0

Servidores do BC marcam nova paralisação e greve

politica

Servidores do BC marcam nova paralisação e greve

A nova paralisação dos servidores do BC ocorrerá em 9 de fevereiro, e caso não haja resposta do governo, farão greve em 9 de março

Servidores do BC marcam nova paralisação e greve
leticia-carreira

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 21 de janeiro – Os servidores do Banco Central vão parar novamente em 9 de fevereiro, diante da falta de respostas do governo federal sobre o reajuste salarial, confirmou o Sindicato Nacional dos Funcionários do BC, Sinal.

A entidade também alertou que, se o governo não sinalizar a mudança reivindicada, haverá greve a partir de 9 de março por tempo indeterminado.

O sindicato, em nota, diz que embora as conversas com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, estejam acontecendo, o presidente Jair Bolsonaro, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, mantêm a exclusão da categoria nos reajustes salariais, que devem ocorrer para os policiais federais.

Em 9 de fevereiro, o sindicato prevê adesão de ao menos 65% dos servidores do BC à paralisação parcial do atendimento ao público, da distribuição de células, da manutenção de sistemas informatizados e da prestação de informações para o sistema financeiro.

Os servidores do BC já cruzaram os braços na última terça-feira, 18, reivindicando o reajuste salarial. De acordo com o Sinal, mais de 50% deles “desligaram os computadores e participaram da assembleia virtual do sindicato”, sem prejudicar os serviços essenciais.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Renato Carvalho
Imagem: Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.