0

Lula venceria Bolsonaro em 2° turno, mostra pesquisa ModalMais

politica

Lula venceria Bolsonaro em 2° turno, mostra pesquisa ModalMais

O levantamento aponta que Lula tem 50,4% das intenções de voto contra 37,8% do presidente Jair Bolsonaro no segundo turno

Lula venceria Bolsonaro em 2° turno, mostra pesquisa ModalMais
cintia-thomaz

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 26 de janeiro de 2021 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue liderando as intenções de voto para a Presidência da República, segundo a pesquisa ModalMais divulgada hoje, que mostrou, no entanto, que uma vitória do petista sobre o presidente Jair Bolsonaro aconteceria somente em um segundo turno.

Segundo os números do levantamento do Instituto Futura para a ModalMais, o líder petista teria 50,4% das intenções de voto contra 37,8% do Bolsonaro no segundo turno, cenário semelhante ao da pesquisa anterior, divulgada em 14 de dezembro.

No primeiro turno, em cenário estimulado, incluindo todos os candidatos, Lula aparece como preferido entre 36,9% dos entrevistados, seguido de Bolsonaro, com 31,4%. É a pesquisa recente que tem a menor distância entre os líderes, quase empatando no limite da margem de erro.

Na sequência, aparecem o ex-juiz Sergio Moro, com 8,5%, Ciro Gomes com 5,6% e o governador de São Paulo, João Doria, com 2,4%, o que sugere uma eleição polarizada, com a chamada ‘terceira via’ não conseguindo decolar. Indecisos somam 5,6% e brancos ou nulos, 5,1%.

Ainda neste cenário, André Janones, deputado por Minas Gerais com forte atuação nas redes sociais, aparece com 1,8%, seguido por Guilherme Boulos, com 0,8%, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que tem 0,6%. Simone Tebet com 0,5%, Aldo Rebelo e Leonardo Péricles, ambos com 0,2% e Alessandro Vieira e Felipe D’ Ávila com 0,1%. Este cenário não tem gráfico evolutivo pois foi testado pela primeira vez com essa formação.

Rejeição de Bolsonaro

O índice de rejeição à candidatura Jair Bolsonaro também segue expressivo, com 47,3% dos entrevistados alegando que não votariam no presidente “em hipótese alguma”.

Ainda assim, os números diminuíram em relação ao último levantamento do instituto, que apontavam para 49,5% de resistência ao nome do mandatário. A rejeição à candidatura do petista diminuiu ligeiramente, passando de 37,2% para 37,1%.

A pesquisa foi realizada pelo instituto Futura para o Banco Modal e entrevistou 2 mil pessoas, todas por telefone, entre 17 a 21 de janeiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e a taxa de confiabilidade é de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-08869/2022.

Texto: Cintia Thomaz
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Vinícius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.