TC Mover
Mover

Maia adia projeto de fundos; governo desiste de gatilhos em Plano Mansueto

Postado por: TC Mover em 15/12/2020 às 16:17

Brasília, 15 de dezembro – O projeto que libera recursos de fundos públicos para cobrir despesas com a pandemia foi adiado para esta quinta-feira pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a pedido de líderes partidários para ganharem mais tempo para fechar um acordo em torno do texto. 

Maia também informou que o líder do governo, Ricardo Barros, desistiu de apresentar uma emenda com gatilhos para bloquear o aumento de despesas de estados e municípios com contas estouradas no projeto do novo Plano Mansueto, de ajuste e recuperação fiscal de entes federados. Entretanto, a sessão dos deputados ainda prossegue.

Dólar futuro desacelera queda após anúncio de Maia

Logo após a negativa de Maia sobre os gatilhos, o dólar futuro desacelerou a queda. A possibilidade de inclusão do dispositivo, que impediria o avanço das despesas, chegou a contribuir para a valorização do real mais cedo. 

Perto das 15h40, o dólar futuro cedia 0,48% a R$5,095. Na mínima, a divisa caiu a R$5,078. Os DIs, por seu lado, ainda recuavam em toda a curva em até 9 pontos-base, após leilão bem-sucedido pelo Tesouro.

Governo negocia votar parte da Reforma Tributária

O governo negocia com determinação a votação de uma parte da Reforma Tributária ainda antes do recesso parlamentar, disse Ricardo Barros à TC Mover, enquanto parlamentares procuram votar outras pautas econômicas relevantes. 

Barros disse a que análise da Lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO, deve acontecer amanhã, com cerca de R$26 bilhões em investimentos, considerado pouco pelo líder, devido ao Teto de Gastos e ao peso de despesas contra a pandemia. 

Texto: Leopoldo Vieira
Edição Kariny Leal e Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais