TC Mover
Mover

Ministro da Saúde diz que Orçamento 2021 é insuficiente para o setor

Postado por: TC Mover em 03/05/2021 às 15:04
Ministro da Saúde diz que Orçamento é insuficiente

São Paulo, 03 de maio – Mesmo após os diversos embates e os compromissos do ministro Paulo Guedes para os recursos para assistência médica, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta tarde que o Orçamento de 2021 é insuficiente para cobrir as despesas do setor.


Verba para a área foi de R$181 bilhões em 2020 para R$130 bilhões

Em encontro na FIESP, Marcelo Queiroga disse que no ano passado havia R$181 bilhões disponíveis, sendo que neste ano há cerca de R$130 bilhões reservados para as despesas com a Saúde.

Ainda assim, o ministro da Saúde ressaltou o compromisso de Paulo Guedes para assegurar os recursos da área. Na conferência, ele também explicou que o governo federal não consegue mais oferecer auxílios emergenciais na mesma proporção que no ano passado pelo marco fiscal.

Em relação aos tratamentos para doenças crônicas, Marcelo Queiroga citou que é um desafio manter leitos habilitados para enfermidades, como doenças oncológicas e cardiovasculares, em um momento de crise sanitária. Houve aumento do número de AVCs e enfartos em domicílio, segundo ele.


Ministro da Saúde defendeu medidas para evitar terceira onda

O ministro da Saúde pediu que os brasileiros continuem adotando medidas farmacológicas como o uso de máscaras e o distanciamento social. O objetivo seria evitar uma terceira onda da Covid-19 no país, enquanto as novas remessas de imunizantes começam a chegar. Segundo dados do ministério, maio deve ser o mês com mais vacinas no Brasil, com 34,5 milhões de doses.

Por fim, Marcelo Queiroga reiterou que não é negacionismo relacionar saúde e economia visto que a própria Constituição brasileira deixa claro que saúde é dever do estado mediante políticas sociais e econômicas.

Texto: Cintia Thomaz
Edição: Guilherme Dogo e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

PMI Industrial mostra otimismo mesmo com desaceleração em abril

Ibovespa está barato e é refúgio para inflação, diz XP

Emprego nos EUA e Copom guiam semana; balanços, reformas, CPI da Covid no radar: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais