Pedro Machado, Diretor de Relações com Investidores do Traders Club S.A - TC

Pedro Machado, Diretor de Relações com Investidores do TC

No texto a seguir apresentamos o perfil de investidor de Pedro Machado, Diretor de Relações com Investidores (DRI) do TC Traders Club S.A. Falamos sobre a sua formação, como começou a investir, filosofia de investimentos e referências.

Olha só que material legal preparamos para você, dividido nos seguintes tópicos:

  • Quem é Pedro Medeiros Machado
  • Como começou a investir
  • Filosofia de investimentos
  • TC Traders Club S.A
  • Investidores de referência

Boa leitura!

Quem é Pedro Medeiros Machado

Pedro Medeiros Machado nasceu em Miami, nos Estados Unidos, em 1987. É formado em Finanças na Florida International University e possui MBA da Columbia University. Há pouco mais de dois anos no Brasil, é também Diretor de Relações com Investidores (DRI) do TC Traders Club S.A., e um dos colaboradores “gringos” mais brasileiros dentro do TC, que conta também com o colombiano Guillermo Parra-Bernal e o argentino Javier Ramacciotti.

Como começou a investir

O Pedro fez seu primeiro investimento com 15 anos de idade, quando comprou ações da Boeing. Desde então, tem se mantido imerso neste mundo, obtendo experiência vasta em renda variável e opções. Em 2018 começou a estudar criptomoedas, e hoje esta classe de ativo já se tornou a maior exposição da sua carteira, junto com ações de empresas de tecnologia.

Filosofia de investimentos

Para Pedro Machado, olhar o múltiplo da ação é importante, mas não diz tudo. “Se você apenas olhar esse fundamento em empresas que fundamentalmente disruptas e acabam dominando seu setor, como a Amazon ou a Nvidia, nunca conseguirá tangibilizar o verdadeiro potencial do negócio. Então, um múltiplo dificilmente vai caber no valor do papel. O grande desafio é ir além disso e entender a diferenciação no produto e cultura de trabalho destas empresas ‘imensamente escaláveis’, relativo aos seus competidores. Portanto, se você identificar uma empresa com estas características é bom que nunca a tire da sua carteira de investimentos, embora que possa ajustar o nível de exposição para aguentar oscilações no mercado.”

Agora, se você tem medo de investir na bolsa de valores, Pedro Machado dá um conselho, “Saber investir é essencial para alcançar seus objetivos. Particularmente hoje, deixar o dinheiro parado em poupança, caixa ou renda fixa nem te permite a aguentar o aumento nos preços do consumo básico e aluguel. É preciso entender ativos de risco e saber gerenciá-los para crescer seu patrimônio.”

“Porém, nunca pense que você é mais inteligente do que o mercado – o mercado serve para colocar humildade nos que descartam disciplina e gestão de risco. Somos naturalmente construídos como humanos para querer comprar na euforia e se apavorar nas quedas. Aprenda a inverter isto, aprenda a gerar caixa quando os tempos estão bons, aprenda a estudar bem o ativo que você está investindo e ter convicção sobre o seu raciocínio, independente do preço. Procure outras perspectivas para desafiar as suas. Vivemos em um mundo fluído com mudanças constantes, requerendo aprendizagem continua.”

Foco nas criptomoedas

“Ano passado eu observei a oportunidade mais única da minha vida, logo após o início da pandemia. Em um cenário de aceleração massiva da digitalização do mundo, junto com impressão astronômica de dinheiro por bancos centrais, criei uma forte convicção sobre o poder de uma rede transacional decentralizada que nenhum individuo ou grupo pode manipular. Além disto, se destacava um histórico excepcional tecnológico, tendo mantido sua integridade operacional durante a totalidade dos seus 10+ anos de existência (Bitcoin).

Tinha recentemente completado meu MBA, que me deixou com poupança limitada. Para não perder esta oportunidade, eu fiz a decisão muito difícil de me alavancar estrategicamente para montar uma exposição relevante. Acabei tomando esta decisão por ver um momentum crescente, em conjunto com fatores macro alinhados com a tese do ativo.

Montei minha posição quando o Bitcoin ainda estava uns US$9 mil, logo na sequência também adicionando Ethereum e seletas ‘Alt Coins’ que tinha identificado como trazendo tecnologias revolucionárias ao mundo. O fato que estes ativos ainda estavam 50%-80% deprimidos do seu pico em 2017 com certeza ajudou minha tomada de decisão de entrar com força.

É importante ressaltar que eu não recomendo alavancagem ao menos que você tenha imenso conhecimento sobre com estruturar e gerenciar, elaborando um plano adequado para as suas finanças pessoais em todos os cenários. Neste caso, eu já tinha montado a minha consultoria e possuía uma renda estável com que eu podia contar. Eu estava apenas antecipando uma parte da minha renda futura, e mantendo o suficiente prazo na dívida tomada para cobrir meus gastos mensais, ainda que minha posição despencasse 50%+ do meu nível de entrada. Sabia que caso tudo desse errado, não ia ser forçado a liquidar a posição e nem faltar de honorar minhas obrigações financeiras.

Conforme o preço do Bitcoin e outros criptoativos foram subindo, eu já tinha um plano de saída, os vários níveis que ia diminuir a minha exposição. É importante sempre ter um plano, e quando as coisas estão indo bem, procurar realizar uma parte dos ganhos e colocar a sua ganância em cheque.

Temos poucas oportunidades excepcionais na vida, e só através de estudar e trabalhar que vai conseguir identificá-las quando a hora certa chegar. Hoje eu carrego ainda um montante relevante de cripto, mas tenho diversificado e mantenho um colchão maior de caixa e renda fixa para preservar meu patrimônio.

Uma outra dica do investidor é entender o efeito manada. “Se ninguém acredita, acho que você pode ter uma exposição elevada ou até estrategicamente alavancada. Se todo mundo já está acreditando, se está repercutindo e todos falando a mesma coisa, provavelmente é hora de tirar um pouco da mesa, mas eu gosto de manter uma exposição que não mexo em ações em que eu acredito fundamentalmente, porque é impossível você pegar todas as altas e baixas. O risco maior é perder uma trajetória de crescimento exponencial de 1.000%+ em 5, 10, 15, 20 anos do que se defender de um prejuízo de 40% no curto prazo.”

Manter a posição

Aos poucos, entre erros e acertos, Pedro Machado foi percebendo a importância da filosofia buy and hold do investidor fundamentalista. Acabou adotando uma ideologia de buy and adjust – procurando sempre manter exposição a ativos de alta convicção, fazendo ajustes parciais às posições quando o mercado exagera no optimismo ou pessimismo. Ele nos conta que um dos erros que cometeu quando ainda iniciava investimentos em renda variável, foi sair completamente de posições muito cedo porque eram “muito caras” ou já tinham dado “lucro suficiente”

Segundo Machado, “quando um ativo tem realmente fundamento e proposta de valor surpreendente, é importante ter uma posição que você não venda por um bom tempo. E posicionar suas finanças em torno disso, ou seja, saber que vai ter o suficiente para pagar o aluguel se o mercado cair 50%. Quase tudo pode acontecer, então tenho sempre esta mente de ser objetivo e já esperar o inesperado.” E conclui, “É importante procurar manter um caixa a maioria do tempo, ainda que pequeno, para manter-se flexível e poder tomar vantagem das oportunidades que o mercado pode dar.”

TC Traders Club S.A.

Pedro Machado conheceu o Pedro Albuquerque em Miami, e quando mudou-se para o Brasil começou a fazer consultoria no TC, quando tinha apenas 10 colaboradores. Quando surgiu a oportunidade, assumiu a posição de COO em março de 2020. Com a extinção do cargo, em junho de 2021, assumiu a função de Diretor de Relações com Investidores (DRI).

O TC é único. Temos uma lacuna na população brasileira que investe em renda variável porque ninguém com renda fixa vai chegar onde quer chegar financeiramente no ambiente atual. Além disso, é importante que as empresas tenham esse capital de risco e que os mercados de capitais sejam profundos para que a gente consiga ter o capital para empreender e criar essa cultura de investir como é lá fora.”

O TC é uma plataforma que tem mais e mais tudo o que o investidor precisa. O maior desafio é como fazer com que os novos investidores no mercado extraiam o máximo valor do TC o mais rápido possível, dado a complexidade do mercado financeiro.”

Investidores de referência

O investidor Pedro Machado gosta de manter-se atualizado sobre o macroeconomia assistindo vídeos do Raoul Paul, no canal Real Vision Finance, além de acompanhar e participar do hub de criptomoedas na plataforma do TC.

Além disso, Pedro Machado tem interesse por assuntos relacionados a investimentos em startups, ativos sem liquidez, buscando entender o que faz um negócio dar certo no longo prazo. Atualmente ele participa do fundo Alpha4, que investe em empresas Early Stage de tecnologia em LATAM. “Porque realmente os números não contam tudo“, diz.

Por fim, uma investidora que Pedro Machado tem como referência no setor tech é Cathy Wood, fundadora e CEO da ARK Invest, principalmente pela sua visão amplia do mundo do futuro.

redator seo
Danilo Hadek
Analista de conteúdo do TC School
Formação em Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP. Fundador do site Muita Viagem. Investindo em viagens, conhecimento e renda variável.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub