TC School / Análise Técnica

O que é um robô trader? Eles realmente funcionam?

13/11/2020 às 5:00

TC School TC School

Neste artigo, abordaremos do que se trata um robô trader e como ele funciona. Para uma melhor explanação do tema, o artigo está estruturado da seguinte forma:

  • O que são os robôs de investimento?
  • Quais os parâmetros necessários para a operação do robô?
  • Tipos de robôs
  • Robô trader
  • Flash crash e os robôs
  • Pilares para montar uma estratégia

robo trader

O que são os robôs de investimentos?

Os robôs investidores são softwares criados para operar automaticamente com as movimentações do mercado. Nesse sentido, são criados para situações de causa e efeito cujo propósito é disponibilizar sempre a maior lucratividade possível.

Nesse contexto, com essas estratégias imputadas, o robô acompanha as movimentações do mercado e realiza as negociações durante os pregões. Não é, portanto, a tecnologia que define o que será dos investimentos do indivíduo, mas sim um trader, que desenha a estratégia aplicada. Dessa forma, para desenvolver o robô que irá gerir o dinheiro, é necessário conhecer além do perfil de risco, o nível de conhecimento no mercado financeiro e a experiência que o trader possui.

O investidor pode gerar suas próprias estratégias para operar com robôs. Entretanto, existem também algoritmos pré-definidos em plataformas já consagradas neste mercado, criadas com o auxílio de grandes gestores de investimentos.

Usar um robô trader pode ampliar sua capacidade de negociar ativos e gerar lucros superiores, desde que você tenha uma boa estratégia. Com essa tecnologia, já é possível automatizar a compra e venda de ações, além de escalar suas operações na bolsa de valores. Assim, você não precisa mais ficar atento ao pregão o dia todo, como também pode aumentar o volume das transações.

Quais os parâmetros necessários para a operação do robô?

Geralmente são definidos três parâmetros principais para que o robô consiga operar, são eles:

  • O ponto de entrada (compra ou venda)
  • Ponto de saída com lucro
  • Ponto de saída com prejuízo.

Sendo assim, dependendo do tipo de ineficiência encontrada, esses robôs podem operar com diversos ativos, como ações, opções e minicontratos. Além disso, também é possível montar estratégias long & short, que buscam encontrar correlações entre mercados e, posteriormente, explorar momentos em que essa correlação deixa de ser cumprida por algum motivo. Por isso, esses robôs investidores estão cada vez mais populares e são reconhecidos pela sua agilidade e precisão.

Para saber mais sobre a estratégia long & short, acesse o texto disponível no TC School.

Tipos de robôs

Geralmente os robôs são feitos para operar um tipo de ineficiência específica identificada em um determinado ativo ou segmento de ativos. Existem vários tipos de robôs, cada um para determinado tipo de operação e mercado.

Robô trader de ações

O robô trader de ações é um dos mais conhecidos do mercado. Esse tipo de robô é utilizado por day traders que já têm experiência na bolsa de valores e precisam de recursos de automação.

Esses robôs são indicados para quem já possui uma estratégia de negociação de ações e devem ser parametrizados de acordo com as regras do investidor. Dessa forma, é mais fácil acompanhar o pregão diário e aproveitar todas as oportunidades.

Robô de balanceamento

Os robôs de balanceamento servem para ajudar no acompanhamento da evolução do patrimônio e alocar ativos na carteira de investimentos. Sua função é fazer o cálculo da alocação, operações, monitoramento e resgates, de acordo com o risco tolerado e objetivo de rendimento. Basicamente, é um gestor de carteira digital que apoia a tomada de decisão sobre investimentos a partir de uma estratégia predefinida pelo investidor.

Robô trader

Para que o robô trader cumpra seu papel, é preciso tomar alguns cuidados na hora de programar e monitorar o algoritmo. Confira os pontos de atenção que essa tecnologia exige.

Robôs HFT

Os HFT são os robôs de alta frequência de trade, criados com objetivo de comprar ou vender automaticamente de forma bastante discreta, agressiva e precisa. Nesse sentido, esses robôs atuam em mercados que possuem bastante liquidez e players, já que por mais que as ordens sejam pequenas, a frequência pode impactar o mercado, caso não haja liquidez para que ele opere. Esse tipo de robô é observável em negociação de futuros e outros derivativos, além de ações com grande market cap e liquidez.

Distorção de preço: como evitar?

Geralmente pessoas institucionais, como fundos de investimento, montam posições demasiadamente grandes em cima de papéis negociados na bolsa, já que, de maneira geral, possuem uma capacidade financeira muito superior às pessoas físicas. Uma ordem muito grande, todavia, tem o poder de distorcer o preço quando colocada no livro de ofertas, principalmente se o ativo tiver liquidez baixa. Ou seja, de maneira prática, é a lei da oferta e da demanda agindo sobre o preço. Uma solução para isso seria recorrer ao mercado de balcão, onde contrapartes negociam diretamente sem que a negociação passe pela bolsa. Entretanto, há medidas alternativas para montar a posição sem gerar distorções tão elevadas no preço: as estratégias VWAP e TWAP.

Com o advento das tecnologias das quais, obviamente, as bolsas de valores não ficaram imunes, a inserção de ordens no book de ofertas puderam ser automatizadas. Os robôs passaram a “trabalhar” em prol dos investidores, executando estratégias como o VWAP e o TWAP.

VWAP

O VWAP (Volume Weighted Average Price) é um indicador que corresponde a uma média de preços negociados em um determinado período, ponderada pelo volume negociado. É uma das diversas ferramentas que analistas técnicos possuem à disposição em suas análises de ativos. Realizar uma operação atrelada ao Volume Weighted Average Price, significa fracionar uma ordem, de modo que o algoritmo efetue compra ou venda de um ativo, de acordo com o comportamento de fluxo do mercado. Assim, o robô busca acertar o melhor preço das operações garantindo, dessa forma, melhores negócios ao investidor. Sendo assim, a estratégia é realizar as operações em regiões de maior volume com o objetivo de tentar distorcer o menos possível os preços dos ativos.

TWAP

Já o TWAP (Time Weighted Average Price) divide uma ordem grande em várias ordens menores. Assim, o algoritmo faz a mesma ordem várias vezes ao dia, levando em consideração o intervalo de tempo definido até chegar ao valor do lote total desejado na compra ou na venda. A vantagem do TWAP é que sua programação é bem mais simples do que o VWAP.

As duas as estratégias, por fragmentarem uma ordem grande em diversas ordens menores, ajudam o agente a ocultar sua operação robusta no book de ofertas, o que evita distorções no preço causadas pela próprias ordens a serem realizadas.

Flash crash e os robôs

Este fenômeno é gerado por mudanças rápidas e extremas na percepção de risco de mercado. Nesse contexto, em consequência da mudança de humor dos agentes de mercado, vendas são feitas por meio de robôs com intuito de vender as posições o mais rápido possível e na maior parte das vezes a mercado, gerando quedas fortes por falta de liquidez para absorver essas vendas.

No entanto, este tipo de movimento acaba gerando reações em outros agentes que a priori não tinham intenção de vender, mas que visualizando esse movimento, acabam vendendo por acreditar que haverá ainda mais queda. Além disso, as grandes quedas tendem a atingir o VAR e os orçamentos de risco de outros fundos, isso faz com que outra parte dos institucionais sejam obrigados a vender não porque querem ou porque acreditam em mais queda, mas por uma questão de mandato do fundo ou carteira, sendo uma venda feita com intuito de fazer gerenciamento de risco.

Nesse sentido, cria-se um ciclo vicioso, onde muitas vezes os governos são obrigados a entrar fornecendo liquidez tentando acalmar o mercado para que esse ciclo se encerre, como observamos em 2008 e 2020. Por fim, um dos mecanismos que tentam evitar esse tipo de processo é o circuit breaker, onde as negociações param por um período para que os agentes possam rever e repensar suas posições.

Pilares para montar uma estratégia

Estude bastante a estratégia que pretende implementar

O sucesso do robô trader depende unicamente da estratégia operacional por trás de seu algoritmo. Ou seja, se você o programar com uma tática vencedora, terá os lucros esperados, já que o robô consegue operar a uma velocidade humanamente impossível. Mas, se a estratégia não for bem-sucedida, pode ocorrer o oposto: você perderá dinheiro rapidamente. Por isso, é fundamental focar na estratégia e não encarar o algoritmo como sinônimo de lucro.

Fazer backtest das estratégias

Os robôs traders disponíveis no mercado permitem fazer backtesting, que utiliza os dados passados do mercado para avaliar a performance da estratégia escolhida. Outro teste comum é o paper trading, que considera a operação durante o próprio pregão fazendo uso do dinheiro virtual.

Monitorar de perto

O robô também precisa ser monitorado, uma vez que há movimentos do mercado que podem afetar suas operações. Para ajudar nesse acompanhamento, muitos softwares atuais oferecem gráficos e relatórios de desempenho em tempo real. Além disso, as ineficiências geralmente não duram por muito tempo, forçando o trader a estudar novas estratégias rentáveis e recalibrar seus modelos de trading. Sendo assim, garanta que a estratégia é eficiente e escolha o mais adequado para suas operações.

Natanael Liberalino
Natanael Liberalino
Certificado de Especialista em Investimentos – CEA/ANBIMA
Estudante de Economia

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub