Arthur Lira sinaliza manutenção de reformas na Câmara - TC
TC Mover
Mover

Arthur Lira sinaliza manutenção de reformas na agenda da Câmara

Postado por: TC Mover em 24/08/2021 às 15:17
Arthur Lira promete avanços em pauta econômica

Rio de Janeiro/Brasília, 24 de agosto – O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, sinalizou na manhã desta terça-feira, 24, que a pauta econômica segue na agenda da Casa, apesar do clima político turbulento. A declaração foi dada durante o evento XP Expert 2021, que acontece até quinta, 26.

O mercado reagiu positivamente após o discurso. Arthur Lira afirmou que o Congresso jamais sinalizou a ruptura do Teto de Gastos e que não existe democracia sem responsabilidade fiscal.

O deputado também se pronunciou sobre as manifestações de 7 de setembro, quando apoiadores do governo Bolsonaro deverão sair às ruas. O presidente da Câmara disse esperar que os atos sejam ordeiros.

De acordo com analistas, as especulações acerca desse protesto, que poderiam envolver ataques à estrutura institucional brasileira, chegaram a ameaçar a governabilidade e o andamento da agenda econômica.

Mercado precisa adequar projeções à realidade, diz Arthur Lira

No entanto, para o presidente da Câmara, o mercado tem que ajustar suas projeções econômicas à realidade. O parlamentar reiterou que a Reforma Administrativa, cujo relatório deverá chegar em suas mãos hoje, será votada até setembro.

Arthur Lira comentou ainda que não haverá “calote” nos precatórios e que pedirá ao presidente do Supremo Tribunal Federal, STF, Luiz Fux, que medie uma solução. Segundo o deputado, o governo deve encaminhar o Orçamento de 2022 constando as dívidas judiciais da União, o que considerou um risco advindo do Judiciário, não da política.

O parlamentar garantiu, porém, que o ajuste para viabilizar os pagamentos será feito ao longo da análise da peça orçamentária, que tem de chegar ao Parlamento até o dia 31 deste mês.

Proposta do Imposto de Renda será aprovada em breve

Arthur Lira avisou que a votação do projeto do Imposto de Renda não estará na pauta da Câmara nesta semana. No entanto garantiu que a proposta será aprovada em breve, visto que houve mudança de estratégia para reduzir resistências, indicando entendimento com o governo. De acordo com o parlamentar, os estados e municípios que impuseram entraves nas negociações nunca arrecadaram tanto como em 2020 e 2021.

O deputado ainda recuou ao afirmar que estuda a possibilidade de aumentar a faixa de isenção do Imposto de Renda para assalariados. A ideia é simplificar, com o objetivo de fazer uma reforma mais neutra “para quem não pagava imposto e passará a pagar”. Além disso, o presidente da Câmara voltou a defender a tributação de dividendos como uma das principais soluções para a proposta.

Arthur Lira pressiona Rodrigo Pacheco ao comentar avanço na pauta econômica

Ao tocar na questão da reforma do Imposto de Renda, Arthur Lira destacou que cabe ao presidente do Senado informar se a pauta econômica avançará na Casa ao lado. Isso pode gerar enorme pressão sobre Rodrigo Pacheco, caso os deputados concluam a parte deles na agenda. O ministro da Economia, Paulo Guedes, havia dito na última segunda-feira, 23, que tem convicção que Pacheco vai se engajar nas reformas em algum momento.

Por fim, Arthur reportou que, após superadas as reformas, o foco será a pauta ambiental. Após as declarações, o sentimento de otimismo inundou o mercado local. Por volta das 15h05,  o Ibovespa atingia a maior alta diária desde janeiro, retomando o patamar dos 120 mil pontos. Enquanto isso, o dólar futuro tombava 2,20%, a R$5,269, maior queda desde março e os contratos de juros futuros, conhecidos como taxas DI futuras, recuavam até 19 pontos-base.

Texto: Cíntia Thomaz e Leopoldo Vieira
Edição: Felipe Corleta, Anderson Lima e Stéfanie Rigamonti
Arte: Vinicius Martins/Mover


Leia também

Fundo de investimento: quando e como optar por esse formato de aplicação?

Ibovespa futuro aponta para dia positivo com commodities; Lira e política no radar: Espresso

Bolsonaro no Canal Rural, leilão do Tesouro e indústria americana: Calendário Econômico

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais