Lula amplia vantagem para 2022, segundo XP/Ipespe - TC
TC Mover
Mover

Avaliação do governo segue em queda e Lula amplia vantagem para 2022, segundo XP/Ipespe

Postado por: TC Mover em 17/08/2021 às 16:19
Lula amplia vantagem sobre Jair Bolsonaro

São Paulo, 17 de agosto – A avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro continuou a tendência de piora iniciada em outubro e chegou ao pior patamar da série de pesquisa da XP/Ipespe, acompanhando a piora na percepção da direção da economia. Isto deu espaço para o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva crescer mais ainda na pesquisa eleitoral.

O levantamento de 11 a 14 de agosto, com margem de erro de 3,2 pontos percentuais, mostra que 54% consideram o governo ruim ou péssimo, contra 52% na pesquisa mensal anterior. Os que consideram o governo ótimo ou bom recuaram também dentro da margem de erro, de 25% para 23%.

Cresce número de brasileiros que acham que a economia está no caminho errado

Em relação ao cenário econômico, o grupo que acha que a economia está no caminho errado cresceu 4 pontos percentuais e foi a 63%, mesmo patamar de maio. A percepção de caminho correto caiu de 30% para 27%.

Em outubro, quando começou a crescer e não parou mais, a rejeição ao governo estava em 31%. Já a desaprovação ao modo de Jair Bolsonaro administrar ficou estacionada em 63%, como no mês passado, enquanto a aprovação caiu de 31% para 29%.

Lula sobe em pesquisa eleitoral pela quinta vez

No principal cenário de 1º turno da XP/Ipespe para a eleição presidencial de 2022, o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva repetiu a tendência de alta pela quinta vez consecutiva, subiu dois pontos percentuais e chega a 40% das intenções contra 24% de Jair Bolsonaro, que perdeu dois.

No 2° turno, Lula subiu dois pontos, de 49% para 51%, e Jair Bolsonaro perdeu três, de 32% para 35%. Não votariam de jeito nenhum em Jair Bolsonaro 61%, contra 45% que rejeitam Lula. Ciro Gomes, Sérgio Moro e João Doria também bateriam Bolsonaro no 2º turno.

No principal cenário de 1º turno, Ciro Gomes tem 10%, Sérgio Moro e Luiz Henrique Mandetta alcançam 9%, o governador gaúcho Eduardo Leite tem 4% e “nenhum” tem 9%. No segundo cenário, sem Sérgio Moro e Eduardo Leite, Lula vence por 37% a 28% de Jair Bolsonaro. A seguir, Ciro Gomes tem 11%, “nenhum” tem 9% e João Doria, Luiz Datena e Luiz Henrique Mandetta empatam com 5%.

Texto: Lucia Boldrini
Edição: Guilherme Dogo e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Machado, Vieira: Polêmicas de Jair Bolsonaro minam condições de Rodrigo Pacheco para avançar reformas

Vendas no varejo americano frustram; Ibovespa futuro cai com exterior: Espresso

IGP-10, varejo americano, indústria: Calendário Econômico

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais