TC Mover
Mover

Privatizações avançarão após Eletrobras, prevê Ricardo Barros

Postado por: TC Mover em 22/06/2021 às 17:22
Ricardo Barros prevê avanço das privatizações

Brasília, 22 de junho – Outras privatizações virão após a aprovação da medida provisória de capitalização da Eletrobras, a MP da Eletrobras, prevê o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros. “Foi a Eletrobras, vão os Correios e outras privatizações virão. Podem ter certeza”, afirmou ele em entrevista ao UOL.


Jair Bolsonaro implementará pauta liberal com apoio do Congresso, disse o deputado

Votar o projeto que autoriza a desestatização dos Correios na última semana de junho é um compromisso do presidente da Câmara, Arthur Lira, conforme Ricardo Barros disse ao Correio Braziliense no começo do mês.

Para o deputado, o presidente Jair Bolsonaro foi eleito com uma pauta liberal, o que inclui privatizações, e vai implementá-la “com apoio da Câmara e do Senado”. Ele reforçou o alinhamento entre o poder executivo e sua base aliada nesta direção.

Sobre a MP da Eletrobras, o deputado afirmou que Jair Bolsonaro deve sancionar o texto hoje, possivelmente com vetos. Ele ainda previu que o mercado do setor elétrico será aberto por um conjunto de matérias ligadas ao assunto, que serão apreciadas “em breve”. Na avaliação do parlamentar, elas produzirão um “excelente marco legal”.


Arthur Lira reiterou compromissos com privatizações e reformas

Na visão do líder do governo, os leilões de infraestrutura também estão sendo bem sucedidos. “É óbvio que este é o caminho”, falou durante a entrevista.

Já Arthur Lira reiterou nesta terça-feira, 22, que seus compromissos de pauta de votação – pelo menos a econômica – são as reformas Administrativa e Tributária, além das privatizações. Em entrevista ao O Globo, o presidente da Câmara endossou um “Estado mais ágil, mais moderno” como objetivo da Reforma Administrativa.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Bárbara Leite e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Especial: Oi consolidará reestruturação, diz Rodrigo de Abreu

HASH11 desvalorizou 45% desde inauguração na B3

GameStop dispara ao levantar US$1,13 bilhões com oferta

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais