Jeff Bezos, a fortuna do dono da Amazon e CEO da Blue Origin - TC

Jeff Bezos, dono da Amazon e CEO da Blue Origin

No texto a seguir apresentamos a biografia de Jeff Bezos, o dono da Amazon e um dos maiores empreendedores de nossos tempos. Falamos sobre sua educação, formação, a criação da “loja de tudo”, seus projetos de pesquisa e exploração espacial, casamento com Mackenzie Bezos, filhos, fortuna, frases e livros.

Olha só que material legal preparamos para você, dividido nos seguintes tópicos:

  • Quem é Jeff Bezos
  • Formação de Jeff Bezos
  • Dono da Amazon
  • Blue Origin e exploração espacial
  • Mackenzie Bezos
  • Fortuna de Jeff Bezos
  • Livros sobre Jeff Bezos

Boa leitura!

Jeff Bezos

Jeffrey Preston Bezos , ou simplesmente Jeff Bezos, nasceu no dia 12 de janeiro de 1964, na cidade de Albuquerque, no Novo México – EUA. É empresário, fundador e CEO da Amazon, e investidor filantrópico. Em poucas décadas transformou uma pequena livraria online no maior site de e-commerce do planeta.

Ainda criança mudou-se para Houston, no Texas. Jacklyn Gise Jorgensen, a mãe, não tinha 18 anos completos no nascimento de Jeff. O pai biológico, Ted Jorgensen, abandonou a família. O pai de criação, Miguel Angel Bezos Perez, um imigrante cubano, conheceu Jacklyn e casaram-se. Miguel Bezos adotou o menino, que tornou-se Jeff Bezos.

Formação de Jeff Bezos

O avô materno tinha fazenda no sul do Texas – EUA, onde Jeff passava as férias. Fez o ginásio na River Oaks Elementary School, sendo um dos melhores alunos de uma escola exclusiva para crianças com QI acima da média. Segundo ele, na época desenvolveu uma fórmula matemática para distinguir o desempenho dos professores.

No verão, a família mudou-se para Miami, na Flórida, e Jeff Bezos concluiu o High School na Palmetto Senior. No período, foi premiado em projeto de iniciação científica na Universidade da Flórida.

Jeff Bezos sempre gostou de matemática. Quando criança, em viagem de férias, contou quantos cigarros a sua mãe havia fumado e relacionou com as propagandas antitabagistas da época que diziam que a cada cigarro fumado se perderia tantos minutos de vida. A mãe começou a chorar. Seu pai não lhe deu uma bronca, como jamais o fez, apenas disse que um dia ele aprenderia que ser claro e gentil ao mesmo tempo é algo difícil.

Vemos a importância dos pais para a formação de pessoas de sucesso. É comum termos essas referências parentais na biografia de grandes investidores, como Warren Buffett e Jorge Paulo Lemann.

E seguindo os passos de renomados empreendedores, estudou em uma das Ivy League. Desta forma, conclui a formação em Engenharia Elétrica e Ciências da Computação pela Universidade de Princeton, New Jersey, em 1986. Com inteligência acima da média, foi reconhecidos em importantes sociedades estudantis, como a Phi Beta Kappa e Tau Beta Pi, além de presidente da SEDS – Exploration and Development of Space.

Com o currículo, conseguiu emprego na área de Tecnologia da Informação em uma gestora na Bolsa americana (NYSE – New York Stock Exchange), passando pelas empresas Fitel USA Corp., D.E. Shaw & Co., e Bankers Trust Co. até decidir investir, com em uma ideia simples e fundar a Amazon.

Durante o tempo que trabalhou em Wall Street, David E. Shaw, um gestor de hedge fund, foi um grande mentor. A Fortune Magazine elegeu Shaw como “a força mais intrigante e misteriosa de Wall Street”, em 1996.

Dono da Amazon

jeff bezos

Jeff Bezos na inauguração do Amazon Spheres, em Seattle – EUA | Foto: Seatle City Council

Obcecado por livros, Jeff Bezos fazia contas de quantos livros existem no mundo. Já em 1994 calculava ao menos 3 milhões de títulos publicados, e que dificilmente alguma livraria física, até mesmo uma mega store comportaria mais do que 150 mil exemplares. Ou seja, a ideia de uma livraria online era promissora.

Com o desenvolvimento da Internet, Jeff Bezos era ávido leitor de artigos no site Matrix News, de John Quaterman. Em uma das reportagens, um gráfico com projeção do número de bytes (grupos de dígitos binários) transmitidos pela internet a partir de 1994 chamou a atenção do jovem cientista.

Desta forma, com dinheiro emprestado de seus pais – um investimento inicial de US$ 300 mil, criou um site e loja virtual em 1994. No ano seguinte, ao lado da contadora Mackenzie Scott, batizaram o comércio online de Amazon.

Amazon.com

Além de excêntrico, a letra A deixaria o nome do negócio entre as primeiras páginas das antigas listas amarelas. O negócio desde o seu lançamento foi um sucesso. Com uma equipe pequena de 10 pessoas, incluindo Bezos, Shel Kaphan, Jeff Holden, Paul Davis e Mackenzie, venderam muitos livros no primeiro mês. Eles próprios empacotavam os livros.

Aos poucos, Jeff Bezos ampliou o projeto com a ideia de ser o primeiro e-commerce a vender de tudo pela Internet, e em menos de duas décadas transformou a ideia de livraria online em uma empresa de sucesso – a Amazon, com sede em Seattle, nos Estados Unidos. Tanto que foi eleito “o homem do ano” pela revista Time, em 1999.

Kindle: e-readers

Com a Amazon, além do e-commerce, Jeff Bezos iniciou uma revolução no mercado editorial ao desenvolver e produzir o Kindle – um leitor de livros digitais, que permite aos usuários comprar, baixar e ler livros, jornais e revistas digitais. Hoje em dia o software do Kindle pode ser utilizado em várias plataformas diferentes, como Microsoft Windows, iOS, Mac OS X, Android, entre outros.

Amazon Web Services – AWS

Jeff Bezos foi um dos pioneiros em investir na tecnologia de crowdsourcing por meio do serviço Mechanical Turk. O projeto foi o embrião para a criação do Amazon Web Services – projeto de computação em nuvem. Atualmente, a Amazon é muito mais do que uma loja virtual. A empresa fornece amplo sistema de armazenamento de informações em nuvem por meio do Amazon Web Services – AWS, que oferece serviços completos de datacenters no planeta. Os filmes do Netflix e Amazon Prime Video, por exemplo, rodam utilizando AWS.

Antes de tudo, a Amazon é uma empresa de tecnologia para atender as expectativas e necessidades do consumidor. Jeff Bezos explica o sucesso da organização é o foco no cliente. O empresário admira o desenvolvimento da humanidade. E, como ele mesmo diz: “empreendedores e inventores têm essa curiosidade e paixão em estar sempre melhorando suas invenções e negócios. Nunca estão satisfeitos,” completa.

Para o dono da Amazon, “toda essa energia (do empreendedor) deve começar com um bom serviço de atendimento”. Para Jeff Bezos, “por maior que a empresa seja, é sempre possível aperfeiçoar os processos dentro da companhia”.

Investimentos de Jeff Bezos

Viagens para a Lua e exploração espacial

O sonho de viajar para o espaço sempre esteve presente no imaginário de Jeff Bezos. Nos anos 2000, iniciou investimentos na Blue Origin, empresa de pesquisa espacial. Era um projeto secreto, mas os planos ambiciosos vieram à público há pouco mais de uma década.

De sua fazenda no Texas, a ideia de Bezos é construir foguetes capazes de transportar as pessoas em viagens interplanetárias. Em 2015, o lançamento da New Shepard foi um sucesso. Confira o vídeo no site da companhia.

Washington Post e Newsweek

Em 2013, Jeff Bezos adquiriu o jornal Washington Post e a revista Newsweek. Com a oferta de US$ 250 milhões, comprou os veículos de comunicação da família Graham Holdings. O homem mais rico do mundo também investe em ações do Google, Twitter, Airbnb, Business Insider e Uber. Além de ter participações nas empresas de medicina Grail, Juno Therapeutics, ZocDoc e Unity Biotechnology. Esta última tem pesquisas voltadas para o retardamento do envelhecimento.

Bezos também colabora com a Haven Healthcare, uma fundação com a missão de baratear a fabricação de medicamentos. O projeto é fruto de parceria com o JPMorgan Chase e a Berkshire Hathaway, do investidor Warren Buffett. Jeff Bezos faz investimentos por meio da corporação Bezos Expeditions.

Jeff Bezos e Mackenzie

Jeff Bezos tem orgulho de sua ex-mulher, a ativista e escritora Mackenzie Scott, que teve Toni Morrison, a vencedora do Nobel de Literatura de 1993, como professora na Universidade de Princeton. Aliás, Mackenzie Bezos lançou seu primeiro romance “The Testing of Luther Albright”, em 2005. A obra foi premiada com o prêmio literário – American Book Award.

Jeff e a esposa tiveram 4 filhos em casamento que durou 25 anos. Em 2019, a imprensa vazou fotos e mensagens de Jeff com a jornalista Lauren Sanchez. O casamento com Mackenzie chegou ao fim. No entanto, selaram um divórcio milionário. A ex-mulher recebeu parte do patrimônio do casal e tornou-se imediatamente uma das 10 mulheres mais ricas do planeta, com uma fortuna avaliada em 36 bilhões de dólares, segundo a Forbes.

Após o divórcio, Mackenzie Scott se comprometeu com o projeto Giving Pledge – idealizado por Warren Buffett e a Fundação Bill e Melinda Gates, com o objetivo de doar metade da fortuna para projetos filantrópicos. Adepto às redes sociais, Jeff Bezos tem quase 2 milhões de seguidores em sua conta no Twitter, mas segue apenas uma pessoa. Advinha quem?

Jeff Bezos: fortuna

Desde 2018, Jeff Bezos é o homem mais rico do mundo. Naquele ano, o patrimônio líquido de Jeff Bezos ultrapassou 160 bilhões de dólares. Bateu a fortuna de Bill Gates, fundador da Microsoft, que há mais de duas décadas mantinha o topo do ranking da revista Forbes.

Aliás, com a forte valorização das ações da Amazon na Bolsa de Nova York, a fortuna de Jeff Bezos só cresceu durante a crise do coronavírus. As ações da Amazon tiveram alta de quase 80% desde o início de 2020. Em abril, entretanto, anunciou a doação de US$ 100 milhões para o banco de alimentos Feeding America em sua conta no Instagram.

Atualmente o seu patrimônio líquido ultrapassa os US$180 bilhões. Desta forma, o dono da Amazon é também dono da maior fortuna do mundo. Além de Warren Buffett, Jamie Dimon, do JPMorgan Chase, e Bob Iger, da Walt Disney são executivos que o bilionário admira.

Uma curiosidade é que Bezos tem aproveitado a alta das ações da Amazon para vender lotes ao mercado. Segundo o blog Seu Dinheiro, no início de novembro, o bilionário se desfaz pela terceira vez de ações da varejista. Vale lembrar que as ações da Amazon estão próximas de seu topo histórico.

10 Frases de Jeff Bezos

“Existem 2 tipos de empresas: Aquelas que trabalham para tentar cobrar mais e aquelas que trabalham para cobrar menos. Seremos a segunda.”

“Tivemos três grandes ideias na Amazon que guardamos por 18 anos, e elas são a razão do nosso sucesso: Colocar o cliente em primeiro lugar. Inventar. E ser paciente.”

“Se você decidir que irá fazer apenas o que sabe que dará certo, estará deixando um monte de oportunidades para trás.”

“No velho mundo, você dedicou 30% do seu tempo para a construção de um grande serviço e 70% do seu tempo para gritar sobre isso. No novo mundo, inverta.”

“Uma empresa não pode ficar viciada em ser brilhante, porque o brilhantismo não dura.”

“Se você dobrar o número de experimentos que você faz por ano, você vai dobrar sua capacidade de inventar.”

“Se você não entender os detalhes do seu negócio, você vai falhar.”

“Uma pergunta comum no mundo dos negócios é ‘por que?’. Essa é uma boa pergunta, mas outra igualmente válida é ‘por que não?”

“A vida é curta demais para se envolver com pessoas das quais não podemos depender.”

“As pessoas que estão mais frequentemente corretas são aquelas que mais frequentemente mudam de opinião.”

Livros sobre Jeff Bezos

Na biografia “A Loja de Tudo: Jeff Bezos e a Era da Amazon”, o jornalista Brad Stone conta as proezas do garoto prodígio, com depoimentos de funcionários, executivos da Amazon, além de familiares e amigos. Seguindo os passos de precursores da tecnologia, como Steve Jobs, Bill Gates e Mark Zuckerberg, Bezos revolucionou o varejo da mesma forma como Henry Ford revolucionou a indústria.

Por fim, uma das curiosidades quanto à vida pessoal e rotina de Jeff Bezos é que não abre mão de boas horas de sono, além de gostar de passar a manhã em casa, com a família.

redator seo
Danilo Hadek
Redator do TC School
Formação em Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP. Fundador do site Muita Viagem. Investindo em viagens, conhecimento e renda variável.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub