Peter Lynch: métodos de investimentos e fórmulas do value investing

No texto a seguir apresentamos a biografia de Peter Lynch, um dos grandes investidores de Wall Street. Falamos sobre sua história, educação, formação, além do seu fundo Fidelity Magellan e como classifica as empresas nas quais investe sua fortuna.

Autor de livros sobre investimentos, como o clássico “O jeito Peter Lynch de investir“, o administrador começou a trabalhar cedo e tornou-se uma das figuras mais emblemáticas do mercado de ações. “Possuir ações é como ter filhos, não se envolva com mais do que você pode lidar.” A frase de Peter Lynch é famosa, e quem investe na bolsa tem muito a aprender com este grande investidor norte-americano.

Se liga neste conteúdo que preparamos pra você! Está dividido da seguinte forma:

  • Quem é Peter Lynch
  • Formação de Peter Lynch
  • O jeito Peter Lynch de investir
  • Lições de Peter Lynch

Boa leitura!

Quem é Peter Lynch

Peter Lynch nasceu em janeiro de 1944 na cidade de Newton, Massachusetts. É administrador de empresas e vice-presidente do fundo Fidelity Management & Research Co.

Peter Lynch começou cedo a ter interesse por investimentos. Aos 10 anos o pai morreu, vítima de câncer, e o garoto viu sua mãe ser a grande provedora da família. Sentia a necessidade de ajudar nas contas de casa. E enquanto a maioria dos seus colegas da faculdade buscavam empregos de meio período para bancar as “farras” da vida universitária, o jovem Lynch já começava a investir suas economias no mercado financeiro. Ainda jovem começou a comprar ações da companhia aérea Flying Tiger.

Formação de Peter Lynch

Em 1965, Peter Lynch terminou a graduação em Humanidades no Boston College, em Massachusetts. Lá cursou Filosofia, Psicologia e História. Ele brinca com o fato e já disse a frase “Quando olho para trás agora, é óbvio que estudar história e filosofia foi uma preparação muito melhor para o mercado de ações do que estudar estatística, por exemplo.”

De qualquer forma, no ano seguinte ingressou no mestrado em Administração de Empresas na The Wharton School, na Universidade da Pensilvânia. Durante o período do MBA começou a trabalhar como estagiário na Fidelity Investments. Alguns anos mais tarde, em 1969, teve que interromper o estágio por conta do alistamento militar. Após o Exército, persistiu e voltou à empresa. Foi contratado efetivamente alguns anos depois de servir as forças armadas.

Portanto, Peter Lynch ingressou no Fidelity em 1974. E a partir de 1977 já era responsável pelo Magellan Fund. Ou seja, administrou o Magellan Fund for Fidelity Investments de 1977 até a sua aposentadoria, em 1990. O investidor teve um retorno médio anual de 29,2% — os ativos do fundo saltaram de US$ 18 milhões para US$ 14 bilhões. É uma taxa de rentabilidade maior do grande investidor Warren Buffett.

Vale mencionar brevemente a atuação de Lynch no Magellan. Sob seu comando, o fundo passou de 18 milhões de dólares em ativos para 14 bilhões em 1990, ano de sua saída.

Durante o período que foi gestor do Magellan, por mais de uma década, o fundo superou o S&P 500, índice da Bolsa americana. Com seus métodos e estratégias Lynch transformou radicalmente a rentabilidade do fundo, investindo em empresas como Ford, Philip Morris, General Electric, Kemper, Lowe, Volvo, Taco Bell e Dunkin’ Donuts.

Após aposentadoria, Peter Lynch passou a investir seu tempo para escrever livros e filantropia. Em 1988, ao lado de sua esposa Carolyn Ann Hoff, fundou The Lynch Foundation, que já doou dezenas de milhões de dólares. A fundação apoia causas sócio educativas, organizações religiosas e da saúde.

O Jeito Peter Lynch de investir

Além de gestor financeiro, Peter Lynch dedicou boa parte do seu tempo escrevendo livros sobre mercado financeiro e gestão de carteira de ações. Alguns best sellers de sua autoria destacamos “O jeito Peter Lynch de investir” (2019), além das obras “One Up On Wall Street: How to use what you already know to make money in the market” (1990) e “Beating the Street” (1993).

Os livros citados são clássicos da literatura financeira. Já uma dica de livro para o jovem investidor é “Learn to Earn” (1996), e apesar de não ter tradução para o português, vale a leitura, fácil e voltada para iniciantes. Aliás, você já conhece a biblioteca do TC School? Lá temos inúmeras resenhas de livros sobre o mercado financeiro.

Lições de Peter Lynch

Algumas das lições de Peter Lynch para o investidor de sucesso é que você só deve investir o dinheiro que pode perder sem afetar a sua vida no curto prazo; ter paciência, ser resistente à dor, ser persistente, ter humildade, capacidade de admitir erros, entre outras.

Peter Lynch é um buy and hold raiz. Gosta de comprar ações de empresas boas pensando no longo prazo. E estrategista, conhece bem o negócio e a empresa, para investir em ações baratas e realizar lucros exponenciais na recuperação. O investidor acredita que tentar prever os movimentos da Bolsa de valores é uma atividade arriscada e inútil.

Para ele, vale mais dedicar-se a conhecer melhor a empresa e o negócio no qual está investindo o seu dinheiro. Uma dica do investidor é olhar para empresas no seu estado, cidade ou bairro. É uma vantagem para o pequeno investidor conhecer melhor a empresa na qual investe.

Para o professor Peter Lynch, com esta estratégia, o pequeno investidor ganha a vantagem da informação ao passo que o analista financeiro está longe do negócio, e sabe pouco ou quase nada da empresa na prática. Para Lynch, “investir sem conhecer o negócio é como jogar poker sem olhar para as cartas que estão na mesa”.

O investidor buy and hold acredita que é um grande erro “basear todas as suas decisões em sugestões de analistas.” É curioso que as pessoas muitas vezes perdem horas e horas, dias e dias antes de decidir comprar uma TV ou carro novo. Por que não pensar da mesma forma na hora de comprar uma ação no mercado de capitais?

Uma outra estratégia é ter a certeza de que dificilmente ações de grandes empresas terão grandes valorizações, pois dificilmente empresas como Apple, Google, Vale ou Petrobras irão dobrar ou triplicar o capital.

  • BDRs na B3: um jeito simples de investir em empresas globais

Peter Lynch argumenta que as ações são um melhor investimento a longo prazo. As estratégias de Peter Lynch para investimentos variam. O investidor sempre gostou de basear suas escolhas em ações P/L – preço sobre lucro, abaixo da média do setor. Além disso, usava muito o indicador EPS – lucro por ação.

A teoria de Lynch defende que um passo importante é avaliar o P/L. Este indicador dá uma noção se a empresa está sendo negociada acima ou abaixo de seu preço real – valor intrínseco. O investidor ainda sugere a leitura de relatórios, demonstrativos contáveis e até visitas às empresas nas quais investe. É fundamental conhecer o negócio.

Aliás, vale lembrar da frase de Peter Lynch que diz “Lembre-se de que empresas que não tem dívidas não podem falir.” Ou seja, a vantagem de investir com o método do value investing é que os investidores podem se beneficiar de retornos exponenciais se manter as ações para longo prazo.

Para Peter Lynch, é incerto que um investidor tenha muito retorno em apenas poucos meses. Desta forma, classifica as empresas em 6 categorias:

  • Slow GrowersCrescimento lento. São companhias que estão crescendo na mesma proporção da economia, algo entre 2% a 4% a.a. No Brasil, o setor elétrico se encaixa bem nesta categoria;
  • StalwartsRobustas. São empresas com lucros sólidos, crescem de 10% a 12% a.a. Podemos dizer que o setor de telecomunicações ou bebidas se encaixam bem aqui;
  • Fast GrowersCrescimento rápido. São empresas pequenas e novas, portanto mais agressivas, com taxas de crescimento entre 20% a 25% a.a. No Brasil, o setor da construção responde bem por esta categoria;
  • CyclicalsCíclicas. São empresas onde os lucros variam de acordo com o desempenho da economia real. O setor de commodities e aviação se encaixam nesta categoria;
  • TurnaroundsOrganizações em mudanças. São empresa com lucros reprimidos momentaneamente, mas com boas perspectivas de recuperação; e
  • Asset PlaysCompanhias ricas em ativos. Empresas cujas ações valem menos que seus ativos, como as empresas negociadas bem abaixo do valor patrimonial.

30% de retorno

O bilionário defende que 30% de retorno sobre os investimentos é uma taxa bastante aceitável. Lynch chegou a ter perto de 1.500 empresas em sua carteira de ações. Contudo, para o investidor, “diversificar por diversificar não é uma decisão inteligente”, afinal não faz sentido comprar ações de empresas que você pouco conhece.

Para Lynch, uma boa gestão de riscos envolve jamais investir mais de 40% do patrimônio em empresas de crescimento, e claro, ter uma carteira diversificada. Em geral, a carteira de ações de Peter Lynch era composta de 10% a 20% em stalwarts, de 10% a 20% em setores cíclicos e o restante em companhias turnaround.

Para o investidor, uma boa estratégia é “girar os recursos entre as ações de acordo com a evolução do preço” até o seu valor intrínseco. “A verdadeira chave para ganhar dinheiro com ações é não se assustar com elas.” A volatilidade faz parte do mercado de capitais, fato é que, investindo com conhecimento e clareza, em algum momento no futuro você será recompensado.

Outra frase de Peter Lynch: “Procure um negócio que qualquer idiota possa administrar”, disse ele. Afinal, “mais cedo ou mais tarde, qualquer idiota provavelmente irá dirigi-lo”, completa.

Atualmente seu patrimônio líquido está em $ 450 milhões.

redator seo
Danilo Hadek
Redator do TC School
Formação em Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP. Fundador do site Muita Viagem. Investindo em viagens, conhecimento e renda variável.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub