Larry Page, um dos fundadores da Google

Apresentamos a biografia de Lawrence Edward Page, co-fundador da Google (ao lado de Sergey Brin) e atual CEO da holding Alphabet Inc. Larry Page é engenheiro de computação, empreendedor e executivo de grande renome no mercado de tecnologia. E, como ele próprio coloca no seu perfil no Twitter, “o lado divertido do Google.”

No texto a seguir, falamos sobre a sua formação, história à frente da Google, investimentos em empresas, projetos de exploração espacial, patrimônio e frases. Se liga neste material bacana que preparamos para você, dividido nos seguintes tópicos:

  • Quem é Larry Page
  • Formação
  • Google e Alphabet
  • Planetary Resources
  • Fortuna de Larry Page
  • Frases de Larry Page

Boa leitura!

Quem é Larry Page

Nascido em 1973 no estado de Michigan, nos Estados Unidos, Lawrence Edward Page, ou apenas Larry Page, desde a infância teve muita curiosidade em aprender coisas novas. Durante a juventude, Larry era leitor assíduo de revistas de tecnologia, devorando todos artigos e ensaios sobre o tema. Aliás, o jovem Larry Page gostava de desmontar brinquedos e objetos para compreender o mecanismo de funcionamento dos mesmos, o que alimentava ainda mais o seu sonho de ser inventor.

E, justamente por seu espírito criativo e desejo pela inovação, Larry adquiriu desde cedo o gosto pelo empreendedorismo. Não à toa, foi responsável pelo lançamento do sistema operacional móvel Android e por criar o Google, o maior site de buscas da Internet.

Larry Page foi criado nesse meio de programação e tecnologia. O pai de Larry era Carl Victor, professor PhD de ciências de computação da Universidade de Michigan. Já a sua mãe, Gloria Page, era instrutora de programação de computadores da mesma universidade. Esse ambiente lhe agregou muito conhecimento e expertise para se tornar o empresário de sucesso do ramo de tecnologia que é hoje.

De acordo com o próprio Larry Page, o evento que marcou o amadurecimento de sua visão de vida foi a leitura da biografia de Nikola Tesla, que, apesar de grande revolucionário com invenções no setor de energia elétrica, não possuía conhecimento de gestão empresarial, fator que destruiu os rumos promissores que o seu negócio poderia tomar.

Desta situação, Larry Page compreendeu uma lição de negócios muito importante, a de sempre dedicar-se a adaptar suas invenções e produtos para a aceitação do mercado. É preciso estar atento.

Formação de Larry Page

Larry Page ingressou na Universidade de Michigan para cursar Ciências da Computação. Em 1955, aos 22 anos, Larry já estava na Universidade de Stanford para cursar o seu doutorado em Ciência da Computação. E foi lá que conheceu o russo Sergey Brin, seu amigo e sócio na fundação do Google, em 1998.

Em 2004 o Google passou por uma reestruturação em sua governança. Naquele mesmo ano, a companhia realizou o seu IPO (Initial Public Offering), captando uma quantia aproximada de US$ 1 bilhão. Desta forma, por ser o co-fundador da companhia, Larry Page virou bilionário, e, na ocasião, ainda tinha 30 anos de idade. Apesar do sucesso, Larry, ao lado do sócio Sergey Brin, sugeriu que ambos trabalhassem no Google pelo menos pelos próximos 20 anos.

Nesse meio tempo, ainda com o espírito de inventor, Larry Page estava decidido a criar um sistema operacional. Em 2005, após adquirir a startup Android, que possuía uma forte equipe de desenvolvedores, conseguiu tal feito, podendo agora concorrer com o recém lançado iPhone, da Apple.

Atualmente, a grande ocupação de Larry Page é como membro do conselho da Alphabet Corporation, uma holding do setor de tecnologia. A empresa foi avaliada, em janeiro de 2020, em mais de US$ 1 trilhão de dólares. O valor é próximo ao de outras grandes empresas do setor como a Apple e a Microsoft. A holding também foi fundada por Page e Brin, e, no portfólio da companhia, há empresas como a própria Google, Android, Waymo, Deepmind, Verily e Calico.

A fundação do Google

Conforme elencamos acima, os primórdios da criação do Google teve início na época em que Larry Page ainda estava na faculdade. Em 1995, Page entrou no projeto de pesquisa chamado Stanford Digital Library Project.

Dentro desse projeto, Larry Page debruçou-se nos estudos. O objetivo era encontrar um tema para abordar em sua tese de doutorado em Matemática. O jovem cientista percebeu que a recente rede mundial já possuía muitos dados, porém as informações eram difusas. Ao perceber que nesse universo online havia muitos sites citando uns aos outros, tomou como objetivo catalogar todas essas informações soltas na Internet.

BackRub e os primórdios do buscador Google

Um outro estudante interessou-se pelo projeto e, juntos, passaram a dedicar-se na elaboração da pesquisa. O colega de estudos era Sergey Brin. Em pouco tempo, apenas um ano depois, já em 1996, juntos criaram o BackRub, um sistema que elaborava ranking por relevância e por termo de pesquisa os websites com o conteúdo buscado. Como os sites eram inúmeros, eles decidiram criar uma página que ofertasse o mecanismo de busca.

Na época já existiam ferramentas parecidas, porém de qualidade inferior no rankeamento dos conteúdos disponíveis na rede. Por serem membros do projeto da Universidade de Michigan, a ferramenta funcionava através dos servidores da universidade. Adiante, aliando-se ao aumento da demanda do site que hospedava a ferramenta e o avanço exponencial da Internet, os servidores da Universidade começaram a ficar obsoletos, demandando maior investimento de ambos para a expansão do promissor “negócio”.

Apesar de conseguirem captar recursos para aprimorar o projeto, e em 1997 registrarem a URL do Google – www.google.com, Larry Page ainda não queria por em prática seu espírito empreendedor. Como a ferramenta foi criada inicialmente para facilitar os estudantes na elaboração de pesquisas acadêmicas, o projeto levou um tempo até amadurecer como empresa e atingir o patamar que o negócio tomou. Entretanto, em 1998 Larry Page e Sergey Brin fundaram a Google.

Googol ou Google?

Um fato curioso é que o nome do Google é fruto de um erro de digitação, pois, dada a preferência de Page pela matemática, o nome dado à companhia era Googol, que representa o número 10 elevado à centésima potência.

Da sua fundação em diante, por conta do crescimento exponencial, o Google teve que evadir os limites da faculdade para se locar em um lugar maior e que fosse de domínio da própria empresa. Assim, a história do Google começa na garagem da casa de Susan Wojcicki, atual CEO do YouTube; pelo Vale do Silício, em Palo Alto, na Califórnia; até se fixar, em 2003, no seu complexo atual, o Googleplex, em Mountain View, também na Califórnia.

A partir dos anos 2000, o Google dá início a sua principal fonte de receita, o Google Adsense. Com a ferramenta, empresas de todos os setores passam a divulgar a sua marca por meio de campanhas publicitárias, propagandas ou promoções em espaços dentro de sites na Internet.

Apenas em 2015, o sistema de anúncios do Google gerou uma receita da ordem de US$ 67,4 bilhões. Com tamanho crescimento no início dos anos 2000 e já visualizando a que patamares a empresa Google poderia chegar, Larry Page e Sergey Brin decidem contratar um executivo com experiência no mercado para ser CEO do Google, o Eric Schmidt, que ficou no cargo até 2011.

A partir daí, o Google passou de uma simples sistema de pesquisa para uma plataforma robusta de múltiplos serviços e várias funcionalidades disponíveis aos usuários, tais como navegadores, agendas, planilhas, bases de notícias, finanças, cotação de ações de bolsas mundiais, mapas, armazenamento em nuvem, e-mail, aplicativos e muito mais. Um destaque da companhia é o seu crescimento orgânico, com raros casos de crescimento inorgânico, como as aquisições da Android (2005) e do YouTube (2006).

O próprio Larry Page voltou a ser CEO da companhia entre 2011 e 2015, quando escolheu Sundar Pichai para assumir o cargo. É neste momento que começam a pensar na criação de uma holding que abrangesse todas as empresas que Larry e Sergey criaram desde então.

A Alphabet Inc.

A nova companhia foi nomeada de Alphabet Inc., uma holding dedicada a gerir o Google, que também é detentora do YouTube e Android, além de todas as outras empresas tech sob o comando da dupla Larry Page e Sergey Brin:

  • Calico, instituto de pesquisa sobre a longevidade da vida;
  • Nest, empresa que atua na produção e comercialização de eletrônicos para residências;
  • SideWalk Labs, que atua com Data Science para inovação urbana;
  • Google Ventures, subsidiária que atua com investimentos sobre outras empresas;
  • Google X, companhia que atua no desenvolvimento de novas tecnologias;
  • Jigsaw, uma incubadora tecnológica para desafios geopolíticos;
  • Verily Life Sciences, empresa tech para pesquisas no avanço do setor de saúde;
  • DeepMind, fábrica de máquinas de inteligência artificial;
  • Waymo, montadora que desenvolve carros elétricos autônomos;
  • Google Capital, espécie de incubadora de startups que atua com investimentos de risco em empresas tech e de alto crescimento; e a
  • Google Fiber, empresa que atua no fornecimento de Iinternet de alta velocidade a baixo custo.

Planetary Resources

Além da Alphabet Inc., Larry Page possui uma empresa de exploração espacial, a Planetary Resources. Tal empresa dedica-se ao desenvolvimento de robôs espaciais de baixo custo para missões de exploração espacial. O foco da companhia, é que em um futuro próximo, seus robôs possam ser utilizados em larga escala para a extração de metais preciosos do espaço.

Há estimativas de que a partir de 2022, os robôs da Planetary já estejam minerando na superfície ao redor do planeta aqueles meteoros que entram em contato com a órbita terrestre. Como também, espera-se encontrar em abundância metais como a platina.

Fortuna de Larry Page

Um dos homens mais influentes da atualidade

A fortuna de Larry Page advém dos lucros, resultados e crescimento de todos os projetos que envolvem a Alphabet Inc, além de outros investimentos conforme vimos acima. De acordo com os dados da Forbes, o criador do Google possui uma fortuna de US$ 67,5 bilhões e se consagrava como o 8º homem mais rico do mundo em 2020.

NET WORTH OVER TIME

03/2016 – US$ 35.2 bilhões
03/2017 – US$ 40.7 bilhões
03/2018 – US$ 48.8 bilhões
03/2019 – US$ 50.8 bilhões
04/2020 – US$ 50.9 bilhões

Fonte: Forbes

Frases de Larry Page

Você pode até achar que usar o Google é ótimo, mas ainda acho que é terrível.

Se você está mudando o mundo, você está trabalhando em algo importante. Você está animado para levantar da cama de manhã.

Quando você inova, você tem que estar preparado para as pessoas lhe dizerem que você é louco.

Meu trabalho como um líder é garantir que todos na empresa tenham ótimas oportunidades, e que eles sintam que têm impacto importante e que estão contribuindo para o bem da sociedade. Meu objetivo é para a Google liderar isso, não seguir.

Estamos talvez em 1% do que é possível. Apesar das mudanças mais rápidas, ainda estamos nos transformando lentamente em relação com as oportunidades que temos. Eu acho que grande parte disso é por causa da negatividade… tudo que leio é “Google vs alguém”. Isso é entediante. Deveríamos focar em construir coisas que não existem.

Não deixe de conferir o canal do TC School no YouTube. Temos bastante conteúdo para quem está iniciando como investidor!

Legal, não é? A gente também está no Instagram e no TikTok. Segue a gente lá!

Pablo Paz
Pablo Paz
Estagiário do TradersClub
Estudante de Economia da UFPB e membro do Projeto Quantum

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub