Curto e longo prazo na contabilidade - TC

TC School / Contabilidade financeira

Curto e longo prazo na contabilidade

16/09/2021 às 10:41

TC School

Um dos temas que gera mais dúvidas aos estudantes de contabilidade, contadores e investidores é a definição do que é curto prazo e longo prazo. É por isso que neste texto apresentaremos esses conceitos e como o investidor deve analisar esses números. Dividimos o conteúdo em:

  • Conceitos
  • Qual importância dessa informação para o investidor.

Boa leitura!

Conceitos

Os conceitos de curto prazo e longo prazo podem ser explicados com base no CPC 26, no pronunciamento em questão é apresentada a distinção entre itens do circulante e itens do não circulante.

De acordo com a norma, os itens que se espera ser recuperados ou liquidados em até 12 meses devem ser apresentados no circulante (curto prazo), já os itens que se espera que vão ser recuperados ou liquidados em mais de 12 meses devem ser apresentados no não circulante (longo prazo).

Sendo assim, independente da forma de apresentação que a companhia utilize, ela deverá seguir a regra apresentada acima na sua divulgação. Depois de entender o conceito de forma mais macro, partiremos para os conceitos de ativos e passivos circulantes e não circulantes.

Os ativos circulantes são aqueles que (CPC 26, 2011):

  • Vai ser realizado ou espera-se que seja vendido/consumido durante o período corrente, considerando o ciclo operacional normal da companhia;
  • Está sendo mantido com o propósito exclusivamente de ser negociado;
  • Espera-se que seja realizado em até 12 meses após a data do balanço divulgado;
  • É caixa ou equivalentes de caixa ou que sua troca ou seu uso para liquidar um passivo ocorra em até 12 meses.

Já os ativos não circulantes são todos os ativos que não se enquadram no conceito acima.

Os passivos circulantes são aqueles que (CPC 26,2011):

  • Espera-se que seja liquidado no decorrer do ciclo operacional da companhia;
  • Está sendo mantido com o proposito exclusivamente de ser negociado;
  • Espera-se que seja liquidado em até 12 meses após a data do balanço divulgado;
  • A companhia não possui direitos de diferir a liquidação desse passivo durante pelo menos doze meses após a data do balanço.

Todos os demais passivos que não se enquadram no conceito acima são passivos não circulantes.

Qual impacto dessa informação para o investidor

Conhecendo os conceitos acima, o investidor poderá identificar itens que impactam o resultado da companhia, como no caso de créditos tributários (ativo circulante), conforme exemplo abaixo.

Fonte: 2T21 Lojas Renner

Conforme a figura acima, que representa a nota explicativa de Tributos a Recuperar da Lojas Renner ($LREN3), evidencia-se que a companhia espera realizar aproximadamente R$ 1 bilhão de reais em até 12 meses.

Da mesma forma, o investidor pode identificar itens que a companhia deverá liquidar no curto prazo, conforme exemplo abaixo.

Fonte: 2T21 Via

A figura acima evidencia a nota de Empréstimos da Via (VIIA3). Nesse caso, evidencia-se que a companhia possui um saldo de aproximadamente R$ 7,8 bilhões que deverão ser liquidados em até 12 meses.

Sendo assim, esse texto vem para complementar a sequência de textos sobre contabilidade disponíveis no TC School, apresentando o que é considerado curto e longo prazo, bem como os conceitos de ativo circulante e não circulante, e ainda o de passivo circulante e não circulante.

Ígor Leite
Ígor Leite
Contador e Mestre em Ciências Contábeis pelo PPGCC/UFPB
Contribui com textos educativos para o TC School

TC School

A sua escola como investidor.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub