TC Mover
Mover

Pazuello nega saída por ora, mas admite reorganização na Saúde

Postado por: TC Mover em 15/03/2021 às 18:21
Pazuello

São Paulo, 15 de março – O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, negou hoje que esteja se despedindo do cargo, mas admitiu que o presidente Jair Bolsonaro está buscando um novo nome para substituí-lo. Segundo ele, o presidente ainda está em conversas para avaliar seu substituto, e defendeu que não está doente, nem pediu para sair.


Pazuello disse que irá cooperar com transição após escolha de substituto

O general do Exército disse que a convocação da coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira não foi uma despedida. O evento já estava agendado desde a semana passada, com o objetivo de apresentar um panorama das compras de vacinas.

O ainda ministro da Saúde afirmou que todos os grupos prioritários já devem estar vacinados até maio, e que o país já contratou 562 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para 2021.

Pazuello salientou que irá cooperar para uma transição de continuidade assim que Bolsonaro apresentar um substituto, e fez questão de afirmar que não se sente pressionado por notícias, “nem por fake news”. A médica Ludhmila Hajjar, cotada para assumir a pasta, disse à imprensa, nesta segunda-feira, que recusou o convite do presidente, com quem se reuniu no domingo e hoje.

Presidente do Senado reconheceu que houve erros na gestão da pandemia

Os presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco, participaram de uma entrevista nesta terça-feira, e saíram em defesa do presidente Jair Bolsonaro, mesmo com a enorme pressão sobre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Pacheco, porém, reconheceu que houve erros na gestão da pandemia e demora para a compra de vacinas. O senador não comentou sobre a postura do governo federal nas duas questões. Já Lira afirmou que não apoia a instalação de uma CPI para investigar as ações do governo na crise.

Texto: Kariny Leal
Edição: Leandro Tavares e João Pedro Malar
Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil


Leia também

Lira e Pacheco dizem que outras reformas serão aprovadas ainda neste ano

Especial: Stone não planeja adquirir rivais após compra da Linx, diz Lins

Especial: Mercados esperam mais que recados na “Super Quarta”

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais