0

Governo vai priorizar reformas que permitam reduzir dívida, diz Barros

politica

Governo vai priorizar reformas que permitam reduzir dívida, diz Barros

A prioridade em 2021 será a votação de reformas que permitam reduzir o endividamento e aumentar o nível de empregos, disse Barros à TC Mover

Governo vai priorizar reformas que permitam reduzir dívida, diz Barros
leopoldo-vieira-teixeira

Atualizado há mais de 1 ano

Ícone de compartilhamento

Brasília, 13 de janeiro – A prioridade em 2021 será a votação de reformas que permitam reduzir o endividamento e aumentar o nível de empregos, a exemplo das Reformas Tributária e Administrativa, disse o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, em nota enviada à TC Mover. Barros ressaltou ainda a importância de avançar na pauta de privatizações e autonomia do Banco Central.

Segundo o líder, o Planalto trabalha para aperfeiçoar o Bolsa Família, cujo enfoque passará a ser o de estimular a ascensão social de seus beneficiários. Barros defendeu que os congressistas têm a responsabilidade de avançar rapidamente nas reformas, pois assim o Brasil poderá ter superavit nos próximos seis ou sete anos.

O parlamentar informou que, no Orçamento de 2021, são R$247 bilhões em gastos superiores à arrecadação e espera que, na volta dos trabalhos da Câmara, seja apresentado o relatório do deputado Aguinaldo Ribeiro sobre a Reforma Tributária.

PEC Emergencial deve ajudar a manter Teto de Gastos

Por fim, o líder governista disse que a Proposta de Emenda à Constituição Emergencial, PEC Emergencial, ajudará a conter despesas e manter o Teto de Gastos, permitindo que estados e municípios tenham recursos “para pagar as folhas salariais e cumprir as suas obrigações”.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Leandro Tavares e Letícia Matsuura

Imagem: TC Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.