TC Mover
Mover

Rossi defende solução dentro do Teto para fim do auxílio emergencial

Postado por: TC Mover em 11/01/2021 às 14:42
Baleia Rossi

Brasília, 11 de janeiro – Qualquer solução para o auxílio emergencial deve ser encontrada dentro do Teto de Gastos, e é preciso continuar a agenda de reformas e de responsabilidade fiscal, disse o deputado Baleia Rossi, que disputa o comando da Câmara por um bloco de oposição ao governo.

Em coletiva de imprensa, o parlamentar inclusive negou que se oporá ao presidente Jair Bolsonaro, mas afirmou que fará parte de suas atribuições analisar pedidos de impeachment, caso vença as eleições em fevereiro.

Rossi acredita que Reforma Tributária será “vital” para empregos

Os pedidos de impeachment e pautas para solucionar o fim do auxílio emergencial foram compromissos que o emedebista assumiu com a esquerda para poder se tornar, com os votos dela, o favorito a sucessor de Rodrigo Maia.

Rossi também defendeu uma agenda que “faça a economia reagir”, propondo a Reforma Tributária, da qual é o autor do projeto na Câmara, como “vital” para gerar empregos e renda.

Recentemente, ele defendeu que a pandemia não acabou e informou que trabalha para recolher assinaturas para uma convocação extraordinária do Congresso para votar medidas urgentes, que analistas de mercado suspeitam que sejam um novo estado de calamidade e a prorrogação do auxílio, como está proposta em iniciativa semelhante do senador Alessandro Vieira.

Lira quer priorizar PEC Emergencial e reformas dentro do Teto de gastos

O adversário de Rossi na eleição pela presidência da Câmara, Arthur Lira, disse em entrevista exclusiva à TC Mover que, se eleito, vai priorizar a Proposta de Emenda à Constituição Emergencial, PEC emergencial, e, em seguida, as Reformas Tributária e Administrativa, assim como respeitar o Teto de Gastos.

Texto: Leopoldo Vieira
Edição: Kariny Leal e Letícia Matsuura
Imagem: Valter Campanato / Agência Brasil

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais