TC Mover
Mover

Especial: Lira busca protagonismo do Parlamento para acesso às vacinas

Postado por: TC Mover em 09/03/2021 às 11:38
Lira e China - vacinas

Brasília, 9 de março – O presidente da Câmara, Arthur Lira, sinalizou que o Parlamento buscará o protagonismo para garantir o acesso do Brasil a vacinas contra a Covid-19.


Ideologias não podem afastar interesses de Brasil e China, diz Lira

Em reunião virtual nesta manhã com o embaixador chinês, Yang Wanmir, Lira destacou que o governo brasileiro não é apenas o Executivo. Além disso, disse que os interesses dos dois países “nunca foram nem poderão ser afetados pelas circunstâncias, pelas ideologias, pelos individualismos”.

Lira ressaltou que a China é o maior parceiro comercial do Brasil e que o país asiático “merece o nosso reconhecimento”. Sendo assim, um gesto cobrado pelos chineses após críticas consideradas ideológicas por parte de integrantes do governo e do presidente Jair Bolsonaro.


Presidente da Câmara pede à China que ofereçam insumos e vacinas

O presidente da Câmara pediu que os chineses “tenham um olhar amigo, humano, solidário e nos ajudem a superar a pandemia, oferecendo os insumos e as vacinas” e fez um apelo para que a China ajude a salvar “vidas de brasileiros”. Por fim, Lira pediu que seja encontrada bilateralmente “uma solução mais rápida para dar essa resposta ao povo brasileiro”.

Os atrasos e falhas na imunização nacional são atualmente o maior risco político à retomada econômica e à sustentabilidade da dívida, segundo a economista-chefe do TC, Fernanda Mansano. Neste momento, governadores se articulam para enviar uma carta a Bolsonaro pedindo medidas mais firmes contra a pandemia e cogitando implementar medidas comuns a todos os estados contra seus efeitos.

Neste sentido, a liderança do Parlamento, como manifesta por Lira, pode ajudar a acelerar a obtenção dos imunizantes e agilizar a vacinação nacional, uma vez que Bolsonaro, ainda que em menor intensidade, tem insistido em se contrapor ao que pregam especialistas. Conforme agências, a vacina chinesa CoronaVac é eficaz contra variantes de Covid-19 como a de Manaus.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Guilherme Dogo e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Com Lula, centro teria dificuldades para ganhar força, diz Eurasia

Exterior retoma apetite por risco; no Brasil, Lula, imunização, vírus complicam o jogo: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais