TC Mover
Mover

Especial: Pauta econômica é prioridade para presidentes do Congresso

Postado por: TC Mover em 25/05/2021 às 16:49
Presidentes do Congresso falaram sobre pauta econômica

Brasília, 25 de maio – A pauta econômica faz parte da agenda prioritária do Congresso e em alinhamento com o governo Jair Bolsonaro e sua equipe econômica. Foi o que sugeriram os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, em participação em evento do BTG Pactual nesta terça-feira, 25.


Reformas Administrativa e Tributária podem ser aprovadas em 2021, disse Rodrigo Pacheco

Rodrigo Pacheco voltou a dizer que as reformas Administrativa e Tributária podem ser aprovadas ainda neste ano, enquanto Arthur Lira previu encaminhar a primeira ao Senado no começo do próximo semestre.

Ainda sobre a pauta econômica, Rodrigo Pacheco também falou que o Senado cumprirá o prazo para votar a medida provisória de capitalização da Eletrobras, a MP da Eletrobras, cuja validade termina em 22 de junho.

Eles confirmaram que a Reforma Tributária será fatiada, com o Senado discutindo medidas de refinanciamento de dívidas – como Refis, Pert e passaporte tributário – e mudanças constitucionais. A Câmara fica com a unificação do PIS/Cofins, IPI e imposto de renda. Porém, questões como tributação de dividendos ainda serão alvo dos debates.


Criação de imposto digital não é prioridade na pauta econômica

O imposto digital defendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, não foi descartado. Mas não terá prioridade dentro da pauta econômica neste momento. Arthur Lira informou que a Reforma Tributária já começará a andar na semana que vem e espera que a admissibilidade da Reforma Administrativa seja aprovada hoje.

Rodrigo Pacheco e Arthur Lira destacaram apoio à criação de um novo programa social, com equilíbrio fiscal. Já a prorrogação do auxílio emergencial dependeria do recrudescimento da pandemia e do ritmo da vacinação. O presidente do Senado disse que a recomposição do Orçamento de 2021 está sendo construída com o Ministério da Economia.

Sobre 2022, Arthur Lira avalia que pesquisas retratam o momento e disse não acreditar em uma terceira via entre Jair Bolsonaro e o petista Luiz Inácio Lula da Silva. Para o presidente da Câmara, há sintonia entre um “governo liberal” e um “Congresso reformador”.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Cintia Thomaz e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

CCJ da Câmara aprova Reforma Administrativa

China pode punir investidores de criptomoedas

Prévia da inflação desacelera para 0,44% em maio

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais