Mover

Especial: Visão liberal será diferença entre Bolsonaro e Lula, diz Barros

Postado por: TC Mover em 11/03/2021 às 16:23
Barros

Brasília, 11 de março – A possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputar as eleições de 2022 fortalece a visão liberal do governo, e é o que vai diferenciar o presidente Jair Bolsonaro do petista, se este chegar a concorrer, disse à TC Mover o líder na Câmara, Ricardo Barros. Para o deputado, isso também não vai atrapalhar a agenda econômica no Congresso.


Volta de Lula polariza disputa política, afirma Barros

Segundo o líder, a volta de Lula polariza a disputa política e, por isso, o segundo turno dificilmente não será entre ele e Bolsonaro. Barros afirmou ainda que “muita gente estava tentando se viabilizar para ser candidato pelo centro, pela esquerda”, mas acredita que Lula não unirá as esquerdas, ainda que não veja outro nome neste campo para superá-lo e chegar ao segundo turno.

A avaliação de Barros está em linha com pesquisas recentes, que apontam dificuldades do centro não governista e da esquerda alternativa ao PT chegarem à disputa final, mesmo que tenham chances de bater Bolsonaro nesta etapa.

No primeiro discurso após ter suas sentenças na Lava Jato anuladas, o ex-presidente não se colocou como candidato em 2022, mas falou como tal, e criticou privatizações e a política de preços da Petrobras.

Líder do governo aponta destravamento da agenda econômica

Perguntado sobre a análise dos vetos ao Marco do Saneamento, Barros disse que serão mantidos pela Câmara, e que já há um entendimento do governo neste sentido.

Já sobre o Marco do Gás, Barros vê o texto aprovado pelos deputados sendo preservado, para encaminhamento rápido à sanção presidencial. Assim, o parlamentar aponta para o destravamento da agenda econômica.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Guilherme Dogo e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Relatório da Tributária será apresentado já na próxima semana, diz Lira

Especial: Centro não governista pode vencer Bolsonaro, diz pesquisa

INPC acelera em fevereiro com alta de produtos não alimentícios

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais