Mover

Início de comissão especial sugere debates fortes, calendário acelerado

Postado por: TC Mover em 07/05/2019 às 16:41

O primeiro dia de discussão da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara sugere que o relator Samuel Moreira quer um plano de trabalho acelerado, porém sem uma data para colocar a matéria em votação, o que pode abrir espaço para interrupções e manobras de demora por parte da oposição e partidos que tenham reparos com o texto atual.

 

Moreira apresentou um plano que prevê a realização de audiências públicas até 29 de maio, mas sem estabelecer uma data para a votação da proposta. O presidente da comissão, Marcelo Ramos, disse que o cronograma não deve ser mais do que uma proposta de atividades, sujeitas a alterações na tramitação da reforma no colegiado.

 

Deputados da oposição, liderados pela deputada Gleisi Hoffmann, do PT, tentaram colocar uma série de empecilhos para pautar a discussão da reforma, mas Ramos foi taxativo em impedir as manobras. O governo está confiante que o trâmite na comissão seja rápido e o projeto possa ser enviado ao plenário da Casa para votação antes do final de primeiro semestre.

 

A aprovação da reforma é fundamental para o equilíbrio das contas públicas e a retomada da economia no médio prazo, de acordo com economistas do Goldman Sachs. Parte do motivo pelo qual a economia brasileira ainda está demorando para se recuperar completamente da recessão de 2014-2017 – a pior na história do país – é por conta da desconfiança que gera no planejamento tributário das empresas e das famílias.

 

(Foto: Congresso/Wilson Dias-Agência Brasil)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais