TC School / Análise Fundamentalista

O que é o turnaround de uma empresa?

13/01/2021 às 17:00

TC School TC School

Nesse texto abordamos o conceito de turnaround, tema bastante discutido no mercado financeiro, principalmente após o caso de sucesso da empresa Magazine Luiza (MGLU3), que depois de passar por um período difícil conseguiu realizar diversas mudanças na organização, colocando-a com uma das maiores empresas do setor varejista do Brasil.

Desta forma, para melhor entendimento do processo de turnaround de uma empresa, elencamos o artigo nos seguintes tópicos:

  • Turnaround: O que é esse conceito
  • Estágio de turnaround das organizações
  • Empresa turnaround: exemplo prático
  • Reflexões: a importância dessa informação para o investidor

Boa leitura!

Turnaround: O que é esse conceito

O significado de turnaround no mercado financeiro é bastante complexo e exige atenção especial do investidor. De acordo com a literatura, esse conceito vai englobar empresas que estão passando não apenas por uma dificuldade financeira ou simplesmente uma crise de caixa, mas também uma ameaça real que pode colocar em xeque a própria existência da empresa.

Desta forma, o processo completo do turnaround da empresa acontece quando esta elabora plano de restruturação com intuito de sair de uma situação negativa para uma retomada, com possibilidades de recuperação do seu desempenho financeiro/operacional no médio e longo prazo.

Tipos de turnaround

Dentro do conceito existem dois tipos de turnaround, o primeiro é o estratégico, que acontece quando a companhia faz mudanças internas que passam a melhorar o processo operacional ou financeiro da companhia. Tais mudanças podem ocorrer por meio da troca na gestão, conselhos de administração, entre outros.

Já o turnaround operacional tem como principais características o aumento de receita, redução de custos, redução de ativos ou todos estes esforços combinados.

Devemos lembrar ainda, que existem casos que as companhias passam por processos de turnaround por conta de crises que aconteceram de forma generalizada no país ou crises especificas no setor de atuação ou simplesmente por problemas internos na corporação.

Estágios de turnaround das organizações

Depois de entender melhor o que é turnaround, partiremos agora a observar os estágios que acontecem quando uma empresa está passando pelo processo de Turnaround.

Fonte: PLATT (2005)

Conforme a figura acima, as empresas passam por quatro fases que são:

  1. Declínio
  2. Crise
  3. Renovação
  4. Expansão

Para quem uma empresa entre na fase de declínio, antes deve ter sofrido com ineficiências operacionais, que podem ser causadas tanto por fatores internos quanto externos. Ou ainda, ter ocorrido um desalinhamento com as políticas empresariais realizadas em determinado período.

Já a fase da crise ocorre quando os fatores apresentados na fase de declínio foram potencializados, fazendo com que a empresa passe a ter problemas maiores, acarretados não apenas por processos operacionais da companhia, mas também por processos financeiros.

Agora, quando a companhia passa por um processo de crise para um fase de renovação, vemos aí o primeiro sinal de que o turnaround foi bem sucedido, uma vez que os fatores que antes afetavam a companhia deixaram de existir ou ao menos diminuíram.

Desta forma, a organização passa a ter uma melhor atuação operacional e financeira do que nas etapas anteriores. Por fim, quando a companhia entra na fase de expansão, ela já conseguiu entregar todo o processo do turnaround e agora vai começar um novo ciclo com processo de expansão dos seus negócios.

Empresa turnaround: exemplo prático

Para fins de exemplo, utilizaremos o caso da Magazine Luiza (#MGLU3), que foi um dos casos mais emblemáticos de turnaround que aconteceram no Brasil, porém existem outros casos como a Via Varejo (#VVAR3) e a Rumo (RAIL3). Já fora do Brasil, também temos casos como a Marvel que chegou a declarar falência, além da Nintendo, entre outros.

A seguir focamos no caso da Magazine Luiza. Conforme a figura abaixo, observamos a evolução da cotação das ações MGLU3 companhia de 2015 para o início de 2021.

Fonte: TC Matrix

Notamos uma forte recuperação da companhia a partir de 2017 até os dias de hoje, porém devemos entender que entre 2014 até meados de 2016, a empresa passou por uma forte mudança estrutural, exemplificada pela evolução da receita conforme abaixo.

Devemos lembrar que em 2015, a Magazine Luiza chegou a noticiar que o capital da companhia poderia ser fechado, porém, no mesmo ano, a empresa fez diversas mudanças estruturais que fizeram com que ela passasse a melhorar tanto a receita de vendas quanto o resultado operacional. Dentre as ações tomadas, destacamos:

  • Inovação por meio da Luiza Labs
  • Começou a operar por meio de omnichannel
  • Mudanças na diretoria
  • Fusões e aquisições
  • Transformação digital


A mudança também é evidenciada quando observamos a melhora da receita operacional da Magazine Luiza, que também depois de uma queda em 2015, passou a entregar resultados melhores, evidenciando uma forte melhoria nas operações da organização.

Apesar da evidente melhora tanto na receita líquida, quanto na receita operacional, a Magazine Luiza também passou por diversas mudanças estruturais, que certamente colaboraram positivamente no sucesso do processo de turnaround que ela passou.

Reflexões: a importância dessa informação para o investidor

Assim, esse texto vem para apresentar o conceito de turnaround, apresentando para o leitor, o seu conceitos, os tipos de turnaround que existem, as fases que as empresas passam, evidenciando quais são as fases de turnaround e um exemplo real de uma empresa que conseguiu se reinventar depois de um forte processo de turnaround.

Referência

QUESADO, Eduardo Barbosa. Turnaround de empresas do varejo brasileiro: estudo de casos múltiplos. 2019. Tese de Doutorado.

PLATT, H. Teaching turnaround management and bankruptcy. FINANCIAL PRACTICE AND EDUCATION, Fall/Winter, 1995.

Ígor Leite
Ígor Leite
Contador e Mestre em Ciências Contábeis pelo PPGCC/UFPB
Contribui com textos educativos para o TC School

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub