Mover

Ricardo Barros confirma que projeto pode recompor despesas do Orçamento

Postado por: TC Mover em 15/04/2021 às 16:45
Ricardo Barros

Brasília, 15 de abril – O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, confirmou na tribuna nesta tarde que o presidente Jair Bolsonaro deve enviar projeto de lei ao Congresso para recompor parte das despesas do Orçamento de 2021.


Presidente estuda saída técnica e política, segundo Ricardo Barros

As despesas são consideradas um dos principais entraves para a sanção da proposta orçamentária, porque, segundo especialistas, maquiam possível rompimento do Teto de Gastos.

Ricardo Barros destacou que o presidente estuda uma saída técnica e política, e que entende a prerrogativa e o protagonismo “que o Congresso deve ter na aplicação de parte desses recursos”. Segundo o líder, aprovar o Orçamento é uma função dos parlamentares.


Jair Bolsonaro tem até o dia 22 de abril para sancionar o Orçamento

Já de acordo com Lauro Jardim, do O Globo, a solução recomendada pela área técnica da Câmara, de ajustar o Orçamento ao longo do ano, “terá zero chance de prosperar” se depender do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Conforme Ricardo Barros, em discurso, Paulo Guedes participa da solução. O presidente Jair Bolsonaro tem até o dia 22 de abril para sancionar, com ou sem vetos, a peça. Perto das 16h45, o dólar futuro cedia 0,51%, a R$5,630, enquanto os juros futuros, DIs, enxugavam em até 13 pontos-base.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Bárbara Leite e João Pedro Malar
Arte: Carlos Matos / TC Mover


Leia também

Itaú BBA eleva preço-alvo da Simpar e vê ação abaixo do valor real de subsidiárias

Hering dispara após recusar proposta de fusão da Arezzo

Ações da Petrobras caem por receio fiscal e realização

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais