3

R$ 34,47

+0,64%

PETR4

R$ 31,72

+0,73%

VBBR3

21,29

+3,75%

PRIO3

R$ 24,20

+0,87%

QUAL3

R$ 16,94

+1,80%

RADL3

R$ 20,45

-0,43%

RAIL3

R$ 17,48

+4,48%

SBSP3

R$ 36,00

+0,86%

SANB11

R$ 31,17

-1,11%

CSNA3

R$ 26,35

-0,45%

SULA11

R$ 24,37

+2,52%

SUZB3

R$ 60,31

-2,49%

TAEE11

R$ 37,65

+2,28%

VIVT3

R$ 48,40

-0,59%

TIMS3

R$ 12,87

-0,92%

TOTS3

R$ 26,37

+4,22%

UGPA3

R$ 13,65

+3,17%

USIM5

R$ 16,57

-1,07%

VALE3

R$ 86,71

-1,70%

VIIA3

R$ 4,21

+5,25%

WEGE3

R$ 30,74

+0,78%

YDUQ3

R$ 20,00

+3,25%

tcuser

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

Brasília, 11 de agosto – São grandes as possibilidades de outra dobradinha bem-sucedida entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e a base aliada do governo no Congresso com a previsão de aprovação da reforma do Imposto de Renda nesta quarta-feira, 11.

O relator, deputado Celso Sabino, afirmou ao Scoop by Mover que está certo da aprovação da proposta hoje, em votação pautada para o Plenário da Câmara. “Vamos, pela primeira vez em 40 anos, reduzir o imposto no Brasil”, celebrou o parlamentar paraense. Apesar disso, há resistência de entes federados e críticas de setores como a indústria – além, claro, do conturbado ambiente político da pandemia.

Reforma do Imposto de Renda pode ser adiada se Ministério da Economia tiver dúvida

Pouco antes da sessão do voto impresso da última terça-feira, 10, Arthur Lira confirmou que o texto das mudanças no Imposto de Renda está pronto. Além disso, o deputado estima que passará por ajustes finais para ir ao Plenário. “Se tiver alguma dúvida irá para destaque. Já foi votado o passaporte tributário no Senado e logo depois vamos votar o projeto da Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços”, anunciou.

Contudo, mesmo que os sinais apontem para a superação de mais este projeto da pauta econômica, é preciso considerar alguma chance de adiamento. Isto, principalmente, se o Ministério da Economia não se sentir confortável com o encaminhamento da votação. Mais cedo, o relator, Celso Sabino, atualizou seu parecer para dirimir as últimas resistências de estados e municípios, como sinalizou o presidente da Câmara, Arthur Lira.

Arthur Lira e Celso Sabino apontaram, em entrevistas recentes, tendência de um placar largo a favor da matéria do Imposto de Renda, em maioria construída já desde antes do recesso. O próprio presidente da Câmara diz somente ter garantido mais tempo para ajustes ao adiar a matéria para este começo de agosto.

Rodrigo Pacheco afirma compromisso com pauta econômica

Confirmada a superação da reforma do Imposto de Renda nesta semana, a matéria irá ao Senado, onde o governo conta agora com o reforço do chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, para articular a aprovação até o fim de ano, conforme previsões dos chefes do Congresso. Além disso, presidente Rodrigo Pacheco tem afirmado compromisso com o avanço da pauta econômica, principalmente com a entrega das reformas Tributária e Administrativa.

“O Senado vai cumprir seu papel de entregar medidas importantes para o Brasil. Duas delas já são ventiladas. Uma é a Reforma Tributária, para que haja realmente uma mudança para a instituição de um imposto único no Brasil, esse é meu desejo, sei que é o desejo da maioria dos senadores. E de uma reforma administrativa que preserve o direito dos atuais servidores, mas que pretenda um remodelamento daqui para frente”, disse o chefe do Congresso, em entrevista recente a uma emissora de TV. Segundo ele, o Senado não pode “só cuidar de crise”.

“Parte da reforma será da incumbência do Senado Federal, inclusive a discussão constitucional. Reforma constitucional em matéria tributária caberá ao Senado tramitar, assim como também o programa de regularização tributária, um novo Refis, para poder proteger pessoas físicas e jurídicas nessa regularização tributária. A Câmara dos Deputados ficará incumbida de uma série de projetos de iniciativa do Poder Executivo que discutam a base do imposto de renda, de IPI, Pis e Cofins” falou Rodrigo Pacheco, em maio, após reunião com o ministro Paulo Guedes.

Texto: Leopoldo Vieira, Simone Kafruni e Cíntia Thomaz
Edição: Gabriela Guedes e Letícia Matsuura
Arte: Mover


Leia também

Pré-mercado em Nova Iorque melhora após inflação atingir consenso; varejo no Brasil decepciona: Espresso

Calendário Econômico: Varejo, IPC nos EUA, balanços

Bolsas americanas sobem com pacote; no radar, inflação dos EUA, varejo, balanços: Espresso

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.