TC Mover
Mover

Roberto Ferreira Dias recebe voz de prisão na CPI da Covid

Postado por: TC Mover em 07/07/2021 às 18:33
Roberto Ferreira Dias foi preso durante depoimento na CPI da Covid

São Paulo, 7 de julho – O ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, recebeu voz de prisão nesta quarta-feira, 7, por ordem do senador Omar Aziz, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as ações do governo na pandemia, a CPI da Covid, alegando falso testemunho.

O acontecimento sugere maior pressão política para que os trabalhos da comissão não sejam suspensos durante o recesso parlamentar formal ou informal, previsto para começar em 17 de julho.

Prisão de Roberto Ferreira Dias foi pedida após mensagens colocarem versão sobre encontro em xeque

A prisão foi pedida após a CNN Brasil revelar áudios e mensagens registrados no celular de Luiz Dominghetti, colocando em xeque a versão de Roberto Ferreira Dias de que o encontro entre os dois teria sido acidental. “Dias está mentindo desde cedo e tem coisas que não dá para admitir. O senhor está detido pela presidência da CPI”, afirmou Omar Aziz.

No dia 25 de fevereiro, quando ocorreu o suposto pedido de propina, Luiz Dominghetti teria recebido áudio de um aliado chamado “Odillon”, homem que o ajudou a fazer contato com militares, que, segundo ele, abriram portas no Ministério da Saúde. A mensagem revela o interlocutor demonstrando conhecimento da reunião com o ex-diretor.

CPI da Covid pretende tomar depoimento de Ricardo Barros durante o recesso parlamentar

Durante a oitiva, Omar Aziz já havia reclamado que Roberto Ferreira Dias estava se esquivando de perguntas formuladas pelos senadores. Em seguida a sessão da CPI da Covid foi encerrada, com o ex-diretor sendo acompanhado pela Polícia Legislativa.

Também nesta quarta-feira, 7, a coluna do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, revelou que a CPI da Covid deve tomar o depoimento do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, em 20 de julho, no meio do recesso parlamentar. No depoimento, Roberto Ferreira Dias inocentou o parlamentar de tê-lo indicado ao Ministério da Saúde.

Texto: Cíntia Thomaz
Edição: Leopoldo Vieira e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Jovens britânicos se endividam para comprar criptomoedas, aponta pesquisa

Especial: Depoimentos na CPI da Covid inocentam Ricardo Barros

Bank of America aposta em papéis cíclicos brasileiros

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais