Governo pode esperar sucessão na Câmara para avançar em reformas e ajuste fiscal - TC
TC Mover
Mover

Governo pode esperar sucessão na Câmara para avançar em reformas e ajuste fiscal

Postado por: TC Mover em 03/12/2020 às 11:51

Brasília, 3 de dezembro – O governo prefere esperar a sucessão para a presidência da Câmara, prevista para fevereiro de 2021, para avançar em reformas e medidas de ajuste fiscal, segundo a coluna de Igor Gadelha, na CNN Brasil. 

Antes, o Planalto quer garantir a eleição de alguém mais alinhado ao presidente Jair Bolsonaro, conforme fontes do colunista. Ontem, o deputado Marcelo Ramos, do PL, retirou sua pré-candidatura em favor de Arthur Lira, líder do Centrão, que tem a simpatia do governo.

Maia propõe acordo para pautas na Câmara em dezembro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, propôs um acordo para pautar marcos regulatórios e o projeto de autonomia do Banco Central em troca do apoio do governo a pautar a Reforma Tributária em dezembro, mas obteve uma resposta negativa, também reporta a CNN Brasil. Os governistas temem a votação da matéria “no susto” antes do recesso, o que seria considerada uma “demonstração imensa de força” por parte de Maia, diz O Estado de S. Paulo.

STF vai julgar reeleição das presidências do Congresso

O Supremo Tribunal Federal, STF, começará a julgar a reeleição para as presidências da Câmara e do Senado na sexta-feira, 4. Deve haver nova disputa jurídica sobre como será o procedimento, caso a Corte autorize a recondução, afirma a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. 

A sensação de deputados de oposição que jantaram com Maia nesta quarta-feira foi a de que ele vai priorizar a derrota de Bolsonaro, mesmo que isso o obrigue a abandonar sua candidatura, na avaliação de Josias de Souza, do UOL. 

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Gustavo Boldrini e Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais