Educação Financeira nas escolas - TC

TC School / Educação Financeira

Educação Financeira nas escolas

20/05/2021 às 10:26

TC School

A educação financeira é de extrema importância (acredito que todo mundo concorda com isso, não é mesmo?) para ser inserida nas escolas (será que elas estão realmente preparadas para isso?). Algumas já adotam a disciplina, mas outras ainda não (por que algumas já adotaram e outras não?). Quais as vantagens que traria para o país em geral?

No texto a seguir iremos abordar o tema de educação financeira nas escolas brasileiras. Elencamos o assunto nos seguintes tópicos:

  • O que é educação financeira?
  • A educação financeira nas escolas
  • Educação financeira no currículo
  • A educação financeira no Brasil

Boa leitura!

educação financeira nas escolas

O que é a Educação Financeira?

A Educação Financeira está mais associada com o bem-estar do indivíduo do que só economizar dinheiro. Ela traz qualidade de vida assim que você começa a praticá-la. Ensina a construir um planejamento financeiro para você dominar o seu dinheiro e ter mais consciência do que fazer com ele.

É um conjunto de conhecimentos que ajudam uma pessoa a compreender melhor e ajuda na sua relação com o dinheiro. Porém, não adianta apenas aprender os conceitos, mas sim, pôr em prática, avaliando como alguns gastos afetam seu orçamento a longo prazo.

A importância da Educação Financeira

A importância da Educação Financeira, e por que inseri-la nas escolas.

Ela é importante para conseguir planejar, investir e até realizar sonhos. Ter uma vida financeira saudável é fundamental para não se endividar. E as dívidas podem causar diversos prejuízos, como ansiedade.

Deve ser inserida nas escolas por ser um ambiente que promove constante aprendizado, podendo abranger alunos de diversas idades, famílias e comunidades em geral. A formação financeira como um dos componentes curriculares fortalecerá o ciclo produtivo do país.

Quando um cidadão recebe orientação e formação financeira, ele desenvolve mecanismos suficientes para não cair no consumo excessivo, não ficará preso na teia dos juros altos, podendo planejar melhor seu consumo e futuro de forma consciente e responsável. Isso conduz em um país mais fortalecido, com uma população menos endividada e muito mais próspera.

A educação financeira nas escolas

Muitas escolas adotam essa disciplina?

Infelizmente são poucas as escolas aptas a introduzir a Educação Financeira na matriz curricular, no geral as pessoas não ouvem falar sobre esse termo no início de sua vida.

Desde 2017 é Lei ter a disciplina do ensino fundamental, mas essas aulas ainda não chegaram à Matriz (Estrutura) Curricular da maioria das escolas.

Mas por que ainda não chegaram? De acordo com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), os professores precisam de um treinamento necessário para trabalhar o assunto.

Segundo a Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF Brasil), a situação é mais crítica nas regiões Centro-Oeste e Nordeste, onde estão, respectivamente, apenas 7% e 8% das escolas do país que trabalham o conteúdo.

Educação financeira no currículo

O que foi introduzido nas escolas que começaram a trabalhar o conteúdo?

Um exemplo é o Colégio Portinari, localizado em Limeira, interior de São Paulo, onde a educação financeira começa a ser inserida em sala de aula já na Educação Infantil.

Para as crianças foi desenvolvido o projeto “Ateliê da vida Prática“. Para os adolescentes, o plano de aula traz temas sobre o empreendedorismo. Ainda entre as propostas de ensino de educação financeira para o fundamental está a abordagem do consumo consciente.

A educação financeira no Brasil

A falta que faz a Educação Financeira no País.

Agora já sabemos toda a importância que a educação financeira tem na vida de todas as pessoas, e que ela deve sim ser ensinada desde o início da vida do ser humano (como já é dito por Lei).

Vejamos alguns dados da população endividada do nosso país, para percebermos o quanto que essa educação está em falta na vida dos brasileiros:

  • Segundo a informação dada pela CNC (A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), o número de endividados subiu no último mês de 2020;
  • Revela CNC, que sete em cada dez brasileiros, estão endividados;
  • De acordo com o Relatório da Economia Bancária do Banco Central, o Brasil tem cerca de 4,6 milhões de endividados sem capacidade de pagamento (isso em relação as pessoas que devem a instituições financeiras).

O que mudaria se as pessoas tivessem sido educadas em termos financeiros desde o início de suas vidas?

Vimos acima como é crítica a situação do país. Obviamente essas pessoas não foram ensinadas a terem uma vida financeiramente saudável, já que o termo imposto ainda é bem recente, tendo em vista que o processo de endividamento pode ser caracterizado a longo prazo.

Quanto mais escolas ficarem aptas a ensinar os seus alunos, mais a situação do país muda, já que o processo é muito lento, então deve ser implantado rapidamente para que a nova geração faça esses números de endividamentos caírem.

Quando os jovens e crianças aprendem algo na escola, eles gostam de trazer seus conhecimentos para casa, isso é mais um aproveitamento que essa didática pode trazer. Assim, os jovens podem ensinar um pouco aos mais velhos que não tiveram esse privilégio em sua época, os ajudando nessa fase crítica e trazendo benefícios para o país em geral.

Por fim, você já conhece o canal do TC no YouTube? Lá reunimos um conteúdo muito bom para quem está iniciando a sua vida como investidor! Veja só o vídeo que fala sobre como investir na Bolsa de Valores:

Gostou? Não deixe de nos acompanhar também no Instagram e TikTok.

Educação Financeira para Toda a Vida
Educação Financeira para Toda a Vida
Projeto de Educação Financeira para crianças e jovens, sediado na Universidade Federal da Paraíba
Contribui com textos educativos para o TC School.

TC School

A sua escola como investidor.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub