Bolsonaro pede harmonia entre Poderes; Ibovespa dispara - TC
TC Mover
Mover

Bolsonaro divulga nota pedindo harmonia entre Poderes; Ibovespa dispara

Postado por: TC Mover em 09/09/2021 às 17:14
Bolsonaro divulga nota oficial pedindo harmonia entre Poderes

São Paulo, 9 de setembro –O presidente Jair Bolsonaro divulgou surpreendente nota oficial, na tarde desta quinta-feira, 9, pedindo paz entre os Poderes, no momento em que forças se encontram divididas no Brasil. “A harmonia entre eles [Poderes] não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar”, afirmou o chefe do Executivo.

Mesmo criticando decisões do ministro do STF Alexandre de Moraes, Bolsonaro reconheceu que, na vida pública, ninguém tem direito de “esticar a corda, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia”. O presidente disse que suas palavras, possivelmente em referência às manifestações de 7 de Setembro, “decorreram do calor do momento” e indicou que discorda do ministro Moraes do ponto de vista jurídico.

“Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal”, afirmou Bolsonaro. “Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país”, continuou.

O chefe do Executivo ainda fez um apelo pela democracia e a manutenção dos três Poderes, em um trabalho conjunto pelo povo, e com respeito à Constituição. “Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles”, afirmou Bolsonaro. Ele finalizou agradecendo o povo brasileiro, “com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil”.

Encontro com Temer

Mais cedo, o Globo reportou que Bolsonaro almoçou, fora da agenda, com o ex-presidente Michel Temer, que teria ajudado a redigir o texto da nota oficial, conforme a CNN Brasil. Temer foi quem indicou Moraes ao STF e, de acordo com agências, vinha tentando aconselhar o chefe do Executivo em prol de uma pacificação.

Também mais cedo, Bolsonaro recebeu líderes caminhoneiros. Eles disseram que só interromperão as manifestações políticas, com o bloqueio em estradas, quando uma carta do movimento for recebida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, apontando pressão por negociação.

Mercado reage

A reação do mercado financeiro à nota oficial do presidente foi instantânea. Às 16h45, o Ibovespa disparava 2,59%, chegando a 116.096 pontos. Nos últimos dias, o índice despencou com as falas de Bolsonaro nas manifestações de Brasília e em São Paulo, na terça-feira, 7, Dia da Independência. Na quarta-feira, 8, o Ibovespa chegou ao menor patamar desde março.

A expectativa de analistas do mercado agora é com a reação dos demais Poderes, em especial o Judiciário, depois do aceno de trégua. E também com novas manifestações do presidente, que hoje à noite fará sua transmissão ao vivo nas redes sociais.

Texto: Stéfanie Rigamonti, Cintia Thomaz e Leopoldo Vieira
Edição: Iolanda Nascimento e Angelo Pavini
Arte: Mover


Leia também

Greve de caminhoneiros: Ministério da Infraestrutura informa redução nas tentativas de bloqueio

Especial: Paz entre Poderes depende de negociações apesar do tom de Bolsonaro

Barroso rebate ameaças de Bolsonaro e diz que “democracia vive momento delicado”

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais