TC School / Análise Fundamentalista

Enterprise Value: O que é e suas aplicações

12/01/2021 às 18:22

TC School TC School

Nesse texto abordaremos o Enterprise Value (EV), que é uma forma de mensurar o valor total de uma empresa. Ou seja, o Enterprise Value é um múltiplo pelo qual podemos comparar as empresas no mercado financeiro. Assim, para melhor guiar o investidor fundamentalista, elencamos o artigo nos seguintes tópicos:

  • Enterprise Value (EV): entenda o conceito
  • Vantagens e desvantagens do uso do EV
  • Enterprise Value: como calcular
  • Reflexões: a importância dessa informação para o investidor

Boa leitura!

Enterprise Value (EV)

Entenda o conceito de Enterprise Value

Conforme já dissemos acima, o Enterprise Value (EV) é uma das formas possíveis para mensurar o valor de uma empresa no mercado de capitais. O indicador agrega valores que outros indicadores de valor de mercado não utilizam, que são as dívidas de curto e longo prazo e o caixa. Desta forma, o EV faz com que seja possível comparar empresas com diferentes estruturas de capital.

Assim, o indicador que o EV utilizada para mensurar o valor de uma empresa é:

EV = VM +Dividas – Caixa

Onde:

  • VM é o valor de mercado que é calculado pela quantidade de ações multiplicada pela cotação da ação no mercado;
  • Dívidas é o saldo que a companhia possui em dívidas de curto e longo prazo da companhia; e
  • Caixa é o saldo que a companhia tem em Caixa e Equivalentes de Caixa.

Com o Enterprise Value em mãos, os investidores podem mensurar o valor de mercado de uma companhia, podendo utilizar o EV como parte da fração que vai compor um múltiplo para avaliar o ativo.

Portanto, o EV pode ser explicado como uma forma de saber o preço de aquisição que um investidor teria que ter para comprar o patrimônio líquido, ativos e passivos da companhia.

Dentre os múltiplos que recorrem ao Enterprise Value em sua fórmula, os mais utilizados pelo mercado financeiro são o EV/EBIT e EV/EBITDA.

Abaixo, apresentam-se as vantagens e desvantagens do uso do indicador.

Vantagens e desvantagens do uso do EV

Apesar das facilidades que a utilização de indicadores como o EV traz para o investidor, devemos lembrar que existem também vantagens e desvantagens na utilização de qualquer indicador, sendo assim, apresentamos vantagens e desvantagens do uso do EV pelo investidor.

Dentre as desvantagens da utilização do EV, tem-se que a forma do jeito que é utilizada, desconsidera o valor de mercado da dívida, uma vez, que contabilização da dívida não considera o valor de mercado, mas apenas as atualizações da variação cambial da dívida.

Outra desvantagem, é a forma que se calcula o valor do mercado, uma vez que a fórmula utiliza para mensurar o valor de mercado, a quantidade de ações e a cotação da companhia, porém, devemos lembrar que nem sempre a cotação atual, representa o valor intrínseco da companhia.

Falando das vantagens o indicador faz com que o investidor, possa comparar empresas com diferentes estruturas de capital, também pode comparar empresas que atuam em diferentes países e acaba eliminando efeitos que não afetam caixa.

Como calcular o Enterprise Value

Exemplo prático da utilização do EV de forma individual e utilizando como múltiplo

Para fins de exemplo, utilizaremos a Brasil Foods (BRFS3). E, para calcular o Enterprise Value da BRFS3, utilizaremos os dados de 2019, conforme apresentados abaixo:

  • Dívida Bruta = 18.620.279.000,00
  • Caixa e Equivalentes de Caixa = 4.655.967.000,00
  • Preço de Mercado da BRF no final de 2019 = R$ 35,24
  • Quantidade de ações = 812.473.246

Desta forma, ao calcular o Enterprise Value da BRFS3 para 2019, obtemos os seguintes resultados:

  • EV = VM +Dividas – Caixa
  • EV = 35,24 × 812.473.246 + 18.620.279.000,00 – 4.655.967.000,00
  • EV=42.595.869.189,04

Portanto, com base nos dados apresentados no final de 2019, o valor de mercado da Brasil Foods (BRFS3) com base no EV calculado era de R$ 42.595.869.189,04.

Por fim, para complementar a análise, coletamos os dados no TC Matrix da BRFS3, BEEF3 e JBSS3 para comparar a média do indicador EV/EBITDA nos últimos 5 anos e o EV/EBITDA que a companhia apresentou no encerramento do 3T20.

Fonte: TC Matrix

Com base nos dados acima, nota-se que todas as empresas estão apresentando indicadores de EV/EBITDA inferiores a suas médias. Porém, quando observamos o caso da BRFS3, notamos que essa é a empresa que possui a maior diferença (52,02%) entre o indicador do 3T20 e a média. Já a Minerva (BEEF3) apresenta uma diferença de 32,46%. A JBS (JBSS3), por sua vez tem 39,62%.

Reflexões: a importância dessa informação para o investidor

Acreditamos que após a leitura do texto, foi possível compreender melhor o que é o Enterprise Value (EV) e como usar este indicador na análise de uma empresa na Bovespa. Além disso, acreditamos que o exemplo prático, utilizando os dados da BR Foods (BRFS3) para cálculo do múltiplo, facilitou o aprendizado.

No mais, é possível perceber como a utilização do EV como uma parte de um múltiplo para comparar com outras empresas do setor — BRFS3 com a BEEF3 e a JBSS3, facilita a análise.

Aprender a investir pode ser mais fácil quando estamos fundamentados. Fiquem de olho nos textos do TC School para aprimorar conhecimentos em investimentos.


Ígor Leite
Ígor Leite
Contador e Mestre em Ciências Contábeis pelo PPGCC/UFPB
Contribui com textos educativos para o TC School

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub