TC School / Mercado de ações

Como montar uma carteira de investimentos?

11/01/2021 às 18:18

TC School

Uma carteira de investimentos bem elaborada é um ponto crucial para obter uma boa rentabilidade nos seus investimentos e, consequentemente, ter sucesso na trajetória como investidor. Dessa forma, neste texto apresentamos algumas dicas de como montar uma carteira de investimentos elencando os seguintes tópicos:

  • Aula TC Start: Carteira de investimentos
  • TC Start
  • Como montar uma carteira de investimentos
  • Estratégias de investimentos
  • Carteira de investimentos do André Musso

Boa leitura!

TC Start: Carteira de investimentos

Como investir em ações e ter uma carteira de investimentos diversificada é uma dúvida comum entre jovens que buscam a independência financeira. Os primeiros passos de quem deseja investir na Bolsa de Valores é repleto de percalços. Há tantas informações na Internet, são tantos os canais no YouTube, propagandas falaciosas e “entendidos” no assunto que o investidor iniciante pode realmente ficar perdido e muitas perguntas ficam sem respostas.

Quer aprender como montar uma carteira de investimentos ideal para o seu perfil de investidor? Então, se liga nesse conteúdo super legal que tivemos em nossa última aula do TC Start, onde discutimos a carteira de ações do investidor André Musso.

A seguir elencamos alguns tópicos abordados na aula, e você pode conferir o vídeo completo ao final do artigo. Lembrando apenas que os dados e as mensurações levantadas têm apenas caráter educativo, não figurando assim recomendação, tá bom?

Como montar uma carteira de investimentos

Ciclo de vida e investimentos

No TC Start, nosso curso que tem 100% de cashback sem pegadinhas, tivemos recentemente uma aula sobre como montar uma carteira de investimentos com o professor Felipe Pontes e o analista de conteúdo André Musso.

A aula começou com uma orientação acerca do perfil de risco do investidor e a alocação de ativos em uma carteira de investimentos conforme o ciclo de vida do investidor. Pontes esclareceu que ao abrir uma conta na corretora, é necessário preencher inicialmente um formulário a fim de identificar qual é o seu perfil de investidor:

  • Investidor conversador
  • Investidor moderado
  • Investidor agressivo

Em resumo, o investidor conservador tende a ter menos ações na carteira de investimentos, enquanto um investidor mais agressivo pode chegar a ter uma carteira de investimentos composta exclusivamente por ações. Entretanto, o professor do TC Start alerta ao investidor iniciante que não devemos levar em consideração apenas nosso perfil na hora de montar nosso portfólio de ativos.

Um ponto importante a considerar na hora de montar uma carteira de investimentos é também o ciclo de vida. Ou seja, ter em mente que é possível correr um pouco mais de risco quando ainda somos jovens. Desta forma, um investidor de 20 e poucos anos pode correr mais risco e ter uma carteira de investimentos com mais ações. Confira a tabela elaborada por Burton Malkiel:

Como exemplo, a carteira recomendada para uma pessoa jovem pode conter até 70% de ações, 10% de imóveis (que pode ser Fundos de Investimentos Imobiliários), 15% de Títulos (que podem ser Título do Tesouro Direto, CDBs, LCI, LCA) e 5% em caixa (em uma aplicação financeira com liquidez e com pouco risco para uma reserva de emergência).

Desta forma, com o passar do tempo, a carteira recomendada sofre algumas alterações para diminuir os riscos, afinal é preciso deixar claro que o risco inerente da renda variável é a oscilação. E quanto mais jovens, mais tempo temos para aproveitar de forma positiva estes riscos e aguardar a recuperação de um ativo em caso de quedas acentuadas.

Estratégias de investimentos

O primeiro passo para implementar a sua estratégia e montar uma carteira de ativos é fazer sobrar dinheiro. Desta forma, vale separar todo mês uma parte do salário de estagiário, mesada ou outras fontes de renda.

Primeiro é preciso ganhar dinheiro para poder poupar uma parte e então investir na Bolsa de Valores. Em seguida, defina quanto vai querer ter em cada classe de ativo de acordo com a tabela acima adequando o seu perfil de risco de investidor e idade.

Felipe Pontes ressalta a importância de fazer o rebalanceamento da sua carteira na frequência que for mais conveniente. Ou seja, é preciso fazer aportes na carteira de investimentos periodicamente.

O que é rebalancear uma carteira de investimentos?

O rebalanceamento é fazer a gestão do seu portfólio. Ou seja, se o objetivo for ter 70% de ações na carteira e elas sobem muito, para 80%, por exemplo, você faz uma “poda” destes 10% e realoca em um outro ativo que esteja abaixo do percentual ideal de seu portfólio.

Uma possibilidade na hora de fazer esse rebalanceamento é, ao receber o salário ou mesada, realizar novos aportes naquela classe de ativo que está abaixo do seu percentual. Por exemplo, caso a sua carteira de ações tenha sofrido uma queda, os novos aportes devem se dar nessa classe de ativo até haver um equilíbrio em seu portfólio. Essa estratégia é, inclusive, uma ótima forma de gestão de risco.

Principais estratégias e metodologias de investimentos

Dois exemplos de estratégias de carteiras de investimentos citadas na aula foram a “no-brainer” e a “alocação clássica 60-40”. Na aula, o professor Felipe Pontes explica alguns índices importantes para avaliar a performance do portfólio, como o índice Sharpe e a volatilidade. O legal das aulas no TC Start é a didática do professor Pontes, que explica de forma simplificada, com exemplos reais, contando histórias de sua jornada como investidor.

Carteira de investimentos André Musso

Na sequência da aula discutimos a carteira de investimentos de André Musso. Confira abaixo a composição por classe de ativos de seu portfólio:

Como podemos notar na carteira de investimentos do Musso, o jovem investidor possui aproximadamente 60% em ações (ações + stocks), 30% em imóveis (Fundos Imobiliários + Reits) e 10% em reserva de valor (Bitcoin + Ouro). Ou seja, uma carteira diversificada e na linha do ciclo de vida que vimos acima.

Para facilitar o entendimento, temos textos completos no TC School. Confira nos links abaixo:

Se você tiver alguma dúvida sobre qualquer assunto relacionado a como montar uma carteira de investimentos, vá lá no Instagram do TC School e nos envie uma mensagem direta. O André Musso te responde!

Carteira de ações

A seguir, Musso apresenta a sua carteira de ações, mostrando que além de diversificar a sua carteira de investimentos em classes de ativos, é preciso também diversificação em cada uma delas. Desta forma, a sua carteira de ações possui desde empresas de energia, alimentos, varejo, bancos, seguradoras e saúde. Confira abaixo:

Na sequência da aula, professor Felipe Pontes faz explanação sobre a diferença das ações ordinárias, preferenciais e units. Temos um texto no TC School para você entender melhor a formação do código das ações na Bovespa.

Carteira de Fundos Imobiliários

Na mesma linha, pensando na diversificação de uma carteira de investimentos, dentro da classe de Fundos Imobiliários, é preciso pensar em FIIs com diferentes características, como fundos de shoppings center, galpões logísticos, supermercados, etc.

Carteira Stocks

Os stocks são ações negociadas em bolsas mundiais. Alocar em seu portfólio uma parte de ativos de empresas globais, além de diversificar, é também uma estratégia de gestão de risco e proteção. Afinal, você não fica dependente apenas do desempenho da Bovespa.

Desta forma, com stocks é possível ter em sua carteira de investimentos empresas da China, como Alibaba e JD.com; empresas americanas, como a CVS Health, Disney, Google, ExxonMobil, entre outras.

Carteira Reits


Para finalizar, a carteira de Reits, que são os “primos americanos” dos fundos imobiliários. Com este tipo de classe de ativo, é possível investir em negócios que, muitas vezes, não temos algo parecido no Brasil. Um exemplo é o Reit IIPR, que investe em galpões para plantação e cultivo de cannabis. Possivelmente um dos negócios mais promissores para as próximas décadas.

Vale a ressalva, entretanto, de pensar em investir em ETF como estratégia de gestão de risco. Afinal, como é um setor ainda novo e arriscado, algumas empresas podem quebrar. Já investindo em ETF você não fica exposto a apenas uma empresa, mas sim a uma cesta de companhias que investem neste mercado. O código do ETF é MJ, que conta com mais de 20 empresas, por exemplo. Desta forma, você dilui bastante os seus riscos.

Vídeo aula: como montar uma carteira de investimentos

Confira abaixo como foi a nossa aula na íntegra:

Aprenda a investir com o TC Start

Investir na Bolsa de Valores não é nenhum bicho de 7 cabeças, basta ter a mentalidade de que é preciso estar sempre estudando para aproveitar as melhores oportunidades.

Pensando nisso, o Traders Club lançou recentemente o TC Start, um curso sobre investimentos que auxilia iniciantes no mundo do mercado financeiro com aulas exclusivas para discussão dos principais conceitos da contabilidade, aulas de debates com espaço para os alunos tirarem as suas dúvidas, além de aulas de mentoria com dicas sobre como investir em ações, bem como discussões frutíferas acerca de uma carteira de investimentos, como tivemos nesta última aula, compartilhada agora com vocês.

TC Start

Para quem ainda não conhece, o curso TC Start foi pensado exatamente para quem está dando os seus primeiros passos no mercado financeiro. Temos um pacote completo de conteúdos educacionais para quem quer começar a investir de um jeito muito mais seguro:

  • Aproximadamente 3h00 de aulas gravadas com os principais conceitos básicos para você dar seus primeiros passos nos investimentos;
  • Canal dentro do Aplicativo do TC para tirar dúvidas com os professores do TC School e também para interagir com os demais investidores;
  • Aulas ao vivo semanais com assuntos novos e também para tirar dúvidas ao vivo com a equipe educacional do TC e todos os convidados;
  • Relatório semanal de acompanhamento de mercado para que você veja como aplicar o conhecimento na prática;
  • Relatório comentando sobre as ações mais recomendadas pelas corretoras brasileiras; e
  • Ebooks e outros materiais de apoio.

Você é capaz de aprender a investir. O curso TC Start é simples e descomplicado, aqui você aprende investindo com profissionais que realmente entendem do mercado. Queremos democratizar a comunicação financeira, tornando o investimento em ações algo simples e fácil.

O TC Start está apenas começando. Ainda teremos muitos assuntos importantes para que o jovem investidor monte a sua carteira de investimentos com segurança. Nas próximas aulas iremos discutir sobre contabilidade financeira e como analisar os indicadores de uma empresa a ponto de começarmos a ter condições de analisar uma empresa e fazer o valuation das empresas listadas na Bovespa.

Nossos investimentos podem ser melhores quando estamos fundamentados. Já pensou você, por conta própria, ser capaz de estimar o preço de uma ação que tem em sua carteira, avaliando se uma empresa está cara ou barata?

redator seo
Danilo Hadek
Redator do TC School
Formação em Relações Públicas pela UNESP/Bauru com especialização em Comunicação Organizacional pela ECA/USP. Fundador do site Muita Viagem. Investindo em viagens, conhecimento e renda variável.

TC School

A sua escola como investidor.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub