Ibovespa vira após ‘ultimato’ de Bolsonaro a rivais - TC
TC Mover
Mover

Ibovespa vira e DIs sobem após ‘ultimato’ de Bolsonaro a rivais

Postado por: TC Mover em 03/09/2021 às 13:49
Ibovespa vira após fala de Bolsonaro

Rio de Janeiro, 3 de setembro – O Ibovespa virou e passou a cair e os juros futuros dispararam após o presidente da República subir o tom na crise política. Jair Bolsonaro disse que os que o desafiam terão ultimato após os atos do Dia da Independência.

“Após 7 de setembro, um ou dois que ousam nos desafiar ou desafiar a Constituição saberão voltar ao seu lugar. Se jogarem fora da Constituição, também jogaremos”, disse Bolsonaro, em cerimônia em Tanhaçu, na Bahia. Durante a ocasião, o presidente assinou contrato de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste.

Investidores e contribuidores do TC interpretaram a fala como hostil, pois ela sugeriria que os desafiantes seriam ministros do Supremo Tribunal Federal. O chefe do Executivo ainda reafirmou sua participação nos atos de 7 setembro.

Bolsonaro diz que não critica instituições

Sem citar nomes, o presidente da República disse que não critica instituições ou Poderes, mas ressaltou que não admite que uma ou duas pessoas usem da força do poder para querer ditar os rumos do país. Na última quinta-feira, 2, o ministro do STF, Luiz Fux, disse que a liberdade de expressão não comporta ameaças.

Bolsonaro tem direcionado ataques frequentes aos ministros do Supremo Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, acusando-os de exceder os limites da Constituição. Moraes é o responsável pela condução de inquéritos que investigam Bolsonaro e seus aliados. Já Barroso, presidente do TSE, é contra o voto impresso, uma das principais bandeiras do presidente.

Crise política aumenta percepção de risco entre investidores

Entre outros pontos, em especial a crise hídrica, essa tensão entre o Executivo e o Judiciário tem aumentado a percepção de riscos no mercado local. O Ibovespa chegou a avançar após a abertura, depois do segundo pior fechamento desde abril, mas virou após as falas do presidente. Próximo às 13h50, o índice caía 0,81%, ensaiando a sua pior semana desde março, com queda de 3,67%. A curva do DI também estressou, e operava em alta de sete pontos-base.

Texto: Cintia Thomaz
Edição: Felipe Corleta e Stéfanie Rigamonti
Arte: Vinicius Martins / Mover

Leia também

Scoop Day: acompanhe ao vivo painéis de debates e entrevistas com grandes especialistas

PMI de serviços de agosto atinge maior patamar em nove anos

Banco Central conseguirá trazer inflação para a meta, diz Campos Neto

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais